Burzum: entrevista de Varg Vikernes à Metalsucks.net

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Burzum: entrevista de Varg Vikernes à Metalsucks.net

Traduzido por Breno Girotto | Fonte: Burzum - site oficial

  | Comentários:

Quando a notícia se espalhou de que o fundador do Burzum Varg Vikernes só estava fazendo um número limitado de entrevistas - apenas por e-mail - para apoiar seu mais recente trabalho "Fallen" (lançado em 7 de março), sabíamos que não podíamos deixar passar a oportunidade. "Grim" Kim Kelly assumiu e reuniu um lote de perguntas sobre o legado do Burzum, os temas líricos e musicais de "Fallen", a atual cena Black Metal, a relação de Varg com a música clássica e muito mais.

Imagem
Olá, obrigado por ter reservado um tempo para responder a essas perguntas. Tenho certeza que você está absolutamente inundado com pedidos desde a divulgação do novo álbum. Você está surpreso que o material novo do Burzum tem recebido tanta atenção, primeiro com o lançamento de "Belus" e agora com "Fallen"? Deve ser gratificante ver que seu trabalho não foi esquecido.

Olá para você. Sim, é bom ver que o interesse no Burzum permanece. Eu acho que os downloads ilegais, contrabandistas, burzum.org e uma distribuição muito lenta em todo o mundo mantiveram o nome quente através dos anos. Ah, e uma série de lançamentos de livros inúteis sobre Black Metal e falatório sobre filmes Black Metal ajudam também, é claro.

Quando você começou a compor músicas para "Fallen"? Cada canção é totalmente nova ou você utiliza as idéias velhas ou fragmentos de música, como você fez com "Belus"?

Cada canção é nova, se podemos concordar que o material escrito entre novembro de 2009 e dezembro de 2010 qualifica-se como um novo material.

Depois de esperar tanto tempo para "Belus", veio como quase um choque para seus fãs ao ouvir que "Fallen" já estava a caminho. Como a vida pós-prisão afetou seu processo criativo? Deve-se imaginar que é muito mais fácil compor e criar música hoje em dia.

Bem, eu fiz os quatro primeiros álbuns (e "Aske" também) em cerca de 18 meses, então você não deve estar muito surpreso com isso. Na verdade, vejo isso como mais um trabalho lento, e eu faço isso intencionalmente. Pego meu tempo, faço um bom trabalho, eu acho, e não funciona como se o fim do mundo viesse amanhã. Agora, eu ainda acho que nosso mundo vai descer do trem «sic» em breve, mas eu trabalho como se já não importasse ...

Em "Fallen", as letras são obscuras, mas a mensagem é forte, às vezes até triunfante. Há uma grande ênfase na natureza, a morte, e as imagens pagãs, os conceitos que você muitas vezes entrelaçados ao longo da carreira no Burzum. Estão aqui as canções puramente poéticas, ou têm relevância para a sua própria vida também? Letras como "Eu não sou mais frio, eu sou aquecido pela luz da lua" soa como um despertar pagão, e o conjunto de "The Message", lê-se como um grito de guerra.

"The Message" é um grito de guerra, e eu mesmo me censurei um pouco lá, a fim de não ser muito politicamente incorreta (você sabe: não há verdadeira liberdade de expressão em qualquer lugar), mas as demais faixas foram compostas com temas mais pessoais. Ouso dizer que é uma versão mais pessoal e focada do conceito de "Belus", realmente.

Na canção de mesmo nome, a sua personificação da loucura - como uma pálida, bela, solitária, mas mortal e solteira - era intrigante. Esteve presente puramente uma imagem poética, ou vocês teve como base a música / personagem em alguns conceitos ou pessoa / ser já existentes?

A imagem é meramente poética, mas ao mesmo tempo, sugere fortemente que a nossa origem mista neanderthal-humano é o que nos faz - id est os europeus e em menor grau os asiáticos - inovadoras e criativas. Inovação, criatividade e loucura caminha lado a lado.

A imagem da capa é impressionante. Por que você escolheu esta parte específica da "Elegie" para cobrir a carência de "Fallen"? Você já é fã de William Adolphe Bougereau por muito tempo?

Um fã? Eu não sei. Eu gosto de sua arte, e ele é um pintor muito habilidoso, mas eu usei apenas "Elegie" porque se encaixam no conceito do álbum perfeitamente.

Você procurou distanciar Burzum da maioria das bandas de Black Metal (e metal em geral), e esteticamente, pelo menos, você parece ter conseguido isso com "Fallen". Num relance, o álbum parece mais um CD de música clássica ou uma trilha sonora - definitivamente nada a ver com as imagens satânicas tipicamente sangrentas em que Black Metal alimenta. Foi esta a sua intenção?

Sim, muito. Fico feliz em ouvir que a mensagem chegou ... Nunca fiz com "Filosofem", você sabe, um álbum para ser um anti-Black Metal álbum, da mesma forma o álbum de estréia foi um anti-Death Metal álbum. Mas essa mensagem nunca chegou ...

Você disse que você considera sua composição e influências com Burzum são mais clássica do que qualquer coisa. Você acha que as composições de "Fallen" apelam a um fã do gênero clássico?

Talvez. Provavelmente. Se for alguém com uma mente aberta. Além disso, eu sou um fã do gênero clássico e eu gosto ...

Estilisticamente, "Fallen" casa o espírito selvagem de suas primeiras gravações com um novo sentimento, moderna e quase iluminado. Você não é o mesmo homem que escreveu "Aske", e é justo que sua música amadureceu bem. Como você se sente quando você vê pessoas ignorando toda a lógica e reclamando porque o seu mais recente material não soa exatamente como o que você fez nos anos noventa?

Na verdade, eu não me sinto muito quando eu os ouço. Ou talvez eu sinta pena, mas apenas por um breve momento - e eu acho que você sabe que a pena é o desprezo? Eu não perco mais nenhuma energia ou tempo com eles. Eles existem. Eu sei. Então eu ignoro-os. Simples assim.

Com isso dito, eu acho que a comunidade do metal é extremamente conservadora. Por exemplo, cerca de 1/4 de todos os álbuns "Belus" vendidos tinham o formato de LP/vinil. Menos de 1/10 foi a venda digital, e o resto foi CDs.

Quais são seus planos a longo prazo para Burzum? Você está trabalhando em novas músicas já, ou se engaja em outras atividades?

Bem, eu só componho música e lanço um álbum quando eu tenho material suficiente para fazê-lo. Agora estou muito ocupado promovendo "Fallen" ... Estou tentando começar um livro, "Feitiçaria e Religião no Antigo Escandinávia", mas acho que não tem nada a ver com o Burzum ...

Muito obrigado, as últimas palavras são suas.

Obrigado pelo interesse. Se você deseja uma tradução em Inglês das letras do álbum "Fallen" você pode visitar o único site oficial do Burzum, www.burzum.org.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Entrevistas
Todas as matérias sobre "Burzum"

Forebears: Varg e Maria Cachet cultuam urso pré-histórico
Separados no nascimento: Varg Vikernes e Papai Noel
Burzum: nota sobre vinda de Varg Vikernes ao Brasil é falsa
Burzum: Vikernes está sendo processado por autoridades francesas
Burzum: Varg busca fundos para processar autoridades francesas
Varg Vikernes: comentando a prisão na França - parte final
Varg Vikernes: comentando a prisão na França - parte 4
Varg Vikernes: comentando a prisão na França - parte 3
Varg Vikernes: comentando a prisão na França - parte 2
Varg Vikernes: comentando a prisão na França - parte 1
Burzum: Varg explica prisão em textos de seu blog
Varg Vikernes: mentor do Burzum é liberado da prisão
Burzum: ex-advogado diz que evidências contra Varg são "fracas"
Varg Vikernes: preso na França acusado de terrorismo
Burzum: álbum traz uma nova proposta a banda

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Breno Girotto

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas