Twisted Sister: "bandas famosas pelos abusos eram babacas"

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Twisted Sister: "bandas famosas pelos abusos eram babacas"


  | Comentários:

Na véspera do show (25 de novembro) a ser realizado em Curitiba, os guitarristas do Twisted Sister, Jay Jay French e Eddie Ojeda, aproveitaram para conceder uma entrevista bem humorada a radio 91 Rock e alguns jornalistas convidados. A pequena coletiva comandada pelo músico Zé Rodrigo contou com as participações dos jornalistas André Molina (Whiplash), Guilherme (Blog Mondo Bacana) e o apresentador da rádio curitibana, Mauro Muller.

A entrevista foi acompanhada por mais de 50 fãs, que tiveram oportunidade de conhecer os músicos e participar de um churrasco realizado para receber a banda norte-americana de Hard Rock. Confira a seguir a breve entrevista:

Como o Twisted Sister conseguiu renovar seus fãs?

Jay Jay: Durante 25 anos tocamos nos maiores festivais do mundo e sempre estamos com o mesmo ânimo da primeira vez. Quando se faz bons shows em diversos lugares você agrada pessoas, independente, da idade e pode ter retorno durante muitos anos.

Eddie: Por ser a segunda vez que estamos no Brasil sentimos a mesma atmosfera e empolgação do início de carreira. Utilizamos o mesmo ritual de 25 anos atrás. É uma renovação de público para nós.

Imagem

O disco “Stay Hungry” se tornou um trabalho clássico da década de 80. Qual avaliação vocês fazem do álbum?

Eddie: O disco foi composto e gravado em Nova Iorque e terminado na Califórnia. Quando você grava um disco não dá para saber o que pode acontecer. É um prazer ter composto músicas para este álbum, que se tornaram clássicos como "We're Not Gonna Take It" - usada como tema do exército norte-americano. "I Wanna Rock' serviu como trilha sonora em diversos filmes. São canções que se tornaram clássicos. Quando compusemos não pensavámos onde as músicas poderiam chegar.

Jay Jay: O disco na época foi multiplatina em nove países, mas do lado oposto os videoclipes foram responsáveis por determinar a nossa imagem. Não transmitia necessariamente o que pensamos. Quando subimos no palco tentamos provar para as pessoas que não somos só o que aparece na TV. Não queremos mostrar só imagem. Por isso levamos a sério o trabalho em cima do palco. Temos sempre o desafio de mostrar que a música é a prioridade. Ter muito sucesso pode ser ruim por causa da questão da imagem.

Imagem

Porque as bandas da atualidade vem perdendo a rebeldia em comparação as bandas das décadas anteriores?

Eddie: A rebeldia sempre vai existir. Hoje as pessoas tentam ser boazinhas, mas a postura não tem relação com o rock ‘n’ roll. Perde a graça. É possível ser “bad boy” sem você estragar sua saúde. As pessoas hoje em dia tem um comportamento pior, mas direcionam esta postura aos Anos 80. O mais importante é ser inteligente.

Jay Jay: As bandas que ficaram famosas nos anos 80 pelos abusos eram grandes babacas. E continuam iguais. Eles se mataram, tomaram todas e ficaram na pior. As cinco bandas que continuam com a mesma formação são Rush, Aerosmith, ZZ Top, Motley Crue e Twisted Sister. Destes grupos, Motley Crue aprendeu a lição e sobreviveu. Nossa banda não é de festa. Os fãs e o trabalho estão em primeiro lugar. Não é o primeiro lugar do Axl Rose, que chega duas horas atrasado em um show e diz dane-se a quem gastou seu dinheiro. Nunca tivemos esse problema. Por isso estamos comemorando 9 mil shows.

Imagem

Vocês participaram de uma geração que veio depois do Black Sabbath, Led Zeppelin, Jimi Hendrix e outros importantes nomes. Quem são seus heróis?

Eddie: Começamos fazendo covers de David Bowie, Jimi Hendrix, Queen, Cream e outras grandes bandas.

Jay Jay: Beatles e Rolling Stones me influenciaram, mas os meus heróis não são os músicos. São as pessoas que tentam mudar o mundo. Tenho uma filha com doença crônica que tem que combater todos os dias. Meu grande herói atualmente é o médico de minha filha. Os heróis do mundo são as pessoas que tentam mudá-lo.

Imagem

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Entrevistas
Todas as matérias sobre "Twisted Sister"

Hell and Heaven Festival: organizadores se contradizem
México: cancelado oficialmente o festival Hell and Heaven
Hell & Heaven: festival vai acontecer, mesmo que em outra cidade?
The Bridge: Membros do Leppard, Sister, Lizzy e Ministry em filme
Dee Snider: em novo comercial da RadioShack
Twisted Sister: show de 30 anos de Stay Hungry com vocal do Ratt
Twisted Sister: a importância do Led Zeppelin na vida de Snider
Twisted Sister: fingindo-se de junkies para vender mais
Twisted Sister: documentário será financiado por crowdfunding
Twisted Sister: Snider está vendendo seu Dodge Challenger no eBay
Separados no Nascimento: Dee Snider e Cristina Aguilera
Dee Snider: vídeo completo de "Love It Down Your Throat"
Twisted Sister: emitindo nota pelo falecimento de Peppi Marchello
'We Are Twisted Fucking Sister!': divulgado nome de documentário
Twisted Sister: divulgado nome e detalhes do documentário

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas