Rudy Sarzo: "não havia tanta violência nos anos oitenta"

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Rudy Sarzo: "não havia tanta violência nos anos oitenta"

Traduzido por Leo Kreator | Fonte: Blabbermouth

  | Comentários:

A webzine sueca Metalshrine conduziu em dezembro de 2008 uma entrevista com o lendário baixista Rudy Sarzo (BLUE ÖYSTER CULT, DIO, ex-OZZY OSBOURNE, QUIET RIOT) sobre seu livro “Off the Rails: Aboard the Crazy Train in the Blizzard of Ozz”, um registro de primeira mão sobre a amizade de Sarzo dentro e fora da estrada com Randy Rhoads e Ozzy Osbourne.

Metalshrine: Há muitas conversas entre você e Randy Rhoads e outros no livro. O quanto disso é realmente verdade?

Sarzo: “Sabe, mesmo se eu fosse escrever em prosa, ainda seriam memórias. Memórias em forma escrita, sejam em prosa ou como diálogo escrito. Uma das coisas que eu realmente quis fazer era colocar o leitor na história. Não contar a história, mas viver a história. É desse jeito que as pessoas falam. Você tem que se lembrar que em 1981, os anos 80 ainda não tinham sido inventados. Você está falando sobre Randy, que ainda vivia em sua casa e a sociedade era muito diferente do que é hoje. Não havia tanta violência, nem tantas gírias".

"Deixe-me dizer desse jeito, nós éramos mais 'Happy Days' do que 'Boyz N The Hood'. Era uma sociedade totalmente diferente, especialmente se você estivesse vivendo na Califórnia. Sabe aqueles primeiros discos do VAN HALEN sobre ir a festas e à praia e azarar as garotas? Era assim. Mais BEACH BOYS do que death metal! [risada] É o mesmo quando você pega um cara que vivia em sua casa com seus 20 anos e o coloca junto com um bando de piratas do rock ‘n’ roll. O Ozzy já tinha viajado o mundo com o BLACK SABBATH e você o coloca nesse meio, ainda há um certo elemento de inocência a que Randy se apegava, para que ele pudesse manter sua própria identidade, e também havia um certo elemento de ‘Eu tenho que ser um pouco mais parecido com esses caras para sobreviver!’"

Imagem

"Mas mesmo se você analisar o estilo de vida, mais louco que o de qualquer banda dos anos 70, você não pode compará-lo aos caras que andam com armas de fogo hoje em dia. Estou falando sobre o mundo mais hip-hop, mais pesado e mais brutal em que vivemos hoje em dia. É mais duro hoje em dia. Então, se tem uma coisa que eu quero deixar explicado é, se eu vou contar uma história realística sobre como era... as coisas eram bem inocentes comparadas com o que são hoje. Então alguém pode ler e dizer, 'Uau, isso é bem leve', e eu digo, ‘Não, é exatamente como foi!’ Na verdade, poucas pessoas usavam a palavra ‘dude’ em 1981. [risada] Então essa foi uma das coisas que eu queria manter em perspectiva. Você está lendo algo sobre 1981, não sobre hoje”.

Metalshrine: Você teve alguma reação dos Osbournes?

Sarzo: “Eu tive antes do livro ser lançado. Sharon não estava contente com ele de forma alguma. Originalmente, ele iria ser lançado por outra editora. Ela ouviu falar sobre isso e os pressionou a deixar o negócio se o livro fosse lançado. A editora tentou agradá-los e inventaram algum tipo de compromisso e ela recusou. Eles queriam enviar o livro à ela e dizer, ‘ei, isso é o que está no livro,’ mas ela se recusava a assinar o acordo, então o livro foi abandonado e ficou por um ano na prateleira. Então eu decidi publicá-lo por mim mesmo. Eu disse, ‘se você quiser lê-lo, vá à Amazon.com e faça o pedido e é isso!' Eu só queria que a história fosse contada. É só isso! Então a Too Smart entrou na história e eles decidiram ser a editora para relançá-lo, ou na verdade lançá-lo pela primeira vez".

"A ordem dos eventos foi: o livro foi lançado como edição para a Amazon.com, então ele foi lançado em japonês pela Burrn! que foi na verdade a primeira publicação do livro. Com a arte e as fotos bonitas, essa se tornou minha medida para como o livro deveria ser, então eu me reuni com a Too Smart, e disse, ‘Vejam, é isso que o Japão fez!’ Estou muito satisfeito com o jeito que o livro foi lançado.”

Metalshrine: Para uma banda como o BLUE ÖYSTER CULT, quanto tempo leva para aprender as músicas que vocês tocam ao vivo?

Sarzo: “Eu aprendi pelo menos quarenta músicas e eu estou tocando com eles há quase um ano e meio agora. Enquanto continuamos, vamos adicionando músicas à lista e eu peço certas músicas para eles. Eu sou um fã da banda, um fã do trabalho e de vez em quando nós tentamos uma música aqui e outra ali e se funciona nós a mantemos no repertório e se não funciona nós tentamos outra coisa.”

Metalshrine: O que está acontecendo com o DIO?

Sarzo: “Bem, você sabe, Ronnie [James Dio] está trabalhando com o HEAVEN AND HELL e com o novo álbum da banda, então enquanto Ronnie faz isso, eu vou trabalhar com o BLUE ÖYSTER CULT. Ele está bem envolvido com o HEAVEN AND HELL agora e quer fazer o melhor álbum do HEAVEN AND HELL. No ano passado nós fizemos alguns shows na Escandinávia e foi só isso. Foi basicamente pelos fãs. Eles queriam ver o DIO de novo. Agora eu acho que ele vai se concentrar bastante no HEAVEN AND HELL. Uma banda de cada vez”.

Leia a entrevista completa (em inglês) no Metalshrine.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Entrevistas
Todas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"
Todas as matérias sobre "Dio"
Todas as matérias sobre "Blue Oyster Cult"

Ozzy Osbourne: entre artistas com letras mais mal interpretadas
Ozzy: no topo da lista das músicas mais difíceis de entender
Kiko Loureiro: ensaio de som do Ozzy com guitarra de Randy Rhoads
GUS G.: assista ao clipe de "Eyes Wide Open"
Michael Schenker: "Eu não seria feliz substituindo Randy Rhoads"
Ozzy: as bagunças de Justin Bieber nem se comparam com as dele
Paulo Schroeber: homenageado com música de Ozzy Osbourne
Black Sabbath: Ozzy achava que Iommi não sobreviveria
Kelly Osbourne: ela está passando por uma "rehab alimentar"
Kelly Osbourne: filha de Ozzy dublará nova série da Disney
Black Sabbath: Ozzy volta a comentar sobre o sucessor de "13"
Ozzy Osbourne: "me sinto como um jovem de 19 anos"
Mötley Crüe: A turnê com Ozzy foi o auge do alcoolismo
Black Sabbath: Ozzy está animado por poder tocar em Londres
Ultimate Classic Rock: Os 10 melhores singles de estreia

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Leo Kreator

Leo é estudante de Processamento de Dados na FATEC-SP. Trabalha como programador e dedica uma parte de seu tempo livre tocando bateria na banda de thrash metal paulistana Lanasters (que está atualmente tentando voltar à ativa...). Gosta de ouvir música BOA, mas de preferência metal - dos sub-gêneros NWOBHM, thrash, death ou black.

Mais matérias de Leo Kreator no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas