Cradle Of Filth: "relação de amor-ódio com muitos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Daniel Faria, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

A entrevista que gerou a matéria abaixo foi conduzida em outubro de 2007 por Amanda Chamberlain, do In Utah This Week, e nela Dani Filth, frontman do CRADLE OF FILTH, comenta a relação da banda com seus fãs e detratores.

CoF: piada feita após Kanye West usar camiseta da bandaGuns N' Roses: Axl Rose fotobomba imagem de Duff com Susan

Imagem

In Utah This Week: Você passa a maior parte do seu tempo na sua cidade natal de Suffolk ou na Índia, onde você também tem uma casa?

Dani: "Na minha cidade natal, onde minha casa principal fica. O lugar na Índia é só para passar um mês por ano na verdade".

In Utah This Week: Ser casado mudou algum aspecto da sua carreira em alguma forma?

Dani: "Não, porque eu e minha esposa estamos juntos desde os 17 anos de idade. Só nos casamos alguns anos atrás. Realmente eu não acho que mudou nada".

In Utah This Week: Sua filha, ela está crescendo para virar uma Metalhead?

Dani: "Sim, mas no momento ela está curtindo dança e teatro, então ela tem que ouvir todas as coisas para dançar. (risos) Ela tem quase nove anos de idade; quase na escola secundária".

In Utah This Week: Ela está bem mais velha agora do que quando tinha chifres de diabo em um DVD do CHILDREN OF BODOM, enquanto bebê. Mas falando dos seus DVDs, é óbvio que todos vocês gostam de causar caos na tour. Qual é a brincadeira mais legal que você já fez?

Dani: Nós voltamos para um hotel depois de um show (na Grécia), onde tocamos com JUDAS PRIEST e MEGADETH, e a equipe estava ocupada desmontando o equipamento e colocando tudo em dois ônibus. Nós tomamos algumas bebidas quando voltamos para o hotel e pensamos que seria uma idéia brilhante encher o elevador com spray de extintores de incêndio. Não imaginávamos que a cabine do elevador era pressurizada. Então quando as portas do elevador abriram, e ele tinha chegado lá embaixo para os caras da equipe o pegarem, a espuma foi pra todo lado. Nosso guitarrista estava no quarto ao lado do nosso, e eu dei uns passos para trás e entrei no quarto dele e deixei o extintor lá para pensarem que foi ele que fez aquilo. Então eu fui pra cama pensando 'ha ha, esta é a trama mais diabólica!' De manhã, eu descobri que alguém tinha sido preso por aquilo; alguém que ficou no quarto ao lado do meu, mas do outro lado, não o lado do guitarrista. Mas não somos mais tão ruins. Nós somos praticamente santos se comparados com essas coisas".

In Utah This Week: Em público, você é reconhecido freqüentemente por fãs?

Dani: "Fui fazer uma tatuagem com Paul Booth umas semanas atrás em New York com minha família e foi estranho porque eu já fui reconhecido nos lugares mais bizarros. Creme para hemorróidas é muito bom para tatuagens, aí eu estava de pé numa loja com um monte de creme para hemorróidas nas mãos e dois fãs chegaram perto de mim. Acontece em casa também, sempre que vamos para um clube ou algo do tipo.

In Utah This Week: Já houve caso de ser seguido por um fanático?

Dani: "Não do tipo de pessoa que segue até a casa, mas já tivemos pessoas nos seguindo em turnê".

In Utah This Week: Você concorda ou discorda que desde o CRADLE OF FILTH ganhou popularidade na cena Metal, mas alguns fãs do gênero ficaram desapontados pela sua presença junto ao mainstream?

Dani: "Temos uma relação de amor-ódio com um monte de gente. Eles ou nos amam ou nos odeiam. Sim, nós nunca poderemos fazer tudo certo a certo grau com um certo número de pessoas. Mas eu acho que nós meio que nos auto-depreciamos, é como se fôssemos ordenados para fazer algo, e sempre fizéssemos outra coisa. É por isso que em cada álbum nós sempre vamos para direções estranhas. Nós temos uma edição especial do 'Thornography' chamada 'Heart of Dark Catharsis' saindo em fevereiro e ele tem sete faixas novas que não colocamos no álbum, algumas são covers. Nós o chamamos de 'Heart of Dark Catharsis' para que nunca mais tenhamos que explicar para ninguém o que o conteúdo da edição especial realmente é. Mas é outro tipo de mudança para outra direção. É antigo (old-school) e muito rápido, porém com ênfase na pegada".

A entrevista completa (em inglês) está neste link.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Cradle Of Filth
Piada feita após Kanye West usar camiseta da banda

Todas as matérias e notícias sobre "Cradle Of Filth"

Cradle Of Filth
"Temos uma relação de amor-ódio com um monte de gente!"

Cradle Of Filth
Camisa blasfêmica é um pesadelo para a banda

Cradle Of Filth
"Estamos em algum lugar próximo ao topo, eu espero!"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 26 de janeiro de 2017

Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Cradle Of Filth"

Guns N' Roses
Axl Rose fotobomba imagem de Duff com Susan

Tom Araya
É difícil ser um pai enquanto canta no Slayer?

Dave Mustaine
Dez coisas que você não sabia sobre o vocalista

Guns N' Roses: o making of do "Illusion" e a desintegraçãoMetallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicosRachel Bolan: "nós despedimos Sebastian Bach"Metallica: as dez canções menos tocadas ao vivoRadiohead: O que Lars Ulrich pensa da banda? E Kirk Hammett?Metallica: 10 curiosidades sobre o álbum Death Magnetic

Sobre Daniel Faria

Nascido em 1977, cresceu em um lar onde rock progressivo dominava as ondas do ar. Aos 12 anos, com a compra de "Paranoid" (Black Sabbath) tudo mudou e o metal gradualmente passou a ser o som predominante em casa. Estudou Computer Science / Applied Science pela Concordia University (Montreal, Québec, Canada) e hoje vive em um vilarejo rural em Simcoe County, centro-sul de Ontario, Canada.

Mais matérias de Daniel Faria no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online