Manowar: "Nós inventamos o True Metal!"

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Manowar: "Nós inventamos o True Metal!"


  | Comentários:

Depois de cinco anos, CD´s ao vivo, DVD´s “Hell On Earth” e o sensacional “The Day The Earth Shook”, 2006 começou a apontar uma luz no fim do túnel nesse hiato do Manowar em lançar material novo de estúdio. Primeiro veio o EP “Sons Of Odin”, e logo depois o novo CD, “Gods Of War”, como sempre subvertendo todas as regras de como se lançar um produto. Opiniões a parte sobre este novo trabalho não há como negar a relevância do Manowar na história do heavy metal, e o mérito dos caras na posse do termo “Kings Of Metal”. Entre vários shows, numa pequena brecha, o vocalista Eric Adams concedeu esta entrevista exclusiva para o Whiplash!.

Imagem
Perguntas: Rafael Carnovale
Entrevistador: Rodrigo Scelza

WHIPLASH – Eric, esta pergunta é muito importante para os fãs brasileiros, e todos queremos uma resposta definitiva: quando o Manowar virá ao Brasil?

(Risos) Essa pergunta é muito importante! Bom, pelo que tudo indica devemos passar na América do Sul no verão de vocês (início de 2008). Tenho excelentes lembranças do Brasil, brother! Vocês cantam alto e mostram a paixão intensa que vocês tem por nós, realmente foram momentos inesquecíveis.

É eu realmente pude perceber a quantidade de bandeiras brasileiras no DVD mais recente.

Exatamente! É muito gratificante ver que não só no Brasil, mas como em países tão ou mais longe que vocês o público está sempre presente ainda mais no momento que nós consideramos ser o mais especial da banda que foi a gravação desde DVD.

Falando sobre o DVD “The Day The Earth Shook”, me lembro de finalizar uma resenha sobre o mesmo questionando o que ainda poderia ser usado em um DVD que o Manowar já não tenha feito. Vocês usaram de tudo nestas 4 partes da série “Hell On Earth” e no DVD ao vivo. Além de DVD´s especiais para o novo CD e o EP “Sons Of Odin”. Ainda há algo que não tenha sido usado?

(Gargalhadas) É, amigo, sempre haverá coisas novas a se esperar do Manowar! Nós nos preocupamos sempre em lançar o melhor para os fãs. Todo ano lançamos uma parte do “Hell On Earth” e músicas novas, para que não caia nessa espera que muitas bandas fazem ao ficar anos sem ter um único material lançado, e é exatamente a isso que somos contrários! Nós praticamente colocamos o nosso dia a dia a disposição, tudo que acontece com o Manowar é colocado no DVD para vocês verem, nós temos que compartilhar cada momento com os fãs.

Foi sensacional ver Ross e David de volta, assim como os outros ex-membros. Vocês planejam repetir a dose?

Não. Isso foi um acontecimento único na carreira do Manowar. Foi muito foda ter todos eles tocando juntos conosco. Desde os ensaios iniciais até o dia do show foi só diversão.

Legal porque diferentemente de muitas bandas vocês conseguiram manter um bom relacionamento ao longo dos anos e isso no DVD transparece de uma forma perfeita.

Você tem toda razão, brother! Tanto nos damos bem que temos ex-membros nos acompanhando nessa turnê, que é o caso do Rhino e sua banda atual, Holy Hell, e o David Shankle que irá se juntar a nós com a sua banda, DSG (David Shankle Group), para alguns shows na Europa. Ambos são artistas da Magic Circle do Joey.

Até mesmo o Ross que sumiu durante anos da cena do metal, depois desse show montou sua própria banda e agora está tocando os clássicos que vocês compuseram na época em que ele estava na banda.

Com certeza! Como foi bom ter Ross depois de anos sem vê-lo. Senti a emoção em seu olhar ao tocar conosco no Earthshaker Festival e é realmente gratificante ver ele voltando ao cenário Heavy Metal e tocando muitas das músicas que nem mais nos lembramos (risos).

Este novo CD foi apresentado aos fãs em “doses homeopáticas”. “King Of Kings” foi lançado como bônus na parte 4 da série “Hell On Earth”, e o EP “King Of Kings” trouxe mais algumas faixas. Seria esta atitude uma mensagem do tipo “Se preparem que estamos voltando?”

(Risos Gerais) Perfeito! Você tem toda razão brother! Como já havia dito anteriormente sempre lançamos materiais ao longo do ano para saciar os fãs! Eles pedem e o que a gente faz é simplesmente lançar!

Este é o primeiro CD conceitual do Manowar. Porque vocês decidiram usar a história de Odin como base para o trabalho? Planejam continuar trabalhando com a história de deuses nórdicos? E o que você poderia comentar sobre o inusitado trabalho no encarte?

Na verdade esta história foi apresentada ao Joey que ficou fascinado e veio com a idéia de fazer um disco baseado na obra. Tudo correu da forma mais simples possível, até porque nossos fãs estão acostumados com esse nosso trabalho épico, sempre falamos sobre Valhalla, por exemplo, e fazer um disco conceitual foi só mais uma etapa para o Manowar.

Sempre fazemos tributos aos deuses ou a mitologia nórdica, Vamos manter, sim, só não sei se será inteiramente baseado como o Gods of War.

O livro do CD foi idéia do Joey, ele quis fazer uma coisa totalmente na atmosfera de Odin, botando o estilo das capas anteriores do Manowar. Quanto às letras ele quis que as pessoas vissem como era a escrita da época e apesar de ter surpreendido a alguns que esperavam as letras em inglês, a mensagem foi passada. Acho que ninguém teve problema em achar as letras em inglês, até porque todas elas estão no “web Site”. (Risadas)

Mas você tem que concordar que foi um tanto engraçado e estranho abrir o encarte e ver RUNAS! Me lembro que quando abri o livreto pensei: “Que porra é essa?!” (Risadas)

(Rindo Muito) Com certeza essa foi a recepção da maioria das pessoas! É realmente estranho,mas Joey queria que tudo parecesse como o costume na época.

Mas foi tão estranho como um cara que mora na Rússia, por exemplo, e ver o livreto todo traduzido em português não? (Risadas)

(Risadas) Muito bom, sua colocação foi perfeita! (Mais Risos)

E existem várias narrações no CD, feitas por Joey. Vocês não pensaram em chamar algum ator, como o Rhapsody Of Fire fez com Christopher Lee?

Sim, na verdade nós chamamos o Christopher para fazer as narrações do “Gods Of War”. A princípio ele aceitou, mas acabou tendo um compromisso e teve que declinar o convite. Como Joey já havia feito algumas narrações ele preferiu por manter suas vozes.

Vocês fizeram uma homenagem a “Slepnir”, o mitológico cavalo de Odin na faixa que leva o mesmo nome. É uma música heavy bem rápida. O que você pode comentar sobre esta faixa?

Eu a adoro, tem um refrão muito poderoso. Essa foi uma das músicas que ficamos bastante em dúvida na escolha do set. Ela é muito poderosa e não descartamos de tocá-la no futuro.

Odin e Loki são considerados os deuses de história e trajetória mais complexa na história nórdica. Esta foi uma das razões para a inclusão de “Loki God Of Fire” no CD?

Resolvemos falar especificamente do deus Loki, pois quase ninguém sabe que ele é o Deus do Fogo e nos preocupamos em buscar o significado de cada um desses deuses citados no álbum para os nossos fãs que não acompanham a mitologia nórdica pudesse entender que mensagem estávamos querendo passar.

Nesta faixa você faz um bom trabalho nos vocais, tanto nas partes mais heavy como nas partes mais rápidas, usando bem os vocais em tons mais baixos. Como foi a gravação das vozes?

Simplesmente eu cantei no feeling que as mudanças de clima que a música pedia (Risos). Engraçado você tocar nela, pois foi uma das músicas mais difíceis de se cantar no disco por conta de todas essas variações. Acho que foi a música que eu e Joey mais ficamos satisfeitos com o resultado final e repercussão entre os fãs tem sido muito boa também!

O Manowar fez uma longa suíte dedicada a Odin, que inclui “Overture To Odin”, “The Blood Of Odin”, “Sons Of Odin” e a própria “Odin”. Este momento é bem diferente do que estamos acostumados a encontrar num CD do Manowar. Vocês não temem que alguns fãs se assustem com essa direção musical diferenciada?

De jeito nenhum! O Manowar não tem medo de inovar porque nós sabemos exatamente o que nossos fãs querem e nós nunca vamos os decepcionar. Vou pegar um exemplo: o Manowar foi a primeira banda a graver em Dolby Stereo, hoje em dia bandas gravam discos inteiros desse modo. O Manowar foi a primeira banda a gravar um DVD em 5.1 surround o que hoje é praticamente obrigatório para um DVD ter esta opção de som.

O que eu quero dizer é que nós sempre damos o melhor para nossos fãs e com o “Gods Of War” isso não foi diferente. O termo “True Metal” e “False Metal” foi inventado para nós e muitas bandas usam hoje em dia. Nosso novo disco foi tão bem recebido na Inglaterra que fomos denominados de um novo estilo “Warrior Metal”. Estamos tocando 35 minutos só do “Gods Of War”, e a resposta tem sido fantástica, então nunca deixaremos nossos fãs com medo de tudo que lançarmos, pois nós sabemos exatamente como agradá-los!

E “Die For Metal”, faixa bônus em várias edições do CD, foi o primeiro vídeo do novo trabalho. Porque escolheram esta faixa?

Simplesmente porque resolveram gravar essa música em um dos nossos shows na atual turnê pela Europa. Não houve uma razão específica para a escolha, mas posso dizer que essa é uma das músicas de maior resposta dos fãs nos nossos shows.

Vocês estão em turnê com o Holy Hell e o Rhapsody Of Fire. Como tem sido a reação dos fãs a esse novo show? Vi algumas faixas e fiquei bem impressionado.

Você tem total razão, brother! Nós fazemos cada noite ser especial. Você não tem idéia do que está sendo este novo show. Nós colocamos um barco viking no palco! Tudo tem sido perfeito e esta está sendo uma das melhores turnês do Manowar em termos de público, “sold out” em todas as cidades e o público delirando a cada noite. Vocês podem esperar o melhor show da vida de vocês!

E o que podermos esperar este ano, além dos festivais de verão e de outro DVD “Hell On Earth”?

Turnês e muitos shows! E mais um DVD “Hell On Earth”! (Risadas), mas por enquanto estamos nos concentrando na nossa turnê onde vamos fazer um giro pela Europa e alguns festivais de verão.

Em nome dos fãs nos diga que não teremos que esperar mais 5 anos para ouvir outro CD de estúdio do Manowar. Isso acontecerá de novo? (Risos)

(Rindo Muito) Acho que não, mas temos muito material gravado e filmado. O conteúdo eu não posso revelar pra você, mas digo com certeza que tudo será lançado ao longo dos anos, como sempre não vão se decepcionar!

Obrigado Eric pela entrevista. O espaço final é seu e nos vemos no Brasil!

Gostaria de deixar uma mensagem para os fãs brasileiros dizendo que não os abandonamos. Estamos voltando no verão de vocês, não sei se com o Holy Hell e o Rhapsody of Fire, mas com certeza vamos trazer um grande show e fazer desse momento algo inesquecível para nós e para vocês como foi ai no Rio, São Paulo e Brasília na nossa primeira turnê. Esperem! HAIL AND KILL!

Site Oficial: http://www.manowar.com

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Entrevistas
Todas as matérias sobre "Manowar"

Recriações: álbuns e músicas clássicas devem ser regravadas?
Separados no nascimento: Eric Adams e Vera Zimmermann
Manowar: Ousando remontar um dos seus maiores clássicos
Manowar: ganhe ingressos para a turnê "Kings Of Metal MMXIV"
Separados no nascimento: Severus Snape e Joey Demaio
Manowar: divulgada capa do novo Kings of Metal MMXIV
Heavy Metal: uma nação constituída por músicas
Manowar: Kings of Metal MMXIV em fevereiro
Manowar: Grandiosa estréia com um pé no rock'n'roll
Happy Christmas: alguns álbuns roqueiros com temática natalina
Manowar: vídeo mostra detalhes de Kingdom Come MMXIV
Manowar: versão black metal de "Fighting the World"
Manowar: convidando fãs para participar do Kings Of Metal MMXIV
Manowar: fãs criam petição para trazer a banda ao Brasil
Manowar: turnê terá Kings of Metal MMXIV na íntegra e clássicos

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas