WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Street Fighter: e se os músicos do grunge entrassem pro game?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

A razão para o mash-up abaixo, de acordo com o artista gráfico Butcher Billy seria:

“Como adolescente nos anos 90, eu fui exposto à muita da agressão que vinha das guitarras distorcidas, vocais berrados e letras cheias de raiva do movimento grunge, que emergia para sacudir as coisas do cenário musical daquela época.

Rock e Metal: em vídeo, as piores covers da históriaFotos de Infância: Cliff Burton, do Metallica

Enquanto isso, o ramo dos games era dominado pela ‘fofurinha’ do Super Mario até a chegada de STREET FIGHTER – os competidores ficavam cara a cara para combate já no modo primário, para então serem pulverizados por um Lightning Kick, um Sonic Boom, um Tiger Uppercut ou o popular Hadouken.

Essa é uma coleção de gravuras que combinam dois universos – sob o conceito de que aqueles duplas especiais de ataques devastadores foram tão agressivas e desconcertantes como o riff de guitarra distorcido, pesado e poderoso do grunge.”

DAVE GROHL [NIRVANA] como RYU

Imagem

“You must defeat Courtney Love to stand a chance.”

LAYNE STALEY [ALICE IN CHAINS] como BLANKA

Imagem

“Aroooooster!”

COURTNEY LOVE [HOLE] como CHUN-LI

Imagem

“I’m the strongest woman in this miss world.”

EDDIE VEDDER [PEARL JAM] como ZANGIEF

Imagem

“My strength is an even flow!”

BILLY CORGAN [THE SMASHING PUMPKINS] como DHALSIM

Imagem

“I will meditate, and then secretly destroy you.”

SCOTT WEILAND [STONE TEMPLE PILOTS] como GUILE

Imagem

“Are you man enough to fight me? Because here I come, I come, I come!”

KURT COBAIN [NIRVANA] como KEN

Imagem

“Attack me if you dare, I’m not gonna crack!”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Lynyrd Skynyrd
Versões inusitadas da clássica "Sweet Home Alabama"

Rock e Metal: em vídeo, as piores covers da históriaRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaOpinião: Meu Conturbado Amigo Kurt CobainTodas as matérias e notícias sobre "Nirvana"

Por um triz
Quando por pouco a história do Rock não foi a mesma

Loudwire
As 10 melhores músicas do Nirvana

Lado feminino
Astros do rock que se vestiram de mulher

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Nirvana"Todas as matérias sobre "Foo Fighters"Todas as matérias sobre "Alice In Chains"Todas as matérias sobre "Hole"Todas as matérias sobre "Smashing Pumpkins"

Fotos de Infância
Cliff Burton, do Metallica, muito antes da fama

Alice In Chains
Análise vocal de Layne Staley

Um por todos e todos por um: o making of de Led Zeppelin IVRolling Stones: "Jagger era um usuário habitual de heroína"Motorhead: Phil Campbell conta sobre sua entrada na bandaMetallica: James explica por que Kirk não compôs pro "Hardwired"

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online