Iron Maiden - Perguntas e Respostas

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Iron Maiden - Perguntas e Respostas

Traduzido por João Paulo Andrade

  | Comentários:

Este FAQ é uma tradução do FAQ original montado por Vartan Narinian.

A primeira versão desta tradução, copiada à exaustão na internet brasileira, foi feita por João Paulo Andrade, criador do Whiplash.Net, por volta de 1993 (antes da Internet, o FAQ era distribuído via BBS). Apesar de bastante desatualizado, contém bastante curiosidades e por este motivo continua sendo publicado. Atualizações são bem vindas pelo link de CORREÇÕES no botão abaixo do título.

Procurei colocar aqui as perguntas mais frequentes e mais interessantes sobre a banda. As respostas foram abreviadas. Se você é realmente fã do Iron Maiden recomendo a versão completa do FAQ, que possui muito mais informações e mais detalhes sobre cada componente da banda, cada álbum e cada música. Para downlodear o faq completo traduzido ou a tradução de todas as letras do Iron Maiden visite a página de arquivos deste site.


Quais as datas e locais de nascimento dos componentes da banda?

Bruce Dickinson - 7 de Agosto de 1958, nascido em Worksop Notts, England.

Michael (Nicko) McBrain - 5 de Junho de 1954

Janick (Jan) Gers - 27 de Janeiro 27 de 1957

Adrian (H) Smith - 27 de Fevereiro de 1957

David Michael (The Blonde Bomber) Murray - 23 de Dezembro de 1956

Steve ('Arry) Harris - 12 de Mar‡o de 1956, nascido em Leytonstone, Inglaterra.

Blaze Bayley - 29 de Maio.

Quais as influências do Iron Maiden?

Wishbone Ash, Montrose, Jethro Tull, Deep Purple, UFO, Rainbow, T. Rex, Free, Black Sabbath, King Crimson, Led Zeppelin, Genesis.

Qual a origem da mascote Eddie?

No início a mascote Eddie (the head, ou a caveira) era apenas uma grande máscara que ficava no fundo do palco nos primeiros shows da banda, ao lado do logotipo da banda. A grande cabeça era conectada a uma bomba de ar que fazia com que ela fosse capaz de cuspir líquidos que banhavam Doug Sampson, Clive Burr ou quem quer que fosse o baterista. Os fãs deram ao boneco o nome de Eddie The Head, apelido baseado em uma piada bastante conhecida:

"Um menino chamado Eddie havia nascido sem braços, sem pernas e sem tronco, sendo apenas uma cabeça. Apesar de sua horrível deformidade os pais o amavam muito, cuidavam bem dele e sempre lhe davam presentes. Quando Eddie fez 16 anos um médico informou aos pais que podia dar um corpo a ele. Os pais ficaram felizes porque o filho ia afinal ter um corpo e seria uma pessoa normal. Ao chegarem em casa, muito excitados, disseram ao filho "Temos uma surpresa para você... o melhor presente de todos" ao que Eddie respondeu "Oh não... já sei... outra droga de chapéu..."

A cabeça no fundo do palco se tornou marca registrada da banda e quando da assinatura do contrato com a EMI o desenhista Derek Riggs foi contratado para dar um corpo a Eddie. A primeira aparição do simpático zumbi foi na capa do single Running Free. Mais tarde a máscara simples no fundo do palco foi substituída por bonecos cada vez maiores que chegam a dezenas de metros de altura e possuem movimentos. Além disso um Eddie de 3 metros de altura (uma pessoa fantasiada) costuma participar durante alguns minutos de todos os shows da banda.

Uma das aparições mais polêmicas de Eddie foi na capa do single Sanctuary, em que aparece matando a primeira ministra inglesa, Margareth Tatcher (a verdadeira donzela de ferro) com uma faca. A capa obviamente foi proibida e gerou uma série de processos contra a banda. Margareth Tatcher aparece novamente na capa do single Women in Uniform, desta vez espreitando Eddie.

Um fato curioso (entre tantos outros) sobre as capas dos discos e sobre Eddie é que a maioria das capas apresenta uma ordem cronológica. A partir da capa de Piece of Mind, por exemplo, Eddie teve seu cabelo raspado e foi lobotomizado, teve a cabeça aberta e depois fechada com alguns parafusos. Os parafusos aparecem em praticamente todas as gravuras a partir de então. Já na capa do single de Two Minutes to Midnight Eddie aparece vestindo um tampa-olho como se tivesse perdido um lado da visão e nas capas a seguir o olho que falta é substituído por um olho biônico (a partir da capa de Somewhere in Time).

Uma curiosidade pouco notada... na lápide da gravura do álbum Live After Death consta o nome verdadeiro de Eddie... Edward...

Para ver dezenas de gravuras em alta resolução de Eddie (capas de discos, singles e posters) visite minha página de Fotos e Gravuras do Iron Maiden.

O Que é a Backwards Message Antes da música "Still Life" no álbum Piece of Mind?

Backward messages são mensagens gravadas ao inverso (é necessário girar o disco ao contrário para poder ouvi-las) e alguns afirmam que qualquer disco de heavy metal, ouvido ao contrário, possui mensagens satânicas. O Iron Maiden estava ficando injuriado com os conservadores americanos que os tachavam de adoradores do demônio e coisas assim, então decidiram provocar os cretinos. Bem no começo da canção Still Life estão duas rápidas backward messages, uma após a outra. Ambas são faladas por Nicko em um dialeto Rasta, não muito compreensível mesmo quando tocado de trás para a frente. A primeira diz "What ho sed de ting wid de t'ree bonce", que significa "O que disse o monstro de três cabeças". A segunda diz "Don't meddle wid tings you don't understand." (não mexa com coisas que não entende) e a mensagem termina com um grunhido.

Para ouvir a inversão desta mensagem, bem como para maiores esclarecimentos sobre backwards messages (do Iron Maiden e outras bandas como Pink Floyd, Beatles, Eagles, Led Zeppelin, etc) visite a página de Backwards Messages.

Quem é Osiris e qual o significado de "Powerslave"?

Trata-se de uma lenda egípcia. A origem de Osiris é obscura, mas por volta de 2400ac Osiris desempenhava um duplo papel: era ao mesmo tempo o deus da fertilidade e a personificação do rei morto. segunda a crença, o rei ao morrer se tornava Osiris, deus do além; o filho do rei morto era identificado com Horus, deus do céu. O processo de se tornar Osiris não se caracterizava como ressurreição visto que Osiris não levantava dos mortos. Ao invés disso era a aceitação da imortalidade no mundo além e através de descendentes na terra. Bastante difícil de entender, mas a letra de Powerslave faz sentido depois que se conhece a lenda.

Quem é Icaro da música "Flight of Icarus"?

Na mitologia da Grécia antiga, houve uma vez um rei da Ilha de Creta chamado Minos, que recebeu uma maldição sobre o seu reino: esta maldição era um monstro, meio homem e meio touro, chamado Minotauro. Para prender o monstro Minos mandou construir um labirinto de onde era impossível sair. O construtor do labirinto, Dedalo, foi lá encarcerado para morrer e não revelar o segredo do labirinto. Icaro era o filho de Dedalo e foi aprisionado no labirinto junto com o pai. Dédalo tentou escapar do labirinto construindo dois pares de asas feitas de penas e coladas com cera, para si e para Icaro. Pai e filho voaram para longe de Creta, mas aconteceu que Icaro foi desprecavido e voou alto demais, chegando muito próximo ao sol. O calor derreteu a cera que juntava as penas e ele caiu no oceano.

Quais os covers tocados pelo Iron em singles e gravações ao vivo?

"I've Got The Fire", uma velha música do Montrose.

"Cross-Eyed Mary"‚ uma antiga música do Jethro Tull do álbum Aqualung.

"Women In Uniform", da banda australiana Skyhooks.

"Tush", uma velha música do ZZ Top, tocada de vez em quando pelo Iron.

"Chevrolet" - Outra do ZZ Top, do álbum "Rio Grande Mud".

"School Days", de Chuck Berry.

"Fighting Man", é uma música de Adrian Smith.

"Rosalie", uma música de Bob Seger de que o Thin Lizzy também fez um cover.

"That Girl", foi feita originalmente pela British 'rockers' FM.

"Reach Out", foi escrita por Andy Colwell, mais tarde no A.S.A.P.

"Silver And Gold", uma original de Adrian Smith, provavelmente usada nos tempos do Urchin e Broadway Brats.

"She's Gone", originalmente do Black Sabbath do álbum "Technical Ecstasy".

"King Of Twilight", originalmente gravada pelo Nektar.

"Rainbow's Gold", originalmente feita pelo Beckett.

"Massacre", originalmente feita pelo Thin Lizzy.

"All In Your Mind", originalmente feita pelo Stray.

"Kill Me Ce Soir" - originalmente feita pelo Golden Earing.

"I'm A Mover", originalmente feita pelo Free.

"Communication Breakdown", originalmente feita pelo Led Zeppelin, claro.

"Space Station No. 5", originalmente feita pelo Montrose.

"Roll Over Vic Vella", uma paródia de "Roll Over Beethoven" de Chuck Berry, baseada no principal roadie e motorista Vic Vella (que está com o Iron Maiden desde o início).

"She's A Roller", era uma música do Urchin (banda original de Adrian Smith), uma das duas músicas lançadas como singles.

Quais as origens do nome da banda e de algumas músicas?

O nome "Iron Maiden" foi tomado do filme "The Man in The Iron Mask".

"Where Eagles Dare" é baseada no filme de mesmo nome com Clint Eastwood e Richard Burton. O livro é de Alistair MacLean.

Existem uma série de três ou quatro músicas concatenadas, gravadas em épocas distintas mas que falam do mesmo personagem, uma prostituta chamada Charlote. "Charlotte The Harlot", "22, Acacia Avenue". Alguns dizem que "Hooks In You" e "From Here To Eternity" são continuações.

"Run To The Hills" conta a história do massacre dos nativos americanos pelos cara-pálidas de ambos os pontos de vista. A primeira parte da música conta o lado dos índios. A segunda parte conta o lado dos soldados.

"The Number Of The Beast" foi inspirada pelo filme "Omen II" (A Profecia II).

"Children Of The Damned" foi inspirada pelo filme de mesmo nome.

"Murders In The Rue Morgue" é baseada no conto policial de Edgar Allen Poe com o mesmo nome.

"Bring Your Daughter...To The Slaughter" é vagamente baseado no poema "To Coy His Mistress."

"Still Life" é sobre um cara que se sente atraido como um lago, olha faces no lago, tem pesadelos sobre isso e emfim salta e leva sua desafortunada namorada com ele. É inspirada pelo romance de Ramsey Campbell "The Inhabitant of The Lake."

"Quest For Fire", foi inspirada pelo filme de mesmo nome.

"Sun And Steel" fala sobre Miyamoto Musashi, um legendário espadachim japonês. A letra faz referências ao livro de Musashi's "A Book Of Five Rings." A primeira luta de Musashi foi com a idade de 13 anos, quando ele (destreinado) supostamene derrotou seu oponente, um guerreiro samurai, matando-o com uma vara. Aos 16 teve sua segunda luta, e matou este oponente também. O verso "Through Earth and Water, Fire and Wind, you came at last, Nothing was the end" é uma referência ao "Book Of Five Rings." Musashi também escreveu seu livro em 5 seções (livros): Earth, Water, Fire, Wind e Void (vazio). "You make your cut by Fire and Stones, take you and your blade, break you both in two". O "corte de fogo e pedra" é um movimento que Musashi descreve no livro anteriormente mencionado, capaz realmente de partir em dois o oponente e sua lâmina. Também, de acordo com o livro "Kenjutsu: The Japanese Art of Swordsmanship" de Charles Daniel, Musashi morreu de causas naturais aos 61 anos. No filme "American Samurai" o nome de Musashi é citado pelo vilão do filme como um mestre que matou mais de 60 inimigos em um único combate antes de se considerar um guerreiro perfeito.

"To Tame A Land" é baseada na novela "Duna" de Frank Herbert. A canção aparentemente deveria se intitular "Dune" e Steve pretendia usar uma citação falada do livro como introdução. Por questão de cortesia eles pediram permissão ao agente de Frank Herbert, e a resposta veio do próprio Herbert: "Não. porque Frank Herbert não gosta de bandas de rock, particularmente bandas de heavy rock e especialmente bandas como o Iron Maiden." Mesmo informado de que a banda achava que seria uma boa divulgação do livro "Duna" e tudo mais, Frank Herbert disse que se o Iron Maiden continuasse com isso iriam ser processados.

"Hallowed Be Thy Name" é sobre alguém com apenas algumas horas de vida sobrando.

"The Trooper" é baseada na guerra da Criméia entre ingleses e russos. A abertura tenta recriar o galope de cavalos em uma carga de brigada. Baseada no romance "Charge of the Light Brigade" de Lord Alfred Tennyson.

"Rime Of The Ancient Mariner", como muitos sabem, é um épico (a música mais longa do Maiden, 13:45), baseada no poema de mesmo nome escrito por Samuel Taylor Coleridge (leitura obrigatória em muitas aulas de literatura inglesa).

"Invaders" é sobre as invasões de Vikings na Inglaterra.

"The Loneliness Of The Long Distance Runner" tomou seu título do livro de mesmo título escrito por Robert Heinlein.

"Moonchild" é o nome de um livro de Aleister Crowley, o mais proeminente mágico cerimonial deste século, com a pior reputação. As letras da música do Maiden são baseadas em algumas partes do Liber Samekh de Crowley.

"The Evil That Men Do" tomou seu título de uma citação de Shakespeare. A citação é "The evil that men do lives on after them, But the good is oft interred with their bones." O mal que os homens fazem vivem após eles, mas o bem é enterrado com os seus ossos. Isso é uma fala de Marco Antonio no soliloquio em "Julio Cesar."

"Run Silent Run Deep" é baseado no filme de mesmo nome.

"Bring Your Daughter...To The Slaughter" foi escrita durante o projeto solo de Bruce para o filme Nightmare On Elm Street Part V, no Brasil, A Hora do Pesadelo ou Pesadelo em Elm Street (com Freddy Kruegger).

"Prowler" é aparentemente sobre um cara que caça e retalha mulheres enquanto se masturba ao mesmo tempo.

"Alexander The Great" conta a vida e a época do famoso conquistador Alexandre o Grande.

"Weekend Warrior" é (possivelmente) sobre brigas de torcidas de jogos de futebol no fim de semana, especialmente sobre os 'hooligans'.

"Holy Smoke" é sobre a bobagem dos televangelistas e suas visões e opiniões bizarras.

"The Prisoner" é baseada na série inglesa de TV com o mesmo nome dos anos 60, estrelada por Patrick McGoohan. Na série, um agente secreto britânico abandona o serviço secreto e é preso assim que chega em casa. Ele acorda em um lugar chamado "The Village" onde as pessoas têm o seu nome trocado por números. Ele é o Número Seis e os números se tornam menores à medida que se é promovido na hierarquia. O Número Um manda no lugar.

"Back In The Village" também tem algo a ver com a série The Prisoner.

"Stranger In A Strange Land" é sobre uma expedição que se perdeu no Polo Norte. Seus corpos foram encontrados perfeitamente preservados na neve. Adrian encontrou um dos sobreviventes e isso inspirou o Maiden a escrever a canção.

"Man On The Edge" parece ser baseado no filme "Falling Down" estrelado por Michael Douglas.

"The Edge Of Darkness" é baseado no livro de Joseph Conrad "Heart Of Darkness" em que o filme "Apocalypse Now" é baseado.

"Sign Of The Cross" é baseada no livro "The Name Of The Rose" de Umberto Eco. Existe também um filme de mesmo nome estrelado por Sean Connery (no Brasil, O Nome da Rosa). "Eleven saintly shrouded men who came to wash my sins away" se refere à santa inquisição.

"Lord Of The Flies" é baseado na novela de mesmo nome de William Golding.

O que é aquele símbolo presente em todos os álbuns do Iron Maiden?

A assinatura de Derek Riggs, desenhista das capas dos discos e singles do Iron Maiden é algo semelhante a suas iniciais... um D reverso e um R do lado direito.

A assinatura esta presente em praticamente todas as capas e gravuras. Verifique a localização em cada um dos discos:

IRON MAIDEN: no segundo tijolo na sexta fileira.

KILLERS: na parte de baixo da janela na direita.

THE NUMBER OF THE BEAST: à direita do joelho do demônio.

PIECE OF MIND: Na parte posterior da capa, como parte do colar suspenso pela mão. A assinatura não aparece na versão CD visto que parte da gravura foi cortada.

POWERSLAVE: na entrada da pirâmide, onde os restos de Eddie estariam.

LIVE AFTER DEATH: Na parte posterior da capa (ou no verso do livrinho do CD). Siga o caminho de pedras pelo centro do cemitério. Existe uma lápide no meio da parte de trás com o símbolo nela. Em outra lápide atrás do gato e da rosa vermelha está escrito 'Here Lies Derek Riggs'.

SOMEWHERE IN TIME: No peito de Eddie e na nave espacial.

SEVENTH SON OF A SEVENTH SON: na água.

NO PRAYER FOR THE DYING: em algum lugar da grama ou o "ponto" sobre o 'i' em Dying podem ser a assinatura.

FEAR OF THE DARK: Esta capa foi feita por Melvyn Grant, logo não tem a assinatura de Derek Riggs.

A REAL DEAD ONE: No canto de fora do olho direito de Eddie.

A REAL LIVE ONE: Na parte de dentro da coxa direita de Eddie.

Quais as curiosidades sobre a capa do disco Somewhere in Time?

A capa deste disco é das mais bonitas e divertidas da história do Heavy Metal. Existem centenas de detalhes escondidos. Praticamente todos os letreiros e personagens tem alguma ligação com o Iron Maiden. Verifique os seguintes ítens:

"This is a very boring painting", mensagem escrita ao contrário atrás da perna direita de Eddie.

Ruskin Arms (velho pub onde eles começaram a tocar).

O relógio marca 23:58 (2 Minutes To Midnight).

West Ham 7 Arsenal 3 - placar de futebol, mostrando a vitória do time favorito da banda, West Ham. Os jogadores do West Ham são conhecidos por The Irons.

Aces High bar, com um spitfire (avião de combate inglês da segunda guerra) voando no alto.

The Rainbow bar (outro velho clube que frequentaram nos primórdios).

Live After Death e Blade Runner são os filmes em cartaz no cinema.

O cinema é o Philip K. Dick, que é o autor de "Do Androids Dream of Electric Sheep?", em que o filme Blade Runner foi baseado.

Marquee Club (outro velho club que eles frequentaram).

Phantom Opera House.

Ancient Mariner Seafood Restaurant.

"Tonight GYPSY'S KISS", abaixo do 23:58 (difícil de ver) - referencia à primeira banda de Steve Harris.

Hammerjacks - referencia a um dos bares favoritos da banda nos EUA, Hammerjacks Night Club em Baltimore, MD.

Long Beach Arena, lugar onde foi gravado o Live After Death.

Nicko está vestido com uma máscara antiga de aviador (referencia a ele ser um piloto e a Aces High).

Nicko também veste uma camiseta dizendo "Iron What?".

Na contra capa vê-se Icaro caindo do sol com as asas queimando. Se refere a "The Flight Of Icarus."

"Bradbury Hotels International" - uma referência ao popular autor futurista Ray Bradbury (autor de clássicos como "The Martian Chronicles", "Ice Nine", etc.)

Se olhar de perto você pode ver a sombra da morte na contracapa em frente às pirâmides.

As pirâmides se referem à capa de "Powerslave".

Todos os escritos em japonês podem ser conectados ao "Maiden Japan" e outras performances.

"Maggies revenge" na contracapa se refere a Margareth Tatcher. Ela e o governo britânico tiveram uma querela com o Iron Maiden em 1980/1981 em virtude dos singles "Sanctuary" e "Women In Uniform", que a ilustravam morta no chão (morta por Eddie, claro) e escondida atrás de uma parede observando Eddie, respectivamente.

A rua em que Eddie se encontra é a Acacia Avenue, referência, claro, a "Charlotte the Harlot" e "22 Acacia Avenue".

Em uma das janelas da Acacia Avenue, você pode ver uma garota (supostamente a própria Charlotte) sentada em uma cadeira.

Bruce Dickinson segura um cérebro (Piece of Mind).

Tehe's bar foi onde eles conseguiram os caras para cantar os backings de "Heaven Can Wait."

Batman está embaixo do anúncio do Tehe's bar.

Tardis de Dr. Who está sobre o anúncio do Rainbow Club.

Asimov Foundation Building no fundo.

Tyrell Corp. (fabricante dos replicantes em Blade Runner).

Eye of Horus sobre o anúncio da Webster à esquerda da arma de Eddie.

Existe uma caixa de lixo embaixo da perna esquerda de Eddie presa a um poste de luz. É exatamente a mesma lixeira do álbum de estréia Iron Maiden.

Há também uma placa de metal que conecta o nariz de Eddie ao topo de sua cabeça. Se você olhar na parede à direita do placar de futebol, você verá aquela placa de metal com dois parafusos que Eddie sempre traz na cabeça (desde a era Piece of Mind quando foi lobotomizado).

Existem também letreiros de neon, um dos quais diz algo em hebreu e outro em russo.

O que significam as citações no início de algumas músicas?

A citação do início da música "The Number Of The Beast" foi retirada do Apocalipse (cap xiii vers 18): "Woe to you, oh Earth and Sea, for the Devil sends the beast with wrath, because he knows the time is short... Let him who hath understanding reckon the number of the beast for it is a human number, its number is Six hundred and sixty six." Ai de vocês na terra e mar, pois o demônio envia a besta com fúria... os que tenham sabedoria calculem o número da besta, é um número humano, seu número é seiscentos e sessenta e seis. A pessoa que fala a introdução não é Vincent Price... é provavelmente um narrador profissional achado por Rod Smallwood.

"The Prisoner" é inspirada no seriado de TV de mesmo nome e abre com um diálogo do seriado.

Ao final de "Still Life", se você aumentar o volume após a última nota poderá ouvir alguém dizer "that was fuckin' great!".

No início do álbum e do vídeo Live After Death, pouco antes do início da música Aces High há uma fala de Winston Churchill, remontando ao inicio da Segunda Guerra Mundial, o discurso de declaração oficial de guerra à Alemanha, instigando os ingleses a lutarem. A citação é a seguinte: "We Shall go on till the end. We shall fight in France, We shall fight in the seas and oceans, we shall fight with growing confidence and growing strength in the air, we shall defend our island, whatever the cause may be. We shall fight on the beaches, we shall fight on the landing grounds, we shall fight on the fields and in the streets, we shall fight in the hills. We shall never surrender!" cuja tradução é "Devemos ir até o fim. Nós devemos lutar na França, devemos lutar nos mares e oceanos, devemos lutar com companheirismo e força cada vez maiores nos ares, nós devemos defender nossa ilha, de qualquer que seja a ameaça. Devemos lutar nas praias, devemos lutar nos campos de pouso, devemos lutar nos campos e nas ruas, devemos lutar nas colinas. Não podemos nunca nos render!"

Algumas curiosidades sobre o Iron Maiden...

Steve aparentemente estudou para ser desenhista arquiteto durante 5 anos ou mais, e aparentemente recebeu uma licença.

Steve Harris é o principal autor da banda, tendo escrito ou co-escrito aproximadamente 75% de todas as músicas.

Dave Murray escreve uma música a cada 3 anos, um processo que Bruce Dickinson descreveu ser semelhante a "tentar dar a luz a um elefante". As suas músicas são "Charlotte The Harlot", "The Prophecy", "Still Life", "Deja-Vu", "Public Enema Number One", "Fates Warning", "Chains Of Misery", "Judas Be My Guide" e "Twilight Zone".

O vídeo de "The Trooper" mostra uma carga de cavalaria de brigada que a BBC nunca mostrou sem cortes (mesmo que o filme de onde foi retirada, "Die With Your Boots On" tenha sido ironicamente transmitido às 7 da noite do dia em que a banda foi comunicada de que seu vídeo era muito sangrento para ser assistido pelos jovens).

Bruce é um esgrimista ávido, e leva uma coleção de floretes na estrada. Ja foi capitão da equipe inglesa deste esporte e por pouco não participou de uma olimpíada.

A banda inteira é fanática por futebol. O West Ham (Inglaterra) é o seu time favorito. Há referências ao West Ham na capa do álbum Somewhere in Time. O clube usa 'Up the Irons' como seu moto e é por isso que o Iron Maiden também o usa.

Derek Riggs vive em Ashwell, Hertforshire - e aparentemente tem um pub movimentado por lá.

O show do Monsters Of Rock Festival, 22 de Agosto de 1992, durou cerca de 2 horas. Na última canção do show, "Running Free", Adrian Smith apareceu para tocar.

Todos os lado-b de Somewhere in Time foram tocados quase totalmente por Adrian Smith. Nicko fez a bateria e Bruce fez alguns vocais, mas todo o resto foi feito por Adrian.

Todos os fundos das vendas da biografia do Iron Maiden "Running Free" são doadas para campanhas anti-heroína, bem como as vendas de uma das edições do singles "Running Free".

Para informações sobre as acusações de envolvimento da banda com satanismo visite a página Ocultismo no Rock.

Quais as bandas que abriram para o Iron Maiden durante as turnês?

Entre outras, Praying Mantis, Urchin, Trust (com Nicko McBrain na bateria), Humble Pie, Whitesnake, Saxon, Quiet Riot (banda de Randy Roads, ex-guitarrista de Ozzy), Michael Schenker (membro do Scorpions), Twisted Sister, W.A.S.P., Accept, Motley Crue, Queensryche, Ratt, Yngwie Malmsteen, Vinnie Vincent (que participou do Kiss), Ace Frehley's Comet (banda do ex-guitarrista do Kiss), Helloween, Guns 'n' Roses, Megadeth (substituindo o GnR porque Axl estava doente), L.A. Guns, Anthrax, Dream Theater, Testament, Warrant, The Almighty, Corrosion of Conformity.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?

Matérias relacionadas à matéria acima

Guitarras e Baixos - Perguntas e Respostas
Raul Seixas - Perguntas e Respostas
Ramones - Perguntas e Respostas
Queen - Perguntas e Respostas
AC/DC - Perguntas e Respostas
Pink Floyd - Perguntas e Respostas
Nirvana - Perguntas e Respostas
Metallica: Perguntas, respostas e curiosidades diversas
Megadeth - Perguntas e Respostas
Led Zeppelin: Perguntas e Respostas sobre a banda
Kiss - Perguntas e Respostas
Guns N' Roses - Perguntas e Respostas
Doors - Perguntas e Respostas
Black Sabbath - Perguntas e Respostas
Beatles - Perguntas e Respostas
Rush: Perguntas e Respostas e curiosidades sobre a banda


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Curiosidades
Todas as matérias sobre "Iron Maiden"

Iron Maiden: Bruce Dickinson e Aleister Crowley
Iron Maiden: vídeos de Bruce em feira no Chile
Jon Lord: um timaço prestando tributo, veja vídeo
Separados no nascimento: Steve Harris e Bruce Campbell
Rock e metal: o outro lado das capas de discos
Iron Maiden: Steve Harris nunca gostou de "Flight of Icarus"?
1º de abril: Dois primeiros do Maiden serão regravados com Bruce
Bruce Dickinson: 450 mil dólares na maior aeronave do mundo
Iron Maiden: Gastão Moreira repassa as vindas da banda ao Brasil
Bruno Sutter: "Run To The Lepo Lepo" no Motorcycle Rock Cruise
Dj Yahel: Iron Maiden bombando numa Rave
Iron Maiden: fãs de Fortaleza ajudam crianças desnutridas
Iron Maiden: a semelhança com uma capa do Earth Wind & Fire
Bruce Dickinson: cantor pilotará jatinho em maratona beneficente
Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do Metal

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre João Paulo Andrade

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas