Dead Daisies: Uma das bandas mais legais do hard contemporâneo

Resenha - Make Some Noise - Dead Daisies

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Para quem ainda não conhece, o THE DEAD DAISIES é uma banda australiana, mas que na verdade é um supergrupo, formado por várias estrelas da cena, e um dos maiores nomes do hard rock atual. O álbum anterior da banda, “Revolucion”, que marcou a entrada do exímio vocalista John Corabi (MÖTLEY CRÜE/UNION/THE SCREAM), alcançou um grande sucesso na cena, mas acabou não sendo lançado em terras brasileiras. Todavia, antenada ao que acontece ao redor do globo, a Shinigami Records coloca no mercado o novo álbum dos caras, o petardo “Make Some Noise”.

Hard Legends Party VII: Comemorando o Dia Mundial do Rock em SPCinema: Filmes para quem ama Rock e Metal (Parte 1)

Imagem

Além de John, temos na formação atual o líder e fundador da banda, o guitarrista David Lowy, o baixista Marco Mendoza (THIN LIZZY, BLACK STAR RIDERS), o baterista Brian Tichy (WHITESNAKE, BILLY IDOL, FOREIGNER, OZZY OSBOURNE e atualmente também no OPERATION: MINDCRIME), e o mais recente membro, o monstro Doug Aldrich, guitarrista do WHITESNAKE.

Ou seja, trata-se de um verdadeiro “dream team” da música pesada, e que faz jus ao peso do nome de seus membros, em um trabalho excelente e altamente viciante.

Já na abertura, com o primeiro single do trabalho, “Long Way to Go”, temos a mostra de todo o poder de fogo da banda, como um hard/heavy direto e sem frescura, com forte influência dos anos 70 e 80, mas um clima moderno que faz toda a diferença.

E a banda segue nessa toada, variando entre momentos mais pesados e outros mais melódicos, com destaque ainda para “Song and Prayer”, “Make Some Noise”, “Freedom” (a mais “metálica” do álbum), “How Does it Fell” e “All the Same”, como destaque para as interpretações de John Corabe, um vocalista fantástico, e que tem fama de ser injustiçado, mas que por aqui mostra todo seu potencial.

Doug Aldrich também trouxe mais versatilidade para a banda, com seu estilo único de tocar, acrescentando muita qualidade ao material.

O álbum ainda traz dois covers, para “Fortuna Son”, do CREEDENCE, e “Join Together”, do THE WHO, que ficaram ótimos.

Um ótimo trabalho, de uma banda que tem tudo para ser a nova gigante do hard rock. Indispensável aos fãs do estilo!

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Make Some Noise – The Dead Daisies
(2016 – Shinigami Records)

Track List:

01. Long Way To Go
02. We All Fall Down
03. Song and a Prayer
04. Mainline
05. Make Some Noise
06. Fortunate Son (CREEDENCE CLEARWATER REVIVAL cover)
07. Last Time I Saw the Sun
08. Mine All Mine
09. How Does it Feel
10. Freedom
11. All the Same
12. Join Together (THE WHO cover)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Make Some Noise - Dead Daisies

The Dead Daisies: banda atinge outro nível com Corabi e Aldrich

Richie Kotzen e The Dead Daisies
Turnê pelo Brasil em junho

Hard Legends Party VII: Comemorando o Dia Mundial do Rock em SPRichie Kotzen e Dead Daisies: apresentações em julho no BrasilTodas as matérias e notícias sobre "Dead Daisies"

2016
Os 10 melhores discos de rock/metal do ano, por Igor Miranda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dead Daisies"

Cinema
Filmes para quem ama Rock e Metal (Parte 1)

Indústria musical
Sete coisas que um músico não quer ouvir

Já tem 20 anos!
Os dez melhores álbuns de metal de 1995

Rock Progressivo: Você sabe que está ouvindo demais quando...James Hetfield: "Você não iria gostar de mim se soubesse minha história"Cannibal Corpse: baterista fala sobre participação no Ace VenturaKiss: fã embriagado é preso e faz a alegria da políciaDez mitos sobre o metal: o problema dos estereótiposSlipknot: Seria IOWA o maior álbum do século 21?

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online