Whiplash.NetMenuBuscaReload

Lynyrd Skynyrd: Celebração recheada de clássicos

Resenha - One More For The Fans - Lynyrd Skynyrd

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Carlos Garcia
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Lynyrd Skynyrd:imperdível celebração Southern Rock. Gravado ao vivo no Fox Theatre, em Atlanta, no dia 12 de novembro de 2014, em um show estelar, cujo pacotão imperdível para os fãs de Southern Rock e Classic Rock, a Shinigami lança no Brasil, em CD duplo e DVD do show "One More for the Fans", onde diversos artistas e astros do Classic Rock e Southern, inclusive membros e ex-membros da banda, se reuniram para celebrar a música do Lynyrd Skynyrd, a maior lenda do estilo, além de um dos maiores expoentes do Classic Rock. Conta por exemplo com Cheap Trick, Peter Frampton, Gregg Allman, Allen Collins, Gov't Mule, AAron Lewis, e muitos outros, que se juntam a Ronnie Van Zant e companheiros para mandarem clássicos imortais do Lynyrd.

Lynyrd Skynyrd: banda acaba quando Gary Rossington sairRacismo: Gritar "Black Power" não é a mesma coisa que gritar "White Power"

Imagem

Temos então um verdadeiro deleite para os ouvidos, além de um autêntico presente e celebração para os fãs, e então já na abertura, no CD 1, para levantar desde já qualquer moral, "Whisky Rock-a-Roller", com Randy Houser; sendo quase impossível apontar destaques, Ronnie e companheiros se juntam a Aaron Lewis para levar "Saturday Night Special", em versão matadora, com destaque para os backings e metais; o Cheap Trick aparece com a pegada de "Gimme Back My Bullets"; Blackberry Smoke entra em cena para mandar "The Ballad of Curtis Love", que está no mais que clássico (!!) "Second Helping" (1974), onde também consta "Sweet Home Alabama", talvez o maior hino do Lynyrd; e ao Gov't Mule coube a missão de mandar "Simple Man", outra que não pode ser chamada menos que clássico, ou hino, em versão digna da original, uma canção sempre com alta carga de emoção.

No CD 2, tentando também apontar alguns destaques dentre tantos hinos, temos Peter Frampton executando "Call me the Breeze"; Donnie Van Zant (38 Special) e Charlie Daniels aparecem com "Down South Jukin"; e ninguém menos que Gregg Allman sobe ao palco para executar uma das mais ovacionadas, "Tuesday's Gone", que já foi "coverizada" por muita gente, inclusive o Metallica. Um dos momentos de maior emoção.

E as três peças finais o Lynyrd Skynyrd completo sobe para executar "Traveli'n Man", "Free Bird" e "Sweet Home Alabama", sendo que esta última contando com todo mundo no palco, um final simplesmente arrasador, apoteótico, e outros adjetivos que expressem grande emoção e alegria! he he

Imperdível, corra e adquira já o pacote completo com CD duplo e DVD e se deleite com esta celebração recheada de clássicos e grande músicos, tudo com a velha classe e sotaques sulistas do grande Lynyrd.

01. Whiskey Rock A Roller – performed by Randy Houser
02. You Got That Right – performed by Robert Randolph & Jimmy Hall
03. Saturday Night Special – performed by Aaron Lewis
04. Workin’ For MCA – performed by Blackberry Smoke
05. Don’t Ask Me No Questions – performed by O.A.R.
06. Gimme Back My Bullets – performed by Cheap Trick
07. The Ballad of Curtis Loew – performed by moe. & John Hiatt
08. Simple Man – performed by Gov’t Mule
09. That Smell – performed by Warren Haynes
10. Four Walls of Raiford – performed by Jamey Johnson
11. I Know A Little – performed by Jason Isbell
12. Call Me The Breeze – performed by Peter Frampton
13. What’s Your Name – performed by Trace Adkins
14. Down South Jukin’ – performed by Charlie Daniels & Donnie Van Zant
15. Gimme Three Steps – performed by Alabama
16. Tuesday’s Gone – performed by Gregg Allman
17. Travelin’ Man – performed by Lynyrd Skynyrd With Johnny and Ronnie – Ronnie on big screen
18. Free Bird – performed by Lynyrd Skynyrd
19. Sweet Home Alabama – performed by Lynyrd Skynyrd and the entire line-up

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de One More For The Fans - Lynyrd Skynyrd

Lynyrd Skynyrd: tributo ao maior nome do southern rock

Lynyrd Skynyrd
Vítimas de desastre aéreo fizeram homenagem à banda

Lynyrd Skynyrd: banda acaba quando Gary Rossington sair

Guitarra
Os melhores solos da história segundo a Guitar World

Sweet Home...
O mito da disputa Lynyrd Skynyrd x Neil Young

Supernatural
Ouça 10 músicas que marcaram a série

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de fevereiro de 2016

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Lynyrd Skynyrd"Todas as matérias sobre "38 Special"Todas as matérias sobre "Cheap Trick"Todas as matérias sobre "Allman Brothers"

Racismo
Gritar "Black Power" não é a mesma coisa que gritar "White Power"

Guitarra do futuro
Instrumento fabricado com impressora 3D

Corey Taylor
Não podíamos trabalhar junto com Jordison

Fotos de Infância: Simone Simons muito antes da famaAC/DC - Perguntas e RespostasPitty: pedindo fim do grito de "gostosa" durante os showsPower Metal: 10 clichês na guitarra em uma só músicaAlmah: Edu diz que já foi ameaçado por fãs de Andre MatosOzzy Osbourne: liderando lista de músicas sobre mães

Sobre Carlos Garcia

Antes de tudo sou um colecionador, que começou a cair de cabeça no Metal e Classic Rock quando o Kiss esteve no Brasil em 1983, a partir daí não parei mais. Criei fanzines, como o Zine Barulho, além de colaborar com outros zines e depois web zines e sites, como os saudosos Metal Attack e All the Bangers. Atualmente sou um dos editores e redator do Road to Metal. O melhor de tudo são as amizades que fazemos, além do contato e até amizade com alguns de nossos heróis.

Mais matérias de Carlos Garcia no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online