Brutallian: Investindo no Metal puro

Resenha - Blow On The Eye - Brutallian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

É simplesmente magistral sentir que a cena vem ganhando nomes que apostam no Metal em si mesmo, na sua faceta mais tradicional. É só sacar o que bandas como Primator e Hibria vêm apresentando, e o melhor de tudo, sem uma sonoridade datada e/ou muito menos socada no modernismo dos dias atuais.

Brutallian: Sonoridade clássica e modernaGuns N' Roses: Izzy tentou reunir banda original com Axl em 2012

Imagem

O Brutallian é mais uma banda dessa leva, que aposta no Heavy Metal em si, trazendo influências de Judas Priest, Primal Fear e Nevermore. Apesar dos nomes citados, o quarteto de São Luís/MA impõe sua própria identidade destilando músicas que fazem jus ao seu nome.

Apostando em uma produção de alto nível a cargo de Felipe Hyily, Cid Campelo e da própria banda, o Brutallian consegue atingir uma sonoridade que soa atemporal. Isto é, com timbres de qualidade, as composições soam cristalinas, mas não carregadas em excesso de artificialidade.

Com um belíssimo trabalho de guitarras onde riffs e solos se impõem categoricamente, a banda consegue variar nos ritmos, soar agressiva e melódica ao mesmo tempo. A cozinha é um show à parte com linhas de baixo que enfatizam o peso e uma bateria com pegada que dita o ritmo de forma dinâmica e com boas viradas.

O vocal de Pablo Barros é um show à parte. Bebendo em fontes como de Warrel Dane (Sanctuary, ex-Nevermore) e Tim Aymar (Pharaoh, ex-Control Denied), ele ainda consegue transitar entre o suave e o agressivo. Destaque para faixas como Black Karma, I, the Scoundrel e Pain Masterpiece. Vale lembrar que a banda tem um pé no Thrash Metal e isso se comprova em You Can’t Deny Hate. Muito bom!

https://www.facebook.com/brutallian
http://www.soundcloud.com/brutallian

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Blow On The Eye - Brutallian

Brutallian: Sonoridade clássica e modernaBrutallian: Um grande nível de excelênciaBrutallian: Puro Heavy Metal Tradicional com elementos do ThrashBrutallian: revelação do metal tradicional nacionalBrutallian: Melodias alegres? Não, aqui tem o puro Heavy Metal...

Brutallian: Sonoridade clássica e modernaTodas as matérias e notícias sobre "Brutallian"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Brutallian"

Guns N' Roses
Izzy tentou reunir banda original com Axl em 2012

Judas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal!

Slipknot
"Mash-up com Justin Bieber ficou foda", diz Corey

Metallica: Rock In Rio explica pane que ocorreu durante o showLemmy: "quando surge uma tentação, eu cedo imediatamente"Guns N' Roses: em vídeo, o momento em que Steven Adler tem que sair do palcoAndre Matos: Em 2013, explicando porquê não se reúne com o AngraRock para iniciantes: Kiss

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online