Drawers: Cada ouvida uma descoberta

Resenha - Drawers - Drawers

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Este segundo disco dos franceses do Drawers é aquele tipo de trabalho que a cada audição você gosta mais e descobre coisas novas. De longe não é um disco indigesto, mas não soa como a música mais acessível do mundo, já que a banda não aposta em uma sonoridade comum.
Guns N' Roses: paródia de capa para DVD no Rock In RioScorpions: Top 10 dos melhores álbuns, segundo os fãs

O que temos aqui é uma mescla de Sludge com Stoner Metal, mas que foge um pouco do comum, pois a banda não carrega climas tão ‘nebulosos’ e nem melancólicos em sua música. Podemos dizer que a sonoridade da banda transpira emoção, talvez devido à boa dose de melodia inclusa.

Sim, há guitarras com afinação baixa, um pouco sujas, além de baixo distorcido e uma bateria cheia de pegada. Mas, além dos diferenciais já mencionados, a banda possui ‘feeling’, coisa que muitas do estilo esquecem na hora de executá-lo. Outro fator interessante é que o cantor Niko Bastide varia entre roucos e limpos vocais, dando ainda mais qualidade ao trabalho.

Mourning, It's All About Love, Shadow Dancers e Words são os destaques, mas em se tratando de um disco de várias audições sempre surge uma favorita diferente em cada uma delas. Pode ser que o leitor estranhe o disco nas primeiras audições, mas insista que o trabalho é muito bom!

https://www.facebook.com/drawerskvlt?sk=info&tab=page_info...
http://drawerskvlt.bandcamp.com/

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Drawers"

Guns N' Roses
Paródia de capa para DVD no Rock In Rio

Scorpions
Top 10 dos melhores álbuns, segundo os fãs

Iron Maiden
Caipiras finlandeses fazem versão de "The Trooper"

Beatles: por que Tolkien vetou a versão de Senhor dos Anéis?Capas Assustadoras: Loudwire elege as Top 10 do MetalDavid Coverdale: "Sou eternamente grato ao Deep Purple"Capas Ridículas: LaWeekly elege as piores do Metal em 2014Iron Maiden: as capas dos álbuns, da pior para a melhor

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online