Dr. Living Dead: O Crossover vive!

Resenha - Crush The Sublime Gods - Dr. Living Dead

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Fundada em 2007 e oriunda da Suécia, a banda Dr. Living Dead chega ao seu terceiro álbum de estúdio ‘enganando’ muito bem. Não, não se assuste, o termo ‘enganando’ não foi pejorativo e sim pelo fato de a banda parecer ter surgido ali pelos idos de 1985 mais precisamente nos EUA.
Zakk Wylde: "Axl Rose é o ultimo dos grandes frontmen"Cordas de guitarra: como elas são vistas no microscópio?

Afinal, os quatro doutores não se enveredam por nenhum estilo particular da Suécia e sim destila um Crossover de primeira linha, nostálgico e inspiradíssimo nas bandas já citadas. Mas, vale ressaltar que a roupagem é bem atual, incluindo aí uma coesão e técnica de tirar o chapéu.

Com uma produção primorosa de Martin Jacobson, as composições contidas em “Crush The Sublime Gods” soam atemporais, mesmo carregando influências enraizadas e o grande trabalho das guitarras com riffs brilhantes é o principal fator empolgante do disco. Até porque os timbres foram muito bem escolhidos, não soando tão magras como é típico do estilo.

Sim, a cozinha é competente, e o baixo enfatiza o peso, tendo na bateria uma máquina ditadora de ritmos agressivos atravessados por algumas quebradas rápidas e interessantes. Refrãos fortes é outra marca registrada e a cada audição grudam mais na mente do ouvinte, condizendo com a boa dose de melodia.

Além da faixa título, Eternal Darkness of the Fucked Up Mind, Another Life e No Way Out são os destaques iniciais, porque a cada audição surgem mais músicas que chamam atenção. Não bastasse esse disco ser legal demais, o novo selo nacional Tellus Records o lançou por aqui. Está esperando o quê?

http://www.deathfuckingthrash.se/
https://www.facebook.com/drlivingdeadofficial

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Crush The Sublime Gods - Dr. Living Dead

Dr. Living Dead: Novo álbum é uma aula de thrash/crossover

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dr. Living Dead"

Zakk Wylde
"Axl Rose é o ultimo dos grandes frontmen"

Impressionante
Como são cordas de guitarra vistas no microscópio?

Journey
Steve Perry: "O solo de Schon foi o começo do fim!"

Led Zeppelin: O que a Rolling Stone achou do primeiro discoAirton Diniz - A coleção do editor chefe da Roadie CrewDúvida: o que é hard rock e o que é heavy metal quando falamos dos anos 1970?Phil Anselmo: Corey Taylor comenta a polêmica racista

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online