Draconis: Mais uma banda de qualidade vinda da Argentina

Resenha - Awakenning of the Deads - Draconis

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Mais uma banda de qualidade vindo da nossa vizinha Argentina, o Draconis é formado por Gerardo Vargas (vocal/guitarra), Bruno Vargas (guitarra), Marcos Villaroel (baixo) e Cesar Roman (bateria) e este “The Awakenning of the Deads” é o segundo trabalho da banda.
Gibson: os 10 riffs mais incríveis dos anos 80Tico Santa Cruz: algumas análises de músicas que não ouvimos

Ouvindo atentamente as composições, nota-se que o grupo assimila diversas influências dentro do Metal em geral. Desde o Metal tradicional, passando pelo Thrash Metal e Death Metal até o Black Metal, encontra-se elementos de todos esses estilos, com foco maior para o Metal extremo.

A banda usa uma dose considerável de melodia nas suas composições fazendo com que o resultado beire o Melodic Death Metal. Mas, o que encontramos aqui é algo a frente disso, sendo que a banda não possui uma pegada ‘modernosa’ como se é muito comum no estilo atualmente.

Com uma produção ‘orgânica’, o quarteto destila um bom trabalho de guitarras, sendo que a cozinha conduz músicas que possuem certo dinamismo mesmo com algumas quebradas muito bem encaixadas e mudanças de ritmos constantes. Tudo tendo vocais rasgados à frente, flertando ainda mais com Melodic Death Metal.

O mais interessante é que a banda não tenta trazer inovação, mas soa com uma identidade forte. Destaque para as composições Viper's Nest, Parasites, Echoes of Silence, One's Last Breathe e Searching End. Um bom trabalho!

http://draconisband.es.tl/
https://www.facebook.com/pages/DRACONIS/276466052390937?ref=...

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Draconis"

Gibson
Os 10 riffs mais incríveis dos anos 80

Tico Santa Cruz
Algumas análises de músicas que não ouvimos

Mike Portnoy
O outro lado da saída do Dream Theater

Tradução - Kill 'em All - MetallicaMúsica Fácil: três músicas em que o bumbo duplo é perfeitoKurt Cobain: filha presta tocante homenagem ao pai, que faria 50 anos hojeBlack and "Blues": a influência do lamento negro no Black SabbathYngwie Malmsteen: a pirataria matou a indústria musical

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online