Bloodshot Dawn: Dando um passo adiante

Resenha - Demons - Bloodshot Dawn

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
De Porthsmouth, Inglaterra, vem o Bloodshot Dawn, quarteto fundado em 2003 que inicialmente apostava em uma sonoridade que abrangia o Melodic Death/Thrash Metal. “Demons” é o segundo disco completo e quinto no geral, e com certeza estamos diante de um baita grupo.
NME: elegendo os 10 melhores frontmen do Heavy MetalAngra: Só falta um em foto de Confessori nas redes sociais

A banda se afastou um pouco de sua proposta antiga, dando um passo adiante, pois o que fazem atualmente é algo mais abrangente e técnico. Mesmo assim, a coesão, versatilidade e pegada estão ali, além da melodia que sempre foi marca registrada do Bloodshot Dawn.

Sim, a banda não inova muito, mas também não tenta soar assim ou assado, e o que temos em “Demons” é um trabalho de guitarras preciso, com ótimos solos cheios de melodias, um baixo potente e uma bateria que até exagera nos bumbos duplos, mas que possui massacrantes ‘blast beats’.

Ao mesmo tempo em que as composições possuem boa dose de melodia, podemos notar um clima caótico que fica evidente nos destaques Consequence Complex, Unified e Human Void que possui um refrão potente. Menção honrosa para a ótima produção. Belo petardo!

https://www.facebook.com/BloodshotDawn
http://www.reverbnation.com/bloodshotdawn

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bloodshot Dawn"

NME
Elegendo os 10 melhores frontmen do Heavy Metal

Angra
Só falta um em foto de Confessori nas redes sociais

Metallica
Trujillo e seus primos, membros de gangues

Sabrina Sabrok: uma roqueira com muito "talento"Slash: "Adele é uma injeção no braço da indústria"Twitter: contas que todo fã de rock deveria seguirUnlocking The Truth: no fundo eles eram somente crianças

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online