Bjarm: A extremidade do Metal sinfônico

Resenha - Imminence - Bjarm

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Mesmo com a internet facilitando a troca de arquivos e acesso ao material de bandas, a cena russa – que é muito prolífica – chega pouco aqui em nossas terras. Um fato infeliz, pois há bandas de muita qualidade, e uma delas é o Bjarm, sexteto oriundo de Severodvinsk.
Guns N' Roses: Izzy tentou reunir banda original com Axl em 2012Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal

O grupo investe em um Metal extremo sinfônico, que carrega desde elementos do Death e Black Metal (principalmente) até o Gothic Metal, sendo este último mais nos arranjos. Aliás, o gênero é bem difundido na Rússia, ou pelo menos parece ser, devido ao tanto de bandas que investem no Symphonic Metal vindas de lá.

O Bjarm aposta no peso de suas guitarras, com bases muito caprichadas, uma cozinha versátil e vocais que transitam do gutural ao rasgado com naturalidade e ainda contam (em alguns casos) com o apoio da vocalista Anastasiya Angie (também tecladista). Os arranjos nos remetem a orquestrações, assim como o Dimmu Borgir passou a fazer em sua fase mais recente, mesmo a sonoridade de ambas não tendo nada a ver.

Diríamos que o Bjarm está mais para uma linha Graveworm e Trail Of Tears, com menos melancolia em suas composições. Destaque para faixas como Ominous Dreams, The Nine Worlds, Fire Lord's Torment, Oracle e Secret of the Immortals, além da ótima produção e arte gráfica.

https://www.facebook.com/bjarmofficial
http://bjarm.bandcamp.com/

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bjarm"

Guns N' Roses
Izzy tentou reunir banda original com Axl em 2012

Judas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal!

Slipknot
"Mash-up com Justin Bieber ficou foda", diz Corey

Tradução - Kill 'em All - MetallicaMúsica Fácil: três músicas em que o bumbo duplo é perfeitoLars Ulrich: O rock pesado não se ajuda faz duas décadasÁlbuns: e se os rockstars mortos sumissem das capas?Guerra: batalha sangrenta parodiada nas capas de 8 álbuns de Rock

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online