Apocryphal Voice: Uma ode à versatilidade

Resenha - Pain and Pleasure - Apocryphal Voice

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O Apocryphal Voice vem da Finlândia e sua sonoridade é focada no Black Metal com incursões de Progressivo e Avant-gard, ou seja, algo que muitas bandas do estilo (principalmente na Europa) têm buscado atualmente. Na verdade, a ‘banda’ é um duo formado por J. Anton Jokisalo (vocal/guitarra/baixo/sintetizadores) e V. Salonen (bateria).
Kiss: Paul Stanley presta tributo a Jimmy PageAC/DC: Axl foi mal no ensaio, mas banda teve paciência

A qualidade das composições é incontestável, mas a produção que deixou o som abafado tirou um pouco do brilho do resultado final. Ainda mais em se tratando da sonoridade proposto, que requer algo mais límpido e detalhado, já que o som é versátil e variado.

Não espere músicas velozes e ríspidas o tempo todo, já que o que se encontra são composições até burocráticas, com alternâncias de ritmos e não tão digeríveis. Há também influências de Doom Metal, principalmente nos momentos arrastados e com inclusão de vocais limpos.

As faixas são longas, mas longe de serem cansativas, já que a variação faz com que soem interessantes. Destaque para As Fire Itself Dances e Waves of Transparency. Não fosse pela produção bem mediana, o disco ganharia mais pontos, porém, vale à pena dar uma conferida.

http://www.apocryphalvoice.net/
https://www.facebook.com/pages/Apocryphal-Voice/344573545632...

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Apocryphal Voice"

Led Zeppelin
Paul Stanley comenta a influência de Jimmy Page

AC/DC
Axl foi mal no ensaio, mas banda teve paciência

Polêmica
As músicas mais controversas da história do Rock

Ringo Starr: baterista ignora fãs em São PauloLemmy: "Uma virgem engravida de um espírito? É estúpido!"Não Se Engane: ‘Likes' no Facebook de uma banda são ilusãoThe Doors: Tocando "Stairway to Heaven". Verdade ou mito?COC: "James Hetfield queria Pepper Keenan no Metallica"

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online