Air Train: Hard Rock puro, com um toque de Iron Maiden

Resenha - AirTrain - AirTrain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Claudio Medina Junior
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

AirTrain é uma banda paulista de Hard Rock / Heavy Metal, formada no ano de 2012. Todos os seus 5 jovens integrantes fazem parte da Phantom Of The Beast, banda tributo ao Iron Maiden, e já são bem conhecidos pela galera. Pois bem, agora eles entram de vez no cenário de músicas próprias com este álbum homônimo, que é produzido pelo já conceituado Tito Falaschi. Aliás, há de se destacar inicialmente a produção deste album, pois pode se ouvir todos os instrumentos limpamente e com bastante clareza, material de alta qualidade.

Rock: as dez lendas mais macabras do gêneroUm por todos e todos por um: o making of de Led Zeppelin IV

Imagem
Existem muitas bandas que acabam engrenando somente a partir do segundo ou terceiro álbum, por vários motivos. Mas o fato é que a AirTrain já mostra a sua potência neste álbum de estréia, dentro da ideia de fazer um som com uma pegada Hard Rock, sem esquecer suas raízes do Metal Tradicional. Agora vamos falar do conteúdo musical, fazendo uma espécie de Track By Track.

Living For a Love já abre o álbum com um riff marcante e muita energia, que mostra a que veio esta banda. Temos aqui um refrão que eu classificaria como viciante, daqueles que na segunda vez que ouve já se pode facilmente cantar junto.

Back To War mantém a pegada hard rock, porém já com pitadas da donzela de ferro. A introdução até lembra um pouco a Be Quick Or Be Dead. O refrão cantado em coro também não pode deixar de ser destacado.

German Night vem na sequência, trazendo uma guitarra um pouco mais carregada, que vem acompanhada de uma linha de baixo muito competente. É preciso destacar também a habilidade do vocal, que vai mesclando vários timbres durante a música.

Road To The Sky é daquelas hard ballads que já nasce clássica, com cara e jeito de Scorpions, ao ouvi-la pode facilmente lembrar-se de sons como Still Loving You e Always Somewhere. Coisa linda esse som.

Shark Attack retoma a batida rápida do álbum. Nota-se na parte instrumental desta faixa uma pequena influência de Accept. Aqui o vocal novamente precisa ser citado por sua agilidade, e a bateria tem os seus momentos de destaque também.

Julianne tem uma levada mais cadenciada, mas não com menos poder sonoro. Guitarra e baixo são executados com muita qualidade. Destaque para o solo desta música.

Rock The Bones vem com um riff que lembra um pouco o Rush, mas é somente na abertura mesmo. O que temos aqui é um hard rock com muita energia, com direito até a um ''ôôô'' no refrão (quase uma Heaven Can Wait, influência do Maiden de novo). Faixa muito empolgante, pra mim uma das melhores do álbum.

Into My Soul vem só mostrar e comprovar toda a versatilidade da banda. Ela começa com um violão bem suave, mas vai aumentando o ritmo com o andamento da música, e do meio em diante a guitarra retoma seu posto principal e um belo solo faz encerrar o álbum em grande estilo.

Detalhe: ao final da última faixa não desligue ainda, aguarde uns 10 segundos e você terá uma surpresa. Há uma parte escondida, onde pode-se ouvir um pequeno trecho da Shark Attack, acompanhada de vozes e efeitos sonoros que farão você se lembrar de Aces High do Maiden, certamente!

Assim como muitos de vocês leitores, eu também prefiro coisas antigas quando se trata de bandas de Rock e Metal, mas a verdade é que nos dias atuais é preciso ter a mente um pouco mais aberta. Tem muita coisa boa rolando por aí, a cena rock/metal no Brasil tem ótimas bandas novas surgindo, é só filtrar bem que você vai encontrar. E definitivamente a AirTrain veio para ficar, guardem o nome desta banda, pois com certeza muito em breve eles estarão alçando vôos bem maiores.

Formação:
Caio Siriani - Vocal
Julio Machia - Guitarra
Arthur Santos - Guitarra
Guilherme Delmolin - Baixo
Ivan Rehder - Bateria

Tracklist:
1. Living For a Love
2. Back To War
3. German Night
4. Road To The Sky
5. Shark Attack
6. Julianne
7. Rock The Bones
8. Into My Soul

Links:
http://airtrainband.com/site/
https://www.facebook.com/AirTrainBand?fref=ts

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de AirTrain - AirTrain

AirTrain: Facilidade em mesclar Metal e Hard RockAirTrain: Hard rock intenso e diretão com elementos de metalAirTrain: resenha sobre novo álbum direto do Chile

Todas as matérias e notícias sobre "AirTrain"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "AirTrain"

Rock
As dez lendas mais macabras do gênero

Um por todos e todos por um
O making of de Led Zeppelin IV

Death
A avó do fã que foi sepultada com a camiseta da banda

Dave Mustaine: as diferenças entre o Megadeth e o AC/DCDerek Riggs: Top 10 das capas mais bonitas longe do Iron MaidenDimmu Borgir: Silenoz escolhe músicas para o HalloweenLetras Estúpidas 2: o mais tosco e vulgar no Rock nacionalAndreas Kisser: quem se importa com o que Max pensa?Roger Moreira: "Jovem é de esquerda quase que 100% porque o pai sustenta"

Sobre Claudio Medina Junior

Meu nome é Claudio, tenho 30 anos e moro em Santo André - SP. Sou cadeirante, formado em Gestão Ambiental e amante de Rock. Fã desde criancinha dos Guns N´ Roses (o original!), e atualmente ouvindo muito Heavy Metal, de Iron Maiden a Scorpions, passando por Avantasia e outras maravilhas. O Rock N´ Roll tá no sangue!

Mais matérias de Claudio Medina Junior no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online