Agnata Fides: Fazendo o diferencial nas Minas Gerais

Resenha - Agnata Fides - Agnata Fides

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O Agnata Fides descende da tradição extrema que surgiu no estado de Minas Gerais (das cinzas do Abyssum). Porém, seu som não se influencia tanto pelas bandas ali surgidas e traz em suas fieiras influências do Black Metal europeu com a inserção de alguns elementos a mais, o que faz de sua sonoridade muito interessante.
Slipknot: Corey Taylor redefine o termo "vergonha alheia"

Primeiro atentamos para a produção mediana do trabalho que pôs em risco a qualidade do disco. Afinal, oscila um pouco e deixou o timbre da bateria, principalmente na faixa Fly Beyond The Sky, ‘estranho’. Mas, não chega a ser algum ruim ou que atrapalhe a análise do trabalho.

Como o que interessa é o som, o Agnata Fides bebe em fontes como do DarkThrone e Emperor (começo de carreira) trazendo guitarras ríspidas, composições com alternâncias de ritmo e ótimos arranjos atmosféricos bastante influenciados por momentos do Burzum. Aliás, há um cover para Ea Lord of Depths da one-man-band de Varg Vikernes fechando o disco.

Voltando para as composições próprias, é exatamente quando a produção melhora que a banda se sai muito bem. Com climas angustiantes e melodias apocalípticas a banda se sai muito bem nas faixas Aurora Luciferiano (a melhor) e The Hand ov Satan (mais rústica e enraizada). Mais uma boa banda de Black Metal representando o Brasil.

https://www.facebook.com/AgnataFidesOficial
http://agnatafides.bandcamp.com/releases

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Agnata Fides"

Slipknot
Corey Taylor redefine o termo "vergonha alheia"

Cascavelletes
Uma inadequada "Eu Quis Comer Você" no Clube da Criança

Slash: um resumo de suas experiências ao longo dos anosTempo implacável: os rockstars também envelhecem parte 2Pink Floyd: dupla sertaneja desvirtua clássico da bandaLemmy: o verdadeiro Deus do Metal capturado em fotoAntes do Guitar Hero: os primeiros rockstars em video-games

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online