Dead Dark Slide: Capa estranha, livro estranho, som estranho

Resenha - I Am Dead - Dead Dark Slide

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 5

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Esse ‘livro’ já possui uma capa ruim, afinal a arte gráfica deste EP é terrível e o desenho da capa parece ter sido feito por uma criança de 7 anos de idade. Infelizmente a sonoridade não compensa como um todo este fator, já que a banda da Flórida (EUA) sofre com diversos problemas.
Dimebag: Rede de TV libera fotos inéditas da cena do crimeHumor involuntário: as resenhas de discos da Rock Brigade na década de 80

Em primeiro lugar a sonoridade escolhida pela banda é indigesta, afinal não para qualquer um utilizar na fórmula um Industrial Gothic Rock que agrade em cheio. Outro fator que pisou feio na bola foi a produção horrenda. Suja e instável bota praticamente todo jogo a perder.

Há alguns resultados interessantes como as faixas Your Blood Runs Red e Summer Never Ends (curiosamente as mais bem produzidas), porém digamos que são faixas medianas que possuem arranjos de teclados interessantes e de certa forma com uma linha Occult Rock.

Enfim, parece que a banda vem trabalhando em seu debut, e tomara que esses erros sejam consertados. Com certeza com uma melhor produção tudo irá melhorar, até as estranhas composições do grupo. Eu passo.

https://www.facebook.com/pages/Dead-Dark-Slide/4833727517581...
http://deaddarkslide.yolasite.com/

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dead Dark Slide"

Dimebag
Rede de TV libera fotos inéditas da cena do crime

Humor involuntário
As resenhas de discos da Rock Brigade na década de 80

Axl Rose
Recebendo os parabéns de Slash em seu aniversário

Vocalistas: conheçam algumas das maiores vozes do metal nacionalMetal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoKiss: reflexões de Paul Stanley sobre envelhecerSlayer: as fotos mais legais do Instagram da mulher de Kerry King

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online