Dune Hill: Honrando a nova safra do Hard Rock brasileiro

Resenha - White Sand - Dune Hill

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Só não vê quem não quer a quantidade de bandas ótimas da nova safra de Hard Rock brasileiro. Citando algumas: Killer Klowns, Still Living, Hard Desire, etc. E os recifenses do Dune Hill podem entrar nesta lista, já que, além de investir no estilo, o faz com qualidade e propriedade.
Ringo Starr: baterista ignora fãs em São Paulo

Formada em 2009, a banda até então havia lançado apenas um EP, “Big Bang Revolution”, de 2012. Este debut surpreende o ouvinte desde o início e não fossem as informações, eu juraria que se tratava de alguma formação gringa, pois nem sotaque o vocalista Leonardo Trevas deixa passar.

Os elementos que compõem sua música baseiam-se no Hard Rock, mas há facetas de Classic Rock e flertes com o Heavy Metal. Impressiona como tudo soa equilibrado, desde as bases de guitarras, solos melódicos na medida certa, cozinha consistente e um vocal influenciado por nomes como Jimi Jamison (ex-Survive) e Jeff Scott Soto (ex-Yngwie Malmsteen, Talisman).

Neste equilíbrio pode ser incluída a técnica da banda que destila composições bem estruturadas e que empolgam o ouvinte. Destaque para Miracles, Seasons e sua veia AOR vinda direto dos anos 80, além de Heroes e seu refrão festivo. Realmente uma das melhores surpresas do estilo em 2014. Fiquem atentos com a Dune Hill.

https://www.facebook.com/dunehill?fref=ts
https://soundcloud.com/dunehill

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dune Hill"

Ringo Starr
Baterista ignora fãs em São Paulo

Lemmy
"Uma virgem engravida de um espírito? É estúpido!"

Gibson: os 10 riffs mais incríveis dos anos 80Tico Santa Cruz: algumas análises de músicas que não ouvimosMike Portnoy: o outro lado da saída do Dream TheaterIron Maiden: "Dance of Death" é a capa mais feia? E a 2ª pior?Ozzy Osbourne: drogas, pombos, morcegos, Black Sabbath e Sharon

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online