Acefalia: Não se restringindo apenas ao Death Metal

Resenha - Estupro da Essência Humana - Acefalia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Poucas bandas arriscam fazer Death Metal com letras em português, e menos ainda se utilizam de temáticas que abordam a sociedade e suas patologias. O Acefalia, de Joinville/SC, faz exatamente isso e se sai muito bem na sua proposta, que pode não ser inovadora, mas é rara.
Nickelback: deveriam aprender a tocar com o Foo Fighters50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

Apesar do foco no Metal extremo a banda não se restringe a isso e se procurar dá pra achar elementos de Thrash Metal e Hardcore em sua música. Mas, os riffs mórbidos de guitarras, bateria veloz com muito ‘blast beats’ e um baixo potente dão à banda uma vaga no poderoso Death Metal mesmo.

A roupagem e a produção do trabalho passam longe da modernidade, sendo que as composições soam na maior veia ‘old school’ e a produção suja caiu como uma luva na sonoridade imposta. Os vocais guturais de Diego Mammoth são muito bons e poucas vezes vi alguém encaixar linhas em português tão bem no estilo.

Destaque para os ‘breakdowns’ de Não Pertenço a Este Mundo, Duas Caras e à faixa que dá nome à banda, mas, sinceramente, o disco todo merece menção, pois são composições de ótimo nível. O caso do Acefalia é que a banda não pode melhorar, senão estraga.

http://www.acefaliadeath.com.br/
https://www.facebook.com/acefaliadeath

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Acefalia"

Nickelback
Deveriam aprender a tocar com o Foo Fighters

50 a menos
Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

Oasis
Noel Gallagher acusa Green Day de plagiar "Wonderwall"

Arctic Monkeys: o significado de 505Dave Mustaine: "tocar com o Metallica foi purificador"Pantera: namorada de Dimebag fala mais sobre AnselmoMetallica: Lars queria ser Dave Lombardo, mas se contentou em ser Phil RuddMetallica: nove fotos de Lars Ulrich beijando colegas de bandaEleição nos EUA: as primeiras reações da comunidade musical à vitória de Trump

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online