WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Electric Age: Som retrô mas com características originais

Resenha - Good Times Are Coming - Electric Age

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fabio Reis
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Quando peguei em mãos o EP da banda paulistana Electric Age e coloquei o CD pra tocar, jamais poderia imaginar que a sonoridade das 6 faixas contidas fossem ser tão empolgantes. Sempre fui um apreciador assumido do Classic/Hard Rock feito nos anos 70/80 e o que escutamos aqui neste maravilhoso "Good Times Are Coming" é uma fusão perfeita de influências deste período com um toque generoso de modernidade.
Electric Age: musculosa estreia de southern rock norte-americanoDuff McKagan: 3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína

O Electric Age nasceu como uma banda tributo ao Deep Purple, mas com a qualidade técnica e a forte "química" que acabou surgindo entre os músicos, a vontade de criar músicas próprias tomou forma e acabou contagiando a banda.

Nas canções presentes no EP, o que podemos perceber é a não preocupação com rótulos. As músicas soam espontâneas e cada uma delas tem suas particularidades. A facilidade que o grupo encontra em caminhar por diferentes sonoridades dentro do mesmo estilo é absurda e digna de elogios.

Nota-se claras inspirações em bandas como Deep Purple, Van Halen, Blue Oyster Cult, Led Zeppelin, The Who, entre outras. O que se extrai de positivo nisso, é que as influências são levadas apenas como meras referências, o som do Electric Age, apesar de ser totalmente "Retrô" consegue ser, de certa forma, original e não se parecer com um clone das bandas citadas. Possuem uma característica bem própria de compor e o resultado é altamente satisfatório.

O álbum inicia com a Intro "Rise", que serve como uma ponte perfeita para "Snake Eater", energética, com bons riffs e ótimas vocalizações de Júnior Rodrigues, que por sinal, se destaca em todas as faixas, com muita técnica e um alcance excelente em notas altas. "Snake Eater" é também o primeiro video clipe da banda e é um ótimo cartão de visitas.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Na sequência temos "Echoes Of Insanity", com uma levada mais cadenciada e teclados muito bem encaixados, onde a "cozinha" formada pelo baixista Otavio Cintra e o baterista Rafael "The Boss" Nicolau é o grande destaque. "All Night Long", com toda certeza é um dos pontos altos do álbum e possui um refrão que gruda na cabeça, daqueles que o ouvinte escuta poucas vezes e já sai cantarolando.

A quinta faixa, "Dreamer", remete ao Deep Purple da fase "Perfect Strangers" e possui uma ótima melodia, com um riff marcante e um solo muito bom. A última canção é a faixa título "Good Times Are Coming", a melhor do registro na minha opinião, com um trabalho de guitarras excepcional de Luiz Felipe Cardim, cheia de variações, coros e uma sonoridade à lá Van Halen dos primeiros álbuns, ainda com David Lee Roth.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

O Electric Age com este EP, ganhou grande notoriedade e conseguiu se destacar no cenário nacional. Venceu o Desafio Monsters Of Rock e foi escalado para tocar no evento ao lado de nomes consagrados como Dr. Sin, Ratt, Whitesnake, Aerosmith e Queensryche.

A banda passou por um período de reestruturação após o festival e se encontra em processo de gravação de seu aguardado "Full Length". O Guitarrista Luís Felipe Cardim foi substituído por Eddie Oliver e o baixista Rafael Pontes vem tocando com o Electric Age até que um músico definitivo seja incorporado a banda. Na página oficial já foi anunciado o lançamento de um single para breve.

Que venha o primeiro álbum do Electric Age, com a mesma qualidade e desenvoltura deste EP "Good Times Are Coming". Altamente Recomendado.

Imagem

Faixas:

1 - Rise
2 - Snake Eater
3 - Echoes Of Insanity
4 - All Night Long
5 - Dreamer
6 - Good Times Are Coming

Integrantes:

Júnior Rodrigues - (Vocal)
Rafael Nicolau - (Bateria)
Luis Felipe Cardim - (Guitarra)
Otavio Cintra - (Baixo)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Good Times Are Coming - Electric Age

Electric Age: Quarteto paulista leva o ouvinte a voltar no tempoElectric Age: promessa cumprida no primeiro EPElectric Age: Merece se tornar destaque na cena metálica

Electric Age: musculosa estreia de southern rock norte-americanoTodas as matérias e notícias sobre "Electric Age"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Electric Age"

Duff McKagan
3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína, e mais...

Heavy Metal
10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhos

"One"
Descartes tinha cabelo comprido e só se vestia de preto

Peter Criss: arrependido de turnê de reunião sem AceBlind Faith: uma das capas mais polêmicas da históriaVocê sabe que o rock está moderninho quando...Angra: banda errou na escolha de Fabio Lione?The Runaways: destratadas pelo Rush nos anos 70

Sobre Fabio Reis

Paulista, 32 anos, Editor do Blog Mundo Metal, fã de Rock Clássico e Diversos subgêneros do Metal. Banda favorita: Megadeth. Conheceu o Rock ainda quando criança por intermédio dos pais (amantes de Beatles) e com 11 anos já ia na galeria do Rock comprar seus primeiros LP's, desde sempre fez do Metal seu estilo de vida e até os dias de hoje essa paixão pela música só aumenta.

Mais matérias de Fabio Reis no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online