Chestburster: Soando descompromissado em segundo álbum

Resenha - Ultimate Experience In Grueling Terror - Chestburster

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Segundo álbum deste trio inglês que emana descompromisso (no bom sentido). O que se ouve em “The Ultimate Experience In Grueling Terror” é uma clássica mescla de Grindcore/Hardcore e Punk Rock, como se os sujeitos estivessem tocando em uma garagem num ensaio.
Spin: os 40 melhores nomes de bandas de todos os temposNinguém é perfeito: os filhos "bastardos" de pais famosos

Inclusive a produção nos remete a isso fazendo com que guitarras agudas e sujas sirvam de base para um som dinâmico e sem cerimônias. A cozinha segue a cartilha e um pouco mais (ou menos?), já que contamos apenas com a bateria, que dá um ritmo agressivo, mas também possui estranhos timbres.

Destaque para faixas como Who Will Survive and What Will Be Left Of Them?, Fuel Injected Suicide Machine e seu ritmo insano, além de Twitch Of The Death Nerve e sua pegada extremamente Grindcore.

São 12 faixas distribuídas em míseros 14 minutos. A ‘tosquice’ impera propositalmente no trabalho e irá agradar em cheio aos fãs do mais desleixado e podre gênero do underground. Já os mais exigentes não irão engolir tão fácil.

https://www.facebook.com/ChestbursterUK?fref=ts
http://chestburster.bandcamp.com/album/the-ultimate-experien...

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Chestburster"

Motorhead
Escolhido o nome de banda mais legal pela Spin

Ninguém é perfeito
Os filhos "bastardos" de pais famosos

Dave Mustaine
Aquela foi a pior "Master of Puppets" que ele já ouviu

Metallica: as 10 melhores músicas segundo a LoudwireOzzy Osbourne: Faixa retirada do Youtube volta da melhor forma possívelHeavy Metal: signos do zodíaco em versão metalAC/DC: disco vendido por mais de mil dólares no eBayRush: tênis de Neil Peart é feito no Rio Grande do SulBon Jovi: Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atriz

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online