WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Athar: A estreia da banda de Metalcore de Campina Grande

Resenha - Athar - Athar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por João Dias
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O Brasil virou, sem dúvidas, um celeiro para o gênero metalcore. Muitos "oldschool", tanto do lado do metal como do "core" (hardcore, para ser explícito) dizem algo óbvio: moda, ou de maneira mais detratora, "modinha". Sim, admito como escritor dessa review que não sou muito fã do gênero, mas a banda Athar de Campina Grande mostra um som muito bem feito e com diversas características do gênero, com complementações bem sacadas de hardcore clássico e punk, principalmente nos vocais mais limpos.
Peter Criss: arrependido de turnê de reunião sem AceBlind Faith: uma das capas mais polêmicas da história

Óbvio que a primeira influência que percebe-se na banda é o AS I LAY DYING, mas como muitas bandas do gênero, eles incorporaram elementos do Screamo, como se percebe já na música "Súplicas", ainda que com muitas linhas geniais de baixo e arranjos bem sacados na guitarra. A faixa "Lembranças" tem todos os elementos que me lembraram o álbum "The Changing Of Times" da banda UNDEROATH.

"Minha Alma", numa versão mais aperfeiçoada da versão demo de mesmo nome, é uma das mais criativas, pois os vocais limpos no refrão "não desistirei, não faço assim, lutarei até o fim, sei que existe alguém que pode me dar a salvação" é muito mais na linha do hardcore melódico, diferenciando muito do metalcore comumente feito atualmente pela maioria das bandas.

Já "Meus Planos" é a mais atual de todas, infestada de breakdows e no refrão, o back-vocal acompanha com os gritos comuns do screamo. A música entretanto traz consigo elementos impressionantes do hardcore melódico e do heavy metal (principalmente no solo genialmente bem executado). O EP finaliza com "Redenção", uma faixa bônus vinda de um single lançado pela banda em 2011 e que traz consigo elementos que a banda estava começando a trabalhar e que aperfeiçoariam ao longo dos anos, numa sonoridade que me remeteu rapidamente ao DEMON HUNTER, a exceção do fim da faixa, com elementos do breakdown, que me lembraram logo SEVENTY TIMES SEVEN e FOR TODAY.

Enfim, é uma banda com diversas influências do som atual, e que inclusive está se renovando, prometendo uma renovação sonora a partir desse ano, com elementos do groove metal, na linha do LIVING SACRIFICE e do LAMB OF GOD. Aguardo ansiosamente, haja vista que a EP deles me animou bastante no quesito qualidade sonora. A arte de capa é um detalhe a parte, muito bem desenhada, tenho pra mim que uma referência à música "Súplicas" ou uma releitura da arte da demo "Minha Alma".

Formação no EP:

Flávio - vocal
Welton - Guitarra
Edy- Baixo
Yuri- Guitarra
Ramon - Bateria

Track List:

1 - Súplicas
2 - Lembranças
3 - Minha Alma (nova versão)
4 - Meus Planos
5 - Redenção (Faixa Bônus)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Athar"

Kiss
"Ace não estava lá! Aquela não era a banda original!"

Blind Faith
Uma das capas mais polêmicas da história do rock

Humor
Você sabe que o rock está moderninho quando...

Courtney Love: "Essa música é sobre minha vagina, sabia?"Pizza: como ser True-Metal-From-Hell na hora de pedir umaRockstars: os piores empregos antes da famaThrash Metal: os 10 álbuns essenciais dos anos 80Zakk Wylde: "o AA é uma viadagem, uma frescura!"Top 10: bandas importantes com menos de 10 discos lançados

Sobre João Dias

Nascido em Pernambuco, licenciado em história pela UFPE. O rock’n roll entrou em sua vida ainda criança, mas somente na juventude passou a se dedicar como músico, divulgador de eventos, e ajudando a cena underground pernambucana e do Nordeste em geral, sendo redator de sites como Metal Land, Metal Cristão, Cristianismo e Underground, Mortifination e, claro, Whiplash.Net. Contatos através do seu site Christian Underground Pernambuco.

Mais matérias de João Dias no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online