Artillery: Mais um petardo dos reis do Thrash dinamarquês

Resenha - Legions - Artillery

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Mais um grande nome que a gravadora nacional Shinigami Records distribui aqui no Brasil, para deleite dos ‘thrashers’ mais saudosistas. O Artillery tem mais de 30 anos de carreira e lançou clássicos como os álbuns “Fear Of Tomorrow” (1985) e “Terror Squad” (1987).
Guitarristas: E se os mestres esquecessem como se toca?Turisas: vocalista reclama da cerveja brasileira em show

A banda nunca teve o merecido reconhecimento, mesmo fazendo relativo sucesso na cena underground. Sempre comandada pelos irmãos dinamarqueses Morten e Michael Stützer, a banda frequentou a chamada segunda linha do Thrash Metal europeu. Apesar de diversas pausas durante sua carreira, este é o 7º lançamento do grupo, o primeiro com o vocalista Michael Bastholm Dahl.

Ao por a bolacha pra rodar, de cara identifica-se os tradicionais e característicos riffs dos irmãos Stützer. Impressiona como eles criaram propriedade em suas guitarras, mantendo a aura de sempre sem soar datado. Até porque os timbres continuam os mesmos, porém com uma ótima produção, a cargo de Soren Andersen, no Medley Studio. As clássicas palhetadas nervosas se fazem presentes em quase todas as faixas.

A cozinha formada por Josua Madsen (bateria) e pelo baixista Peter Thorslund não deixa por menos e dá peso e sustentação suficientes. Tudo com uma boa dose de melodia, algo que a banda chegou a apresentar no terceiro álbum “By Inheritance” de 1990. Aliás, a sonoridade do novo disco lembra muito bem mais esse clássico da banda.

O novo vocalista Michael Bastholm Dahl foi um grande achado. Com um vocal melódico em alguns momentos e outros mais agressivos, acabou dando certa liberdade e versatilidade à banda que em alguns momentos sofre até influência do Hard Rock, mas (graças aos deuses) sem perder o peso típico. Não vou ser injusto destacando apenas algumas faixas. Ouça tudo!

http://artillery.dk/
http://www.facebook.com/ARTILLERY.DK

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Artillery"

Heavy Metal
As piores capas dos grandes artistas do gênero

Thrash Metal
As 10 melhores baladas de bandas do gênero

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Artillery"

Guitarristas
E se os mestres esquecessem como se toca?

Turisas
Vocalista reclama da cerveja brasileira em show

AC/DC
Axl foi mal no ensaio, mas banda teve paciência

Orange.co.uk: site lista os rockstars mais controversosSlipknot: "Coldplay faz música para limpar a bunda"Charlie Brown Jr: Filho de Chorão conta sobre treta com Marcelo CameloCreed: suicídio, alcoolismo e abuso na infânciaStage Dive: os saltos mais épicos e insanos do rockDeep Purple: "amo estar numa banda", diz Glover

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online