Behemoth: Um retorno brutal e introspectivo a suas origens

Resenha - Satanist - Behemoth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Sem dúvida o BEHEMOTH é uma das bandas mais proeminentes da música pesada dos últimos anos. E desde o álbum “The Apostasy”, a popularidade da banda vêm crescendo absurdamente, uma vez que foi com este trabalho que os caras conseguiram consolidar-se mundialmente, com uma sonoridade única e instigante. Posteriormente, com o lançamento de “Evangelion”, a banda atingiu um público ainda maior, chegando ao ápice do desenvolvimento de sua sonoridade.
Nergal: tocar guitarra bem é como satisfazer sua namoradaIron Maiden: "Eddie precisa de um quiroprático"

Contudo, devido aos problemas de saúde do líder Nergal, a banda acabou ficando ociosa por um longo período de tempo, mas agora retorna com tudo com um novo disco matador, o inspirado “The Satanist”, que representa uma volta às origens brutais da banda.

Deixando um pouco de lado o clima épico e bombástico de seus últimos discos, e apostando em algo mais direto, brutal e orgânico, os poloneses criaram nove faixas diretas, cruas e excelentes, em um trabalho que entra facilmente entre os melhores de sua discografia, em posição de destaque.

Imagem

O clima pesado e introspectivo está presente em todas as faixas, o que denota o período sofrido pelo qual seu líder passou, e que se percebe também nas letras do álbum, com forte carga emocional e introspectiva, tratando de um verdadeiro manifesto de um homem livre sem apego a religiões ou dogmas, e que cria suas próprias perspectivas e segue seus próprios caminhos.

Variando entre momentos arrastados e outros mais rápidos, com vários blast beats, “The Satanist” é uma verdadeira obra prima do extremismo sonoro, e desde a primeira audição é perceptível que faixas como “Furur Divinus”, “The Satanist”, “In the Absense ov Light” e “Ora Pro Nobis Lucifer” (a melhor do disco, e sem dúvida uma das melhores faixas já compostas pela banda) têm todos os atributos para se tornarem clássicos imediatos do death/black metal.

A versão deluxe do álbum, que vem em um dos digibooks mais lindos que já vi, traz ainda um DVD bônus, com um filme bem dark e carregado que trata da concepção do álbum, e um show completo da banda, com mais de 70 minutos, denominado “Live Barbarossa”, com gravação profissional, mas sem opção de áudio 5.1.

Realmente um trabalho desafiador, instigante e de muita qualidade, que tem tudo para alavancar ainda mais a carreira dos poloneses. Agora é torcer para que Nergal se mantenha sempre saudável, para poder continuar criando boa música, para alegria geral de seus fãs;

The Satanist - Behemoth
(Metal Blade – Importado)

DISC 1 - CD
01. Blow Your Trumpets Gabriel
02. Furor Divinus
03. Messe Noire
04. Ora Pro Nobis Lucifer
05. Amen
06. The Satanist
07. Ben Sahar
08. In the Absence ov Light
09. O Father O Satan O Sun!

DISC 2 - DVD
01. "Live Barbarossa" 70 Minute Live Concert
02. "The Satanist: Oblivion" 25 Minute "Making of" Documentary

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Nergal
Tocar guitarra bem é como satisfazer sua namorada

Behemoth: nova faixa do projeto Me and That Man onlineLoudwire: as dez bandas mais demoníacas de todos os temposSlayer: veja o trailer da turnê com Behemoth e Lamb Of GodRock e Metal: os dez músicos mais intimidadoresBehemoth: nova música do projeto Country/Blues de NergalTodas as matérias e notícias sobre "Behemoth"

Justin Bieber
Convidado para participar de show do Dark Funeral

Behemoth
Ser cristão e curtir metal é louco

Metal
Em vídeo, 10 bandas satanistas de fato

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Behemoth"

Iron Maiden
O dia em que Eddie perdeu a cabeça em pleno palco

Courtney Love
"Essa música é sobre minha vagina, sabia?"

Slayer
King não entende como alguém quer entrar no Megadeth

Black Sabbath: os vocalistas misteriosos da bandaNo Flight 666: todas as suspeitas caem sobre Nicko McBrainSlipknot: Demissão de Joey Jordison foi a decisão mais difícil da carreiraRobert Johnson: Eu e o Diabo Que Me CarregueDave Mustaine: Ellefson é o baixista, Kiko é o meu braço direitoIron Maiden: set-lists de todas as turnês até 2012

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online