WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Alice Cooper: Um voo alto e quase sem turbulências

Resenha - Welcome To My Nightmare - Alice Cooper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Neimar Secco
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Depois de uma curta mas intensa e bem-sucedida jornada com sua banda, Alice Cooper alça seu primeiro voo solo. E foi um voo alto (porém, não como o de Ícaro) – e quase sem turbulências.
Rock in Rio: Arthur Brown participará do show de Alice Cooper

O ano de 1973 foi crucial para a carreira de Alice Cooper. Ele e sua banda chegaram a um nível de profissionalismo, de fama e de prestígio que pareciam apenas indícios de que seriam uma das principais bandas de toda uma década que ainda estava no começo. Infelizmente, foi nesse ano que se tentou fazer da banda uma ‘máquina de fazer dinheiro’. Não que isso fosse indesejado. Sucesso e grana todos queriam, inclusive (ou principalmente) os integrantes do Alice Cooper Group.

Mas o desfecho lógico não aconteceu. Depois da breve turnê pela América do Sul entre março e abril de 1974, a banda não mais se reuniu para gravar ou fazer shows. E foi nesse intervalo que Alice concebeu, junto a Bob Ezrin e Dick Wagner, seu primeiro e ótimo projeto solo: Welcome To My Nightmare.

Imagem

Logo de início foi um projeto ambicioso, já que juntamente com o álbum foi realizado um especial para a TV, com participação do astro dos filmes de terror Vincent Price -- que participa também do álbum na emblemática faixa The Black Widow. (Aliás, quase uma década depois, dois outros grandes astros da música tomaram carona nessa ideia de Alice, já que Price fez participações especiais em “The Number Of The Beast”, faixa título do álbum lançado pelo Iron Maiden em 1982, bem como, Michael Jackson contou com sua presença também na faixa título do seu álbum lançado nesse mesmo ano, Thriller).

Alice Cooper e Vincent Price no especial para a TV, The Nightmare

Welcome To My Nightmare abre de uma forma inusitada para um álbum de hard rock: apenas o violão de Dick Wagner e Alice praticamente sussurrando os versos iniciais da música:

Welcome to my nightmare (Bem-vindo ao meu pesadelo)
I think you're gonna like it (Acho que você vai gostar)
I think you're gonna feel you belong (Acredito que se sentirá parte dele)
A nocturnal vacation (Umas férias noturnas)
Unnecessary sedation (Sedação desnecessária)
You want to feel at home 'cause you belong (Você quer se sentir em casa porque faz você parte)
Welcome to my nightmare, whoa (Bem-vindo ao meu pesadelo, whoa)

Imagem

e prossegue:

Welcome to my breakdown (Bem-vindo ao meu colapso)
I hope I didn't scare you (Espero não tê-lo assustado)
That's just the way we are when we come down (É assim mesmo que ficamos quando descemos)
We sweat and laugh and scream here (Nós suamos e rimos e berramos aqui)
'Cause life is just a dream here (Porque a vida é apenas um sonho aqui)
You know inside you feel right at home here (Você sabe que por dentro você se sente exatamente como em casa)
Welcome to my breakdown , whoa (Bem-vindo ao meu colapso)
You're welcome to my nightmare, yeah (Você é bem-vindo ao meu pesadelo, yeah)

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Imagem

O álbum descreve a ‘viagem’ de Steven por seus pesadelos. Steven vive sua infância com a mãe, atormentado por pensamentos e lembranças fantasiosas, cercado por amigos imaginários e, já adulto, traumatizado por um crime (imaginário ou real?) em que se vê acordar de seu sonambulismo, após matar sua mulher (em sonho, na realidade?) Que essa dúvida permeie também a imaginação e angustie seus ouvintes. Afinal, não é isso que se espera de Alice Cooper?

A primeira escala do pesadelo do nosso personagem é Devil’s Food, faixa que tem como destaque as guitarras de Steve Hunter e de Dick Wagner, que é coautor de todas as faixas do álbum, embora seu nome não seja creditado como um dos autores da faixa de encerramento, Escape.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Gettin' ready for the lady (Preparando-se para a dama)
She's gonna be a treat (Ela será um deleite)
Simmer slightly 'til ready (Deixe ferver levemente até estar pronta)
Make her soft too, make her sweet (Deixe-a macia também, deixe-a doce)

I kiss the tears off from your chest (Eu beijo as lágrimas direto de seu peito)
I felt the poison fright that's in your breath (Senti o medo do veneno que vem do seu hálito)
I knew your precious life and I know your death (Conheci sua vida preciosa e conheço sua morte)
I squeeze the love out of your soul (Espremo o amor que sai de sua alma)
All the perfect love that's in your soul (Todo o amor perfeito que está em sua alma)
You're just another spirit on parole (Você é apenas mais um espírito em liberdade condicional)
Devil's food (Alimento do diabo)
Devil's food
Devil's food

“Devil’s Food” funciona como um gancho ou introdução para “The Black Widow” que começa com um longo monólogo de Vincent Price enquanto a banda toca em segundo plano a bela melodia da música tema da aranha viúva negra.
Vincent Price Monologue:
Leaving lepidoptra - please, don't touch the display, little boy, oh cute!
(Deixando os lepidópteros – por favor não toque na vitrine, garotinho, ah, bonitinho!)
Moving to the next aisle we have arachnida, the spiders, our.. finest collection.
(Indo até o próximo corredor, temos aracnídeos, as aranhas, nossa.. coleção mais refinada).
This friendly little devil is the heptothilidi, unfortunately harmless.
(Este simpático demoniozinho é o heptothilidi, infelizmente inofensivo).
Next to him, the nasty licosa raptoria, his tiny fangs cause creeping ulcerations of the skin *laugh*.
(Ao seu lado, a perversa licosa raptorial, suas pequeninas presas causam úlceras de pele rastejantes (risos)).

And here, my prize, the Black Widow. Isn't she lovely?.. and so deadly.
(E aqui, o meu prêmio, a Viúva Negra, não é linda?... e tão mortal)
Her kiss is fifteen times as poisonous as that of the rattlesnake.
(Seu beijo é quinze vezes mais venenoso que o da cascavel).
You see her venom is highly neurotoxic,
(Veja, seu veneno é altamente neurotóxico),
which is to say that it attacks the central nervous system
(o que quer dizer que ele ataca o sistema nervosa central)
causing intense pain, profuse sweating, difficulty in breathing,
(causando dor intensa, suor abundante, dificuldade de respirar),
loss of consciousness, violent convulsions and, finally.. death.
(perda de consciência, violentas convulsões e finalmente… a morte).
You know I think what I love the most about her is her inborn need to dominate, possess.
(Sabe, acho que o que eu mais amo nela é sua necessidade inata de dominar, possuir).
In fact, immediately after the consummation of her marriage to the smaller and weaker male of the specie she kills and eats him - *laugh*
(De fato, imediatamente após a consumação de sua união com o o menor e mais frágil macho da espécie, ela o mata e come (risos)).
oh, she is delicious.. and I hope he was!
(oh, ela é deliciosa. E espero que ele também fosse!)
Such power and dignity - unhampered by sentiment.
(Tal poder e dignidade desenrolados pelo sentimento).
If I may put forward a slice of personal philosophy,
(Se eu puder propor um pouco de filosofia pessoal)
I feel that man has ruled this world as a stumbling demented child-king long enough!
(Sinto que o Homem já governou este mundo como um rei cambaleante e demente por tempo suficiente!)
And as his empire crumbles, my precious Black Widow shall rise as his most fitting successor!
(E conforme seu império desmorona, minha preciosa Viúva Negra se erguerá como sua sucessora mais apropriada!)

Esse monólogo de Vincent Price é um texto intitulado "Jolly MacAmbre Tour Guide at the Pasadena Palace of Insects". (O Guia de Passeio de Jolly MacAmbre no Palácio de Insetos de Pasadena).

Imagem

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

The Black Widow

These words he speaks are true (Estas palavras que ele diz são verdadeiras)
We're all humanary stew (Somos todos um picadinho de humanos)
If we don't pledge allegiance to.. (Se não jurarmos lealdade…)
The Black Widow (À viúva negra)
The horror that he'll bring (O horror que ela trará)
The horror of his sting (O horror de sua ferroada)
The unholiest of kings… (O mais profano dos reis)
The Black Widow (A viúva negra)
Our minds will be his toy (Nossas mentes serão seu brinquedo)
And every girl and boy (E toda garota e todo garoto)
Will learn to be employed... (Aprenderão a ser empregados (da))
The Black Widow (Viúva Negra)
Love me (yes we love me) (Me ame (sim nós ‘me’ amamos))
Love him (yes we love him) (Ame-o (sim, nós o amamos))
Love me (yes we love him)
He sits upon his throne (Ela senta em seu trono)
And picks at all the bones (E recolhe todos os ossos)
Of his husbands and his wives he's devoured (De seus maridos e das esposas dele que ele devorou)
He stares with a gleam (Ela olha fixamente com um clarão)
With a laugh so obscene (Com uma risada tão obscena)
At the virgins and the children he's deflowered (Para as virgens e as criancas que ela deflorou)
Love me (yes we love me)
Love him (yes we love him)
Love me (yes we love him)
Our thoughts are hot and crazed (Nossos pensamentos são quentes e loucos)
Our brains are webbed in haze (Nossos cérebros ficam ligados como teias de aranha)
Of mindless senseless daze (De torpor sem sentidos e sem opinião)
The Black Widow (A Viúva Negra)
'Cause words he says are true (Porque as palavras que ele diz são verdadeiras)
We're all humanary stew (Somos todos picadinho de humanos)
If we don't pledge allegiance to (Se não jurarmos lealdade)
The Black Widow (À Viúva Negra)

O pesadelo continua com uma das várias músicas que, de certa forma, são autobiográficas, já que “Some Folks” retrata o distúrbio emocional, quase esquizofrênico de um viciado. No caso, Alice estava cada vez mais dominado pelo alcoolismo. E sua interpretação dessa música nos dá alguma noção do que é estar dominado assim por um vício.

Imagem

Some Folks
Some folks love to see red (Algumas pessoas adoram enxergar em vermelho)
Some folks never talk about it (Algumas pessoas nunca falam sobre isso)
Some folks crave a blue lady (Algumas pessoas imploram uma joaninha azul)
Some folks know and still they doubt it (Algumas pessoas sabem e ainda duvidam)
I'm just no good without it (Simplesmente não sou bom sem ela)
I'm not a man at all (Nem sou um homem)
It makes my skin crawl (Ela me faz rastejar em pele)
Baby, baby
Come on and save me, save me, (Venha me salvar)
My, my baby, baby,
Come on and save me now (Venha me salvar agora)
Some folks love to feel pain (Algumas pessoas nem sentem dor)
Some folks wake up every mornin' (Algumas pessoas acordam todas as manhãs)
Some folks live for no reason (Algumas pessoas não vivem por nenhum motivo)
Some folks die without a warning (Algumas pessoas morrem sem avisar)

(...)

I just can’t (Simplesmente não consigo)
I just can’t
No, I can’t (Não, não consigo)

Um destaque dessa música é seu arranjo bem apropriado a um musical da Broadway.

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Imagem

Em seguida temos a balada que se tornou o grande hit do álbum, “Only Women Bleed”. Alice escreveu a letra em cima de uma música composta em 1968 por Dick Wagner para a sua banda da época, The Frost. A balada acabou se tornando um “hino feminista”, regravado por várias cantoras ao redor do mundo, incluindo Tina Turner, Lita Ford, Etta James e Laura Fygi.

Man got his woman to take his seed (O homem tem sua mulher para pegar sua semente)
He got the power - oh, she got the need (Ele tem a força – oh, ela tem a necessidade)
She spends her life through pleasing up her man (Ela passa toda a sua vida agradando a seu homem)
She feeds him dinner or anything she can (Ela faz para seu jantar qualquer coisa que ela possa)
She cries alone at night too often (Ela chora sozinha em casa muitas vezes)
He smokes and drinks and don't come home at all (Ele fuma e bebe e não volta para casa)

Only women bleed (Só as mulheres sangram)
Only women bleed
Only women bleed
Man makes your hair gray, he's your life's mistake (O homem te deixa com cabelos grisalhos, ele é seu ultimo erro)
All you're really lookin' for is an even break (E tudo que você procura é um descanso)
He lies right at you, you know you hate this game (Ele mente para diretamente você, você sabe que odeia esse jogo)
He slaps you once in a while and you live and love in pain (Ele bate em você de vez em quando e você vive entre o amor e a dor)
She cries alone at night too often
He smokes and drinks and don't come home at all

Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Man got his woman to take his seed
He got the power - oh, she got the need
She spends her life through pleasing up her man
She feeds him dinner or anything she can
She cries alone at night too often
He smokes and drinks and don't come home at all
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Black eyes all of the time (Olhos roxos o tempo todo)
Don't spend a dime (Não gasta nem dez centavos)
Clean up this grime (Limpa essa sujeira)
And you there down on your knees begging me please (E você ali, de joelhos, implorando, por favor)
Come watch me bleed (Venha me ver sangrar)
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed
Only women bleed

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

A segunda parte do álbum começa com Department Of Youth. Se não uma representação de pesadelo pessoal ou coletivo, uma autocelebração de Alice como ídolo juvenil da época:

Department Of Youth

We're in trouble all the time (Ficamos em apuros o tempo todo)
You read about us all in the papers (Você lê sobre todos nós nos jornais)
We walk around and bump into walls (Perambulamos e topamos com paredes)
A blind delegation (Uma delegação cega)
And we ain't afraid of high power (E não tememos o alto poder)
We're bullet proof (Somos à prova de bala)
And we've never heard of Eisenhower (E nunca ouvimos falar de Eisenhower)
Missile power, justice and truth (Poder do míssil, justiça e verdade)
We're the Department of Youth (Somos o departamento da juventude)
Your new Department of Youth (Seu novo departamento da juventude)
We're the Department of Youth
Just me and youth (Só eu e a juventude)
We talk about this whole stupid world (Falamos desse mundo todo tão estúpido)
And still come out laughing, ha (E ainda saímos rindo)
We never make any sense (Nunca fazemos nenhum sentido)
But hell that never mattered (Mas, que diabos, isso nunca importou)
But we'll make it through our blackest hour (Mas nós atravessaremos nossa hora mais negra)
We're living proof (Somos provas vivas)
And we never heard of Billy Sunday (E nunca ouvimos falar de Billy Sunday_
Damon Runyon, mad as a cout (Damon Runyon e loucos como um (?))
We're the Department of Youth
Your new Department of Youth
We're the Department of Youth
Just me and youth
We're the Department of Youth
The new Department of Youth
We're the Department of Youth
The new Department of Youth
We're the Department of Youth, ah
We got the power (Nós temos o poder)
We're the Department of Youth, ah
We got the power
We're the Department of Youth, ah
We got the power
(Alice: Who's got the power?) (Quem tem o poder?_
(Children: We do!) (Nós temos!)
(…)

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Imagem

Imagem

Cold Ethyl vem a seguir e Alice mais uma vez nos apresenta seu lado mais irreverente, já que é uma música que trata de necrofilia. O personagem de Alice “se relaciona” com o ser frio e inanimado que não tem nada a dizer, não interage, não cobra, mas também não tem nada a dar em troca. Um pedaço do pesadelo de Steven?

One thing I miss is Cold Ethyl and her skeleton kiss (Uma coisa que me faz falta é Cold Ethyl e seu beijo de esqueleto)
We met last night making love by the refrigerator light (Nos encontramos a noite passada fazendo amor ao lado da luz da geladeira)
Ethyl Ethyl let me squeeze you in my arms (Ethyl, Ethyl, deixe-me apertá-la em meus braços)
Ethyl Ethyl come and freeze me with your charm (Ethyl, Ethyl, venha e me congele com seu charme)
(…)

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Alice e John Lennon, amigos de bebedeira nos Hollywood Vampires

Imagem

O guitarrista e parceiro de composições Dick Wagner, grande destaque na realização do álbum e da turnê

Imagem

A partir de agora, Steven retorna de forma mais evidente ao nosso pesadelo. A próxima faixa é como uma recordação dele sobre sua infância, a influência da mãe, os amiguinhos (reais e imaginários). Em seguida a sua canção propriamente dita, Steven em que ele nos mostra toda a sua angústia e também sua bipolaridade, ora se nos apresentando como criança, ora como adulto.

“Years Ago”
Here I go again (Lá vou eu de novo)
Up and down alone (Pra cima e pra baixo, sozinho)
All my friends went home (Todos os meus amigos foram para casa)
Years ago (Anos atrás)
All my toys are broken (Todos os meus brinquedos estão quebrados)
And so am I inside mom (E eu também estou, dentro da mamãe)
The carnival has closed (A festa à fantasia acabou)
Years ago (Anos atrás)
hmm-mm-mm
I'm a little boy (Eu sou um menininho)
(No, I'm a great big man) – Não, eu sou um homem grande
No, let's be a little boy (Não, vamos ser um menininho)
For a little while longer (Mais um pouquinho de tempo)
Maybe an hour? (Talvez uma hora?)
(No Steven, We have to go back now) – Não, Steven, temos que voltar agora
Isn't that our mom calling? (Não é a mamãe qu está chamando?)
"Steven, Steven."
"Steven, come home!" (“Steven, venha pra casa!”)

Imagem

Chegamos então à minimalista e bela “Steven”

“Steven”
I don't want to see you go (Não quero ver você partir)
I don't even want to be there (Não quero nem estar lá)
I will cover up my eyes (Vou cobrir meus olhos)
And pray it goes away (E rezar para que se vá embora)
You've only lived a minute of your life (Você só viveu um minuto da sua vida)
I must be dreaming, please stop screaming (Devo estar sonhando, por favor pare de gritar)
I don't like to hear you cry (Não quero ouvir você chorar)
You just don't know how deep that cuts me (Você não sabe o quão profundo isso me corta)
So I will cover up my eyes (Então vou cobrir meus olhos)
And it will go away (E isso irá embora)
You've only lived a minute of your life (Você só viveu um minute da sua vida)
I must be dreaming, please stop screaming (Devo estar sonhando, por favor pare de gritar)
Steven!
Steven!
I hear my name! (Ouço o meu nome!)
Steven!
Is someone calling me? I hear my name! (Alguém está me chamando? Ouço o meu nome!)
Steven!
That icy breath it whispers screams of pain! (Aquele hálito gelado sussura gritos de dor!)
I don't want to feel you die (Não quero sentir você morrendo)
But if that's the way that God has planned you (Mas se é assim que Deus planejou para você)
Well, I'll put pennies on your eyes (Vou colocar moedas em seus olhos)
And, and it will go away (E isso irá acabar)
See? (Viu?)
You've only lived a minute of your life (Você só viveu um minuto da sua vida)
I must be dreaming... (Devo estar sonhando)
Steven....
Is someone calling me? No....
Steven....
I think I hear a voice---it's outside the door! (Acho que estou ouvindo uma voz---Está do lado de fora)
Steven!
I hear my name!
Steven!
Is someone calling me? I hear my name!
Steven!
What do you want? (O que você quer?)
Steven!
What do you want? What do you want? What do you want?
Steven!
Steven!
Steven!
I hear my name....

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

John Lennon, Anne Murray, Harry Nilsson, Alice Cooper e Micky Dolenz - The Hollywood Vampires

Imagem

Chegamos então ao ponto culminante e mais dramático do pesadelo de Steven. Ele se vê acordando de um sonambulismo com as mãos molhadas de sangue. Sentindo a ausência de sua mulher (ele a teria matado?) A questão fica suspensa e cabe ao ouvinte dar esse desfecho. Houve um crime? Ou, mais uma vez, a imaginação na forma do pesadelo (aliás, não é esse o nome do álbum: “bem-vindo ao meu pesadelo”?)

Sintamos juntos o drama de Steven em “The Awakening” (O Despertar)

I wake up in the basement (Acordo no porão)
I'm so hungry (Estou faminto)
I'm dry (Estou seco)
I must be here sleepwalking (Devo estar aqui sonambulando)
Mustn't I? (Não devo?)
Getting up from my easy chair looking for my wife (Levantando da minha poltrona, procurando minha mulher)
Following a trail of crimson spots that lead into the night (Seguindo uma trilha de manchas vermelhas que seguem noite adentro)
Suddenly I realize (De repente eu percebo)
I see it all through real eyes (Vejo tudo através de olhos verdadeiros)
These crimson spots are dripping from my hand (Essas manchas vermelhas estão pingando da minha mão)
And, ooh, it makes me feel like a man (E oh, isso me faz sentir como um homem)

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

E a fuga final do pesadelo. Steven se liberta.

“Escape”

Paint on my cruel or happy face (Pintura na minha face cruel ou feliz)
I hide me behind it (Me escondo por trás dela)
It takes me inside another place (Me conduzo para dentro de outro lugar)
Where no-one can find it (Onde ninguém possa me achar)
Escape (Fuja)
I get out when I can (Saio quando puder)
Escape (Fuja)
Anytime I can (A qualquer hora que eu possa)
Let`s all Escape (Vamos todos fugir)
I'm crying in my beer (Estou chorando na minha cerveja)
C'mon lets Escape (Vamos lá, vamos fugir)
Just get me out of here (Apenas me tire daqui)
Don't get me wrong, don't get me right (Não me entenda mal, não me entenda bem)
I'm not like you are (Não sou como você)
When I get home from work at night (Quando chego em casa do trabalho, à noite)
I'm blacker and bluer (Estou mais preto e mais azul (triste))
So I escape (Então eu fujo)
I get out when I can
Yeah I escape
Anytime I can
Let`s all escape
I'm crying in my beer
Escape
Just get me out of here
But where am I running to? (Mas para onde estou correndo?)
There's no place to go (Não há lugar para ir)
Just put on my makeup and get me to the show (Apenas coloque minha maquiagem e me leve para o show)
Yeah, Escape
Yeah
What are you waiting for? (O que você está esperando?)
My doctor said just come around (Meu médico disse, apenas recupere-se)
You'll be taken care of (Vão cuidar de você)
And while he ran my problems down (E enquanto ele relatava meus problemas)
I stole his mascara (Roubei sua maquiagem)
That's how I escape
I get out when I can
I escape
Anyway I can
I escape
I'm crying in my beer
Lets Escape
Just get me out of here
Escape
Let`s get out while we can
Let`s escape
Anyway we can
C'mon let`s escape
Nobody wants us around here anyway (Ninguém nos quer por perto de qualquer modo)
Escape
What are we waiting for
Escape
Escape
Escape
C'mon all of you let`s escape
(repeat to fade)

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

NOTAS (Extras)

-- Welcome To My Nightmare foi elaborado como um projeto multimídia: disco, especial para a tv, show totalmente teatral e coreografado.

FAIXAS DO ÁLBUM:
01 Welcome To My Nightmare (Cooper, Wagner) [5:19]
02 Devil's Food (Cooper, Ezrin, Kelley Jay) [3:38]
03 The Black Widow (Cooper, Wagner, Ezrin) [3:37]
04 Some Folks (Cooper, Gordon, Ezrin) [4:19]
05 Only Women Bleed (Cooper, Wagner) [5:59]
06 Department Of Youth (Cooper, Wagner, Ezrin) [3:18]
07 Cold Ethyl (Cooper, Ezrin) [2:51]
08 Years Ago (Cooper, Wagner) [2:51]
09 Steven (Cooper, Ezrin) [5:52]
10 The Awakening (Cooper, Wagner, Ezrin) [2:25]
11 Escape (Cooper, Fowley*, Anthony) [3:20]

*Kim Fowley, promoter e empresário artístico da época não participou da composição da música, mas como era muito influente e estava sempre às voltas com o mundo musical (e Alice Cooper em especial à época) solicitou que seu nome aparecesse de alguma forma como crédito no álbum. O detalhe é que, com isso, foi retirado o nome de Dick Wagner que, efetivamente, participou da composição da música. Pelo menos não tiraram o nome de Wagner de sua obra-prima: Only Women Bleed.
Versão remasterizada lançada pela Rhino em 2002, incluindo:
Devil's Food [Alternate Version]
Cold Ethyl [Alternate Version]
The Awakening [Alternate Version]
CRÉDITOS DO ÁLBUM:
Produzido por Bob Ezrin
Gravado em:
Soundstage Toronto por Dave Palmer e Jim Frank
Record Plant East e Electric Lady New York por Ed Sprigg, Dave Palmer, Corky Stasiak e Rod O'Brien
A&R Studios, New York pelo incrível Phil Ramone
Arranjos de Bob Ezrin e Allan Macmillan.

Conceito gráfico e design: Pacific Eye and Ear.
Ilustração: Drew Struzan
Fotografia: Bret Lopez.

MÚSICOS:
Alice Cooper – Vocais
Dick Wagner – Guitarras
Steve (Deacon) Hunter – Guitarras
Prakash John – Baixo
Tony Levin – Baixo
Whitey Glan – Bateria
Johnny (Bee) Badanjek – Bateria
Jozef Chirowski - Teclados, Clavinet, Vocais, Fender Rhoads
Bob Ezrin - Teclados, Fender Rhoads
David Ezrin e The Summerhill Children's Choir (Coral) – Vocais
Vincent Price - O Curador
Michael Sherman – Vocais
Gerry Lyons – Vocais
Trish McKinnon – Mãe (de Steven)
-- Embora Alice Cooper fosse contratado do selo principal da Warner Bros. Welcome To My Nightmare foi lançado pela subsidiária Atlantic, já que esse era o selo pelo qual eram lançadas trilhas sonoras, e como Welcome To My Nightmare teve o especial de TV que o “complementou”, o disco foi lançado como se fosse uma trilha sonora desse especial.

-- No Brasil apenas o álbum (e sem encarte) foi lançado à época com o selo da Philips (horroroso, port sinal). No mais, mesmo tendo sido lançado pouco mais de um ano depois da vinda de Alice para cá (na última turnê da banda original) pouco se falou e, muito menos se viu, da parte visual do projeto. Nas rádios, também nenhuma faixa do álbum foi executada. Ou seja, o Brasil passou batido por esse projeto de Alice Cooper.

-- Vídeo completo com o especial para TV: The Nightmare (1975)

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

A TURNÊ:
Welcome to My Nightmare 1975
Dick Wagner – guitarra
Steve Hunter – guitarra
Prakash John – baixo
Penti 'Whitey' Glan – bateria
Jozef Chirowski - teclados
Dançarinos: Sheryl G. Goddard, Robin Blythe, Yuichi Sugiyami, Eugene Montoya

Produtor do Show: David Winters

-- O show foi produzido e coreografado por David Winters que, de acordo com Alice, foi o cara que fez o papel de ‘Action’ no filme “West Side Story” (Amor Sublime Amor). Contudo de acordo com o banco de dados sobre filmes da internet, quem fez o papel foi Tony Mordente!.

-- Alice sofreu um acidente nessa turnê ao cair de cima da caixa de brinquedos, que era parte integrante do espetáculo. Quebrou seis costelas. Mesmo assim tentou (sem êxito) completar o show.

Setlist

01 Welcome To My Nightmare
02 Years Ago-No More Mr. Nice Guy
03 Years Ago-Billion Dollar Babies
04 Years Ago-I'm Eighteen
05 Years Ago-Instrumental intro to Some Folks
06 Cold Ethyl
07 Only Women Bleed
08 Devil's Food-The Black Widow
09 Steven
10 Welcome To My Nightmare (reprise)
11 The Awakening
12 Escape
13 School's Out
14 Department of Youth

PS. Agradecimento muito especial à minha amiga Helena Cooper pela inestimável ajuda na pesquisa e pelo apoio de sempre.

Fonte de algumas informações:
sickthingsuk.co.uk

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Welcome To My Nightmare - Alice Cooper

Tradução - Welcome To My Nightmare - Alice Cooper

Rock in Rio
Arthur Brown participará do show de Alice Cooper

Todas as matérias e notícias sobre "Alice Cooper"

Burnn
Os maiores guitarristas Hard & Heavy da história

Alice Cooper
Rei do shock rock relembra impressões de Syd Barrett

Slash
15 grandes registros em músicas de outros artistas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Alice Cooper"

Guns N' Roses
Zakk Wylde conta como quase entrou na banda

Blind Melon: 'Dream Theater? Desliga essa porra!'Duff McKagan: 'Phil Anselmo me fez gostar do Ghost'AC/DC: mãe leva cinzas do filho para show da banda

Sobre Neimar Secco

Welcome to my nightmare. Sou professor de inglês e de português e também tradutor eventual. Rock sempre foi e continua sendo a minha trilha sonora de todas as horas. Minhas preferências são hard rock, progressivo e classic rock em geral (anos 60, 70 e 80). Bandas favoritas: Alice Cooper, Led Zeppelin, Black Sabbath, Ozzy Osbourne, Pink Floyd, Beatles, Creedence, The Doors, Dire Straits, entre muitas outras.

Mais matérias de Neimar Secco no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online