WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Place Vendome: Michael Kiske de volta ao melodic hard rock

Resenha - Thunder in the Distance - Place Vendome

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Projeto de AOR/hard rock capitaneado por Michael Kiske (UNISONIC, AVANTASIA, ex-HELLOWEEN) e Dennis Ward (Pink Cream 69, UNISONIC), e que tem por base a gravadora italiana Frontiers Records, o PLACE VENDOME chega a seu terceiro trabalho, dando uma aula de música de qualidade.
Helloween: além de São Paulo, apresentação também em Porto AlegreIron Maiden: canadense mostra sua incrível coleção da banda

Com melodias fáceis, refrães matadores, e um clima positivo que permeia todas as suas 13 faixas, o disco é um verdadeiro deleite para os faz de melodic rock. Trazendo composições de músicos consagrados, como Magnus Karlsson (PRIMAL FEAR), Timo Tolkki (ex-STRATOVARIUS), Alessandro Del Vecchio (HARDLINE), Tommy Denander (RADIOACTIVE), Roberto Tiranti e Andrea Cantarelli (LABYRINTH), Sören Kronqvist (SUNSTORM) e Brett Jones – dessa vez Dennis ficou “apenas” como baixista e produtor -, o trabalho é variado e cativante do começo ao fim.

O grande destaque, como não poderia deixar de ser, fica para a voz maravilhosa de Kiske, que se sente muito a vontade no estilo, cantando com uma versatilidade de arrepiar, e cativando o ouvinte sem maiores esforços.

Imagem

Outro ponto determinante para o ótimo resultado do álbum foi a inclusão de influências mais latentes de rock de arena nas faixas, deixando tudo mais grandioso e vibrante. A própria faixa de abertura, “Talk to Me”, já dá mostras dessas características, com coros de vozes muito bem encaixados, e um refrão grudentíssimo. Na sequência, “Power of Music” é uma ode à forma de arte mais amada pelos seres humanos.

Após a pesada “Broken Wings” (a única mais “metálica” do disco), temos duas das melhores faixas do disco: “Lost Paradise”, composta por Timo Tolkki, cheia de groove e elementos modernos, e novamente com um refrão de fazer cair o queixo; e “It Can’t Rain Forever”, com arranjos belíssimos e que remetem ao citado rock de arena dos anos 80, e na qual Kiske dá um verdadeiro show.

Os demais destaques do material ficam para a épica faixa título, que encerra o disco com chave de ouro; a “suave” “Hold Our Love”, com arranjos agradabilíssimos; a oitentista “My Heart is Dying”; e a emocional “Maybe Tomorrow”, com mais uma performance avassaladora de Michael Kiske.

E mais um fato que merece destaque: Dennis Ward sempre foi um produtor excelente, mas dessa vez o cara se superou, com um trabalho sem excessos de modernidade, mas deixando tudo no limite da perfeição. Sem dúvida um dos melhores resultados de sua carreira.

Altamente indicado para quem curte o lado mais melódico do rock em geral e, para este que vos escreve, melhor disco do estilo em 2013, disparado...

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Thunder in the Distance – Place Vendome
(2013 – Frontiers - Importado)

1. Talk To Me
2. Power Of Music
3. Broken Wings
4. Lost In Paradise
5. It Can't Rain Forever
6. Fragile Ground
7. Hold Your Love
8. Never Too Late
9. Heaven Lost
10. My Heart Is Dying
11. Breakout
12. Maybe Tomorrow
13. Thunder In The Distance

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Thunder in the Distance - Place Vendome

Place Vendome: deixando boa parte do Hard Rock para o UnisonicPlace Vendome: Uma renovação para lá de cativante

Helloween
Banda deve lançar material inédito com Kiske e Hansen

Helloween: além de São Paulo, apresentação também em Porto AlegrePlace Vendome: ouça faixa título de novo álbumTodas as matérias e notícias sobre "Michael Kiske"

Michael Kiske
"Meu problema é com a doença satânica comum na cena!"

Separados
Michael Kiske e Lord Varys (Game of Thrones)

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Place Vendome"Todas as matérias sobre "Michael Kiske"

Iron Maiden
Canadense mostra sua incrível coleção da banda

Slash: uso excessivo de drogas chocou David BowieAxl Rose: o simpático convite para jantar no Rock In Rio IIPreços: quanto custa para contratar a sua banda favorita

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online