Darkane: Peso e técnica em altíssimo nível

Resenha - Sinister Supremacy - Darkane

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Marcos Renan Nonato da Silva
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O Darkane é uma banda sueca de Death Metal Melódico/Thrash Metal com uma carreira sólida e com álbuns fenômenais e após 5 anos de seu último registro "Demonic Art" de 2008, e a volta do vocalista Lawrence Mackrory ao grupo, eles lançam "The Sinister Supremacy" (2013).
Roger Moreira: chamando Pitty de "imbecil" via rede socialAC/DC: a definição de Bon Scott por Brian Johnson

A banda disse em uma entrevista que "The Sinister Supremacy" tratava-se da obscuridade que existe na mente de todos os seres humanos, e isso é mostrado desde a arte da capa feita por Carlos Holmberg (ex-Soilwork) contendo um teste Rorschach para avaliação de sanidade mental, até as faixas e suas partes líricas.

O álbum começa com a instrumental e orquestral com violinos lindos (algo de certa forma constante neste disco), Sounds Of Pre - Existence, mas o peso realmente começa na faixa título com uma infinidade de riffs thrash despejados pela dupla de guitarristas (Christofer Malmström, Klas Ideberg); Mechanically Divine segue a mesma receita da anterior, contendo um refrão cantado com maestria.

O peso continua em Ostracizide e a melancolia tem lugar em The Decline, Insurrection is Imminent e In The Absence of Pain contem trechos mais progressivos, parecidos com os últimos álbuns onde o prog permeava por quase todas as músicas.

Humanity Defined possui certo apelo comercial, o que não tira sua incrível qualidade; Hate Repentance State é um instrumental que mistura as experimentações (os violinos voltam nesta faixa) e certo peso das guitarras e baixo.

Chegamos à tríade final com Collapse Of Illusions, letra escrita por Peter Wildoer (baterista),(The Demons From Deep Within/ Seducing The Soul Into Sin/ Searching For Lost Conclusions/ The Collapse Of Illusions) descreve exatamente o que foi dito na entrevista e o conceito utilizado nas letras. By Darkness Designed possui guitarras e vocal que lembram muito a banda Soilwork e é mais uma faixa onde peso e melodia estão na medida certa.

E o disco fecha com chave de ouro em Existence Is Just A State Of Mind, essa sem dúvida é a melhor faixa do álbum onde o progressivo se encaixa perfeitamente com a melodia e o thrash característico da banda, uma música de altíssimo nível.

A edição especial ainda contem duas faixas bônus de igual qualidade, ou seja, a sensação que permeia por todo o disco é a de nostalgia, a volta as raízes de “Rusted Angel” (1999) com toda a técnica característica dos álbuns seguintes, para você que ainda não escutou, escute, sem dúvida alguma é o melhor álbum desde “Expanding Senses” (2002).

Faixas:

1 - Sounds Of Pre - Existence
2 - The Sinister Supremacy
3 - Mechanically Divine
4 - Ostracized
5 - The Decline
6 - Insurrection Is Imminent
7 - In The Absence Of Pain
8 - Humanity Defined
9 - Hate Repetance State
10 - Collapse Of Illusion
11 - By Darkness Designed
12 - Existence Is Just A State Of Mind
13 - I, Author Of Despair (bonus track)
14 - Malicious Strain (bonus track)

Darkane é:

Lawrence Mackrory - Vocal
Christofer Malmström - Guitarra
Klas Ideberg - Guitarra
Jörgen Löfberg - Baixo
Peter Wildoer - Bateria

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Soilwork"

Metal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Darkane"Todas as matérias sobre "Soilwork"

Roger Moreira
Chamando Pitty de "imbecil" via rede social

AC/DC
A definição de Bon Scott por Brian Johnson

Musical Box
A História da Guitarra, Parte 1: do alaúde ao violão

Iron Maiden: A guerra entre Dickinson e Steve Harris em 93Gutural: mulheres que fazem vocal em bandas de MetalPaul Di'Anno: nota 7,5 para Bruce e nota zero para Axl RoseKiss: banda foi banida de diversas rádios devido a polêmica de SimmonsBackward Messages: Mensagens ao contrário em músicas de RockLegs McNeil: o jornalista que popularizou o termo "Punk"

Sobre Marcos Renan Nonato da Silva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online