Resenha - Sounds That Can't be Made - Marillion

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Sounds That Can't be Made - Marillion


  | Comentários:

Com 34 anos de carreira, e 17 discos gravados (já incluindo este), o MARILLION já há muito tempo marcou seu nome dentre as maiores bandas de rock progressivo de todos os tempos. E mesmo com tanto tempo de carreira, e tantos registros já gravados, o quinteto britânico a cada novo lançamento consegue surpreender positivamente os ouvintes, o que não é diferente com “Sounds That Can’t Be Made”, que acaba de ser lançado no Brasil, via Hellion Records.

Nota: 8

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Mostrando uma qualidade muito acima da média, com arranjos riquíssimos e melodias de muito bom gosto, o disco traz tudo que o fã da banda já está acostumado: rock progressivo da melhor qualidade, variando entre momentos épicos e arrastados, com melodias densas e introspectivas.

A faixa de abertura, “Gaza”, um épico de mais de 17 minutos, e que trata do polêmico tema dos conflitos na região que lhe dá o título, mostra muito bem todas as características marcantes do MARILLION, possuindo momentos instrumentais bem vagos e etéreos, e destacando os ótimos vocais de Steve Hogarth. E é perceptível com sua construção foi totalmente pensada pela banda, e como os mais variados elementos se encaixam de forma perfeita, embora em alguns momentos pareçam estranhos nas primeiras audições.

Mas o disco possui outros momentos menos complexos, como a faixa título, com uma levada mais pop, e os teclados “espaciais” de Mark Kelly dando a tona, e “Power”, cujos arranjos de violão são belíssimos, e possui melodias fáceis e cativantes, embora tenha um lado mais sombrio em todo seu interregno.

Não se trata de um disco de audição fácil, como a maioria da discografia do MARILLION, mas se você já é fã, e esta disposto a se aventurar pela viagem musical proposta pela banda, certamente não se arrependerá com o que irá encontrar.

Sounds That Can’t be Made - Marillion
(2012 – Hellion Records - Nacional)

Steve Hogarth (vulgo "H") - vocal
Steve Rothery - guitarra e violão
Pete Trewavas - contrabaixo e vocal de apoio
Mark Kelly - teclados
Ian Mosley - bateria

1. Gaza
2. Sounds That Can t Be Made
3. Pour My Love
4. Power
5. Montréal
6. Invisible Ink
7. Lucky Man
8. The Sky Above the

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Outras resenhas de Sounds That Can't be Made - Marillion

Marillion: pode te impressionar mesmo repetindo fórmulas


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Marillion"

Marillion: maior expoente do rock progressivo de volta ao Brasil
Marillion: anunciada coletânea e mensagem a fãs da América Latina
Transatlantic: Minha épica viagem de dirigível em São Paulo
Transatlantic: TV Diário divulga trechos do show em SP
Transatlantic: Galeria de imagens do show em São Paulo
Transatlantic: Um show para toda a família em São Paulo
Transatlantic: dream team envia mensagem aos sul-americanos
Marillion: "Nada que é dourado permanece"
Brasil: Bandas que gravaram discos ao vivo em nosso país
Marillion: shows no Brasil confirmados para 2014
Transatlantic: mais infos sobre show do dream team em SP
Transatlantic: supergrupo vem ao Brasil em fevereiro de 2014
Marillion: O relançamento de "Radiation''

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e estudante. Além disso é guitarrista, compositor e fundador da banda de heavy metal tradicional Mud Lake. É apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash e power metal) desde seus 15 anos, e é grande colecionador de álbuns do estilo. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, e faz parte da equipe da revista digital Hell Divine.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas