Resenha - Necroticism; Descating the Insalubrious - Carcass

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Necroticism; Descating the Insalubrious - Carcass


  | Comentários:

Na turnê de "Symphonies of Sickness" (1989) o CARCASS resolveu adicionar mais uma guitarra para somar com o seu trabalho, foi então recrutado para esse posto MICHAEL AMOTT que acabara de chegar da Suécia onde integrava a banda CARNAGE. Terminadas as excursões o agora quarteto lança em 21 de outubro de 1991 pela 'Earache Records' o surpreendente "Necroticism – Descating the Insalubrious". O álbum marca de vez uma nova sonoridade que já vinha evoluindo desde o último trabalho e com a chegada de AMOTT, o produto final foi esse clássico do 'Death Metal'!

Nota: 10

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
As características 'Grindcore' do primeiro álbum "Reek of Putrefaction" (1988) ficaram todas para trás e as músicas surgiram repletas de introduções que lembram o clima fúnebre de "legistas ministrando aulas de dissecação". A primeira faixa, "Inpropagation" reflete bem essa temática que já vai preparando o ouvinte para as novas mudanças sonoras.

"Corporal Jigsore Quandary" é mais elaborada ainda que a primeira, a entrada da bateria que abre caminho para os riffs pesados faz dessa um dos hinos do CARCASS. O solo está muito mais apurado e o vocal como sempre agressivo.

A terceira, "Symposium of Sickness" também mantém muito peso nas cordas e em alguns momentos a velocidade nos riffs se torna mais presente, porém as partes cadenciadas são o que caracterizam mais a banda nessa fase.

KEN OWEN pode ser considerado um dos maiores bateristas nesse estilo, pois sua técnica cresceu e mudou muito até chegar ao ponto essencial para o acompanhamento do "novo" CARCASS e "Pedigree Butchery" é um espelho disso.

Em minha opinião a melhor faixa do álbum é "Incarnated Solvent Abuse", seu riff inicial com batidas 'Blast Beats' que logo muda para uma pedrada puxada a seis cordas, chega a congelar a coluna. JEFF WALKER E BILL STEER também estão primorosos nos vocais.

"Carneous Cacoffiny" revela o momento "Stoner" do grupo com sua levada setentista (nem precisa dizer de quem foi a idéia). Riffs assim são predominantes no álbum posterior, "Heartwork" (1993), consequentemente o de maior sucesso da banda.

Outro momento de peso está em "Lavaging Expectorate of Lysergide Composition", suas bases com apoio do baixo de JEFF e da bateria de KEN prendem a sua atenção principalmente após a execução do solo.

A última faixa, "Forensic Clinicism / The Sanguine Article" é aquele 'Death Metal' "quebra–cervical" que nos shows ao vivo leva o público mais jovem a se matar naquelas "malditas rodas". A faixa fecha com uma das bases mais pesadas do álbum e o solo também é magnífico!

Na edição de 2004 o EP "Tools of the Trade" originalmente lançado em 23 de junho de 1992 foi adicionado ao álbum como bônus. Em 2008, "Necroticism..." foi relançado em formado 'Dualdisc' onde em um lado constam as faixas do CD e o outro um DVD com o documentário "The Pathologist´s Report Part III: Mass Infection", mais 23 minutos de entrevistas com JEFF e MICHAEL realizadas em 1993 gravadas na "Gods of Grind tour". Esse álbum é um 'Digipak' com todas as letras e muitas artes gráficas.

Imagem

Lançamento: Earache Records, Relativity Records/Sony Music.
Produção: Colin Richardson.

Line Up:
JEFF WALKER: vocal, baixo;
BILL STEER: vocal, guitarra;
MICHAEL AMOTT: guitarra, backing vocal;
KEN OWEN: bateria, backing vocal.

Track List:
1."Inpropagation" 7:07
2."Corporal Jigsore Quandary" 5:48
3."Symposium of Sickness" 6:56
4."Pedigree Butchery" 5:17
5."Incarnated Solvent Abuse" 5:00
6."Carneous Cacoffiny" 6:43
7."Lavaging Expectorate of Lysergide Composition" 4:03
8."Forensic Clinicism / The Sanguine Article" 7:11

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Carcass"

W.A.S.P. e Carcass: bandas de gêneros distintos no Arte Extrema
Carcass: todo baixista é apenas um guitarrista fracassado
Carcass: na capa da nova edição da Decibel Magazine
Carcass: Último álbum explodiu cabeças e membros
Carcass: veja apresentação no festival de Kirk Hammet
Carcass: liberadas faixas ao vivo gravadas nos estúdios da BBC
Carcass: Não entramos numa banda de death para pegar mulheres!
Carcass: banda grava especial para a Radio 1
About Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 2013
Death to Silence: Carcass, Surgical Steel e história do Grindcore
Carcass: confira vídeo de "Unfit For Human Consumption"
Álbuns de Metal: LaWeekly elege os 10 melhores de 2013
Carcass: lançado o video de "Unfit For Human Consumption"
Carcass: video de show da banda na Dinamarca
Carcass: Arte Extrema exalta importância de Reek Of Putrefaction

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde 1989 vive à cultura e ideologia do Metal Pesado sendo fã ardoroso do Classic Rock ao Death Metal. A sua dedicação se define na constante busca por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas