Resenha - Fanatic - Heart

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Fanatic - Heart

Por Jack Montes

  | Comentários:

36 anos após seu primeiro lançamento, as irmãs Wilson lançam seu 14º álbum de estúdio, esbanjando de toda a carga musical adquirida através das décadas e mostrando que ainda há muito Rock a ser explorado.

Nota: 9

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Diferente de seu antecessor "Red Velvet Car", de 2010, "Fanatic" recorre ao maior uso do som elétrico e pesado que projetou o Heart nos anos 70, revisita elementos adquiridos durante a carreira e incorpora nuances do cenário musical atual. Com grande participação do produtor Ben Mink, que co-escreve todas as canções do álbum e toca diversos instrumentos, Ann e Nancy Wilson nos entregam um dos melhores álbuns do ano, bem como de toda a sua carreira.

O disco começa com a faixa-título, "Fanatic", que logo de cara mostra a que veio: poderosos e pesados riffs de guitarra, utilizando técnicas não muito convencionais, aliados a efeitos sonoros que dão um ar tecnológico, e somados ao sempre forte e belo vocal de Ann, pouco afetado pelo tempo. A primeira faixa dita a maior parte do ambiente do álbum: um caráter pessoal, agressivo como nunca, o velho e o novo mesclados.

Em seguida temos "Dear Old America", que retrata o sofrimento de um soldado na guerra. Talvez seja a faixa com maior profundidade biográfica, tendo sido escrita pelas irmãs Wilson em homenagem a seu pai, veterano de guerra. A batida é bem marcada e intensa, novamente com guitarras pesadas (embora sem riffs destacados) e vocal muito forte. Destaque para a interferência de um ritmo acelerado que dá um tom de turbulência à música, tornando-a ainda mais agressiva. O belo trabalho de Ben Mink com os arranjos de violino e viola incrementa a faixa, fazendo dela um dos grandes destaques do álbum.

Então vem a primeira "parada" de ritmo do álbum. Nancy assume os vocais em "Walkin' Good", uma bela canção acústica com ilustre participação de Sarah McLachlan. Os acordes soltos, os instrumentos de cordas, a flauta de Ann e o caráter intimista relembram a ambientação folk do Heart de "Dreamboat Annie" e "Little Queen".

A quarta faixa, "Skin and Bones", volta com o Hard Rock e com Ann nos vocais, apresentando uma mescla muito peculiar de ritmos blues-rock marcados e efeitos "high-tech", resultando em uma música cativante até difícil de explicar. A linha de baixo se destaca e a faixa está entre as melhores do álbum.

"A Million Miles" é o expoente da criatividade no álbum. Beirando o progressivo e o psicodélico, a banda une Rock pesado com efeitos futuristas de Techno-Funk, utilizando-se de feedback controlado e muito reverb sobre riffs não-convencionais de guitarra e trechos de bandolim. É uma das músicas mais potentes do disco e o vocal de Ann é mostrado em todo o seu potencial e qualidade atuais, combinando perfeitamente com essa arrojada canção.

Então vem o ponto baixo do álbum, "Pennsylvania". Está longe de ser ruim. Pelo contrário, é boa, de fato. Mas não possui nenhum atrativo que faça com que ela não seja ofuscada pela ótima qualidade das outras faixas. A música é lenta, arrastada e supostamente emotiva, mas não me atingiu como deveria. Talvez seja só eu.

Em seguida temos "Mashalla!", a grande representante do Hard Rock clássico no álbum. Relembrando os tempos em que o Heart era comparado com Led Zeppelin, a faixa utiliza riffs pesados mais convencionais, tendo uma sonoridade levemente influenciada por nuances médio-orientais intensificadas pelo ótimo emprego de instrumentos de corda que se aproximam do oriente. O vocal é poderoso e impactante, e o uso de exclamação no título da música é muito conveniente.

"Rock Deep (Vancouver)" é a balada definitiva do álbum.
Com dedilhados no violão, violinos e vocal íntimo, consegue provocar a emoção que "Pennsylvania" falha em fazer. Acerta nos momentos de intensidade do refrão e não cai na mesmice romântica.

Logo após, vem sua antítese: "59 Crunch". A música mais agressiva do álbum, e quem sabe de toda a carreira do Heart, apresenta Ann e Nancy compartilhando os vocais quase igualitariamente pela primeira vez, e o ritmo quebrado e agressivo se aproxima do Punk. É a única música do disco que possui um solo de guitarra (marcando mais uma singularidade do álbum), muito bem executado em slides. Obs.: Não tente entender a letra. Não é para ter sentido.

O disco encerra com "Corduroy Road", mais uma vez se aproximando do som característico do Heart nos anos 70. Com uma das melhores execuções da vocalista Ann, a canção toma forma em acordes pesados de violão e bandolim, junto a mais um belo arranjo de cordas de Ben Mink, dando novamente características folk e orientais. Intensa, criativa e peculiar, a faixa encerra o álbum sendo uma das maiores surpresas.

"Fanatic" resgata o Heart clássico ao mesmo tempo que explora novos horizontes musicais, evitando que a sonoridade da banda caia no marasmo do passado. O álbum tem capacidade de agradar tanto os ouvintes mais FANÁTICOS quanto os casuais, equilibrando perfeitamente sons criativos e comerciais. "Fanatic" é o exemplo perfeito de que ainda se pode fazer Rock de qualidade que surpreenda, e que a criatividade das irmãs Wilson está longe de esgotar.

Line-up:

Ann Wilson - Vocais, flauta
Nancy Wilson - Guitarra, violão, vocais, bandolim
Ben Mink - Produção, programação, guitarra, violão, bandolim, banjo, teclados, órgão, violino, viola, arranjos
Ben Smith - Bateria, percussão
Ric Markmann - Baixo

Faixas:

01 - Fanatic
02 - Dear Old America
03 - Walkin' Good (feat. Sarah McLachlan)
04 - Skin and Bones
05 - A Million Miles
06 - Pennsylvania
07 - Mashalla!
08 - Rock Deep (Vancouver)
09 - 59 Crunch
10 - Corduroy Road

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Heart"

Heart: cancelando show no SeaWorld em defesa das baleias
Jason Bonham: honrado do sobrenome que carrega
Heart: jam de "Barracuda" com Cantrell, Cornell e McCready
Funny Or Die: site traz membros do Metallica e Guns em comédia
Heart: turnê com Jason Bonham na bateria em 2013
Rock and Roll Hall of Fame: Flea anunciará os escolhidos de 2013
Heart: passado e presente convergem em "Fanatic"
Ann Wilson: confessando incômodo com críticas a seu peso
Heart: assista o vídeo da canção "Fanatic"
Heart: a suruba que não rolou com Alex e Eddie Van Halen
Heart: capa de biografia das irmãs Wilson
Heart: irmãs Wilson encorajaram as moças do Rock
Heart: ouça faixa título do novo álbum, "Fanatic"
Heart: banda promete Heavy Rock em novo disco
Heart: boxed set com disco de covers do Led Zeppelin

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Jack Montes

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas