Blackberry Smoke: Uma das mais legais do Southern Rock

Resenha - Whippoorwill - Blackberry Smoke

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O BLACKBERRY SMOKE, sem dúvida, é uma das bandas mais legais do Southern Rock da atualidade. Formada nos EUA, mais especificamente em Atlanta, os caras chegam agora apenas a seu terceiro disco, sucessor do aclamado "Little Piece of Dixie" (2009), que deverá angariar ainda mais fãs para esses americanos.
Guns N' Roses: ex-guitarrista admite que era difícil tocar as músicasPantera: o surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell

Embora praticamente desconhecida no Brasil, a banda já tem uma relativo sucesso no exterior, com excelentes tours com grandes nomes da música, embora nunca tenham conseguido assinar com uma gravadora de maior renome internacional, que facilite a distribuição de seus discos. Mas os caras seguem firmes e fortes espalhando por ai o que de melhor o souther rock pode produzir.

Trazendo influências que vão do gospel, blues, rock de arena, soul e o chamado "outlaw country", o quinteto conseguiu com "Whippoorwill" atingir um nível de maturidade fantástico, criando canções cativantes e homogêneas, repletas de elementos variados, podendo desde já ser considerado seu melhor disco até o momento. Mas que fique claro, não se trata do chamado southern metal, ou seja, não espere por guitarras cheias de distorção e vocais agressivos, mas sim algo bem mais calmo e ambiental, mas não menos excelente.

O disco é todo muito homogêneo, sendo sua audição integral uma tarefa bem prazerosa, mas cito como destaque as faixas "Six Ways to Sunday" (bem animada, e com um clima dos mais festeiros), "Pretty Little Lie" (com ótimas linhas vocais), "One Horse Town" (uma bela balada, com um leve tempero pop, que poderia facilmente tocar nas rádios), "The Whippoorwill" (totalmente influenciada por soul e blues, e disparada uma das melhores composições dos caras), e "Sleeping Dog" (com até alguns elementos de stoner rock), que deverão ser as mais pedidas nos shows da banda.

No geral, as faixas falam sobre temas positivos, como o amor, aproveitar melhor as coisas boas da vida, além de algumas sátiras ou críticas, como se percebe em "Shakin' Hands with the Holy Ghost", por exemplo.

Enfim, "Whippoorwill" é um discaço, muito divertido e repleto de diversas influências, que caminham de forma harmoniosa, e tem tudo para consagrar ainda mais o BLACKBERRY SMOKE mundo afora, além de ser um dos melhores discos de southern rock desde "God and Guns", do LYNYRD SKYNYRD. Não deixe de conferir!

Whippoorwill – Blackberry Smoke
(2012 – Red General Catolog – Importado)

Formação:
RICHARD TURNER – BASS/VOCALS
CHARLIE STARR – GUITAR/VOCALS
BRANDON STILL – KEYS
BRIT TURNER – DRUMS
PAUL JACKSON – GUITAR/VOCALS

Track List:

1. Six Ways to Sunday (3:27)
2. Pretty Little Lie (3:34)
3. Everybody Knows She's Mine (3:49)
4. One Horse Town (4:16)
5. Ain't Much Left of Me (4:58)
6. The Whippoorwill (5:31)
7. Lucky Seven (4:17)
8. Leave a Scar (3:35)
9. Crimson Moon (4:00)
10. Ain't Got the Blues (4:04)
11. Sleeping Dogs (3:23)
12. Shakin' Hands with the Holy Ghost (3:45)
13. Up the Road (5:53)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Whippoorwill - Blackberry Smoke

Blackberry Smoke: sem dúvidas o melhor trabalho do grupo

Todas as matérias e notícias sobre "Blackberry Smoke"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blackberry Smoke"

Guns N' Roses
Ex-guitarrista admite que era difícil tocar as músicas

Pantera
O surreal e constrangedor funeral de Dimebag Darrell

Collectors Room
A coleção de Luiz Calanca, "SP Metal" e mais

Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Faixas Instrumentais: VH1 elege as 20 melhores do Hard e MetalPan: patinador brasileiro ganha ouro com trilha dos BeatlesNightwish: E se uma brasileira assumisse o vocal?Guns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl RoseFaith no More: apresentação completa da banda no Rock in Rio

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online