Deformed Slut: Peso, velocidade, técnica e muita ousadia

Resenha - Stench of Carnage - Deformed Slut

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Pierre Cortes
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Oriundos de Curitiba, o DEFORMED SLUT começou suas atividades em 2006. Inicialmente a banda era um quarteto, mas como sempre acontece, o grupo também passou por mudanças na formação até se estabilizar. O quarteto então se transformou em dupla e decidiu, desta forma, ser um projeto de estúdio.
Red Hot Chili Peppers: ouça baixo isolado de Flea em várias músicasIron Maiden: troca de gentilezas com Lady Gaga no twitter

Em 2008 lançam um Promo-CD intitulado “Cadaveric Carcass”. Com apenas 03 faixas e distribuído de forma independente pelo próprio grupo, o material tem boa receptividade por parte da mídia especializada.

Praticamente 03 anos depois a banda retorna com um novo trabalho, mas, desta vez, a situação é bem diferente. “Stench of Carnage” é um CD com oito faixas e conta com distribuição nos mercados brasileiro, americano e europeu. Uma evidência muito significativa para o grupo.

Praticam um Death Metal extremamente brutal, rápido, agressivo, com riffs potentes e voz gutural, mas o que mais chama a atenção é a constante mudança de ritmo das composições. Incrível como apenas duas pessoas podem fazer uma avalanche sonora tão poderosa e intensa.

O álbum é poderoso do início ao fim. Confira faixas como “Necrobscurity Necrophile”, ótima abertura que tem início calmo e obscuro até a entrada violenta da parte instrumental; “The Monstrous Monochromatism” começa lenta, com riffs pesados e passa por variações de ritmo a todo instante; “Stench of Carnage”, a faixa título e a melhor do CD, tem trechos com o baixo bem audível, contribuindo assim para dar um peso ainda maior ao som extremo que o grupo executa.

Senti apenas uma carência quanto aos solos de guitarra. Certamente iriam colaborar para tornar este trabalho mais brutal ainda. De qualquer forma, o DEFORMED SLUT consegue, com este primeiro full length, mostrar ter não somente peso e velocidade, mas também técnica e muita ousadia. Obra digna de respeito e aplauso. Absolutamente recomendada aos amantes do som extremo.

Banda: Deformed Slut
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Stench of Carnage
Ano: 2011
Estilo: Death Metal
Gravadora: Rapture Records

Line-up:

Adriano Sekne – Vocal
Alexandre W.A. – Guitarra/Baixo/Bateria Programada

Faixas:

1. Necrobscurity Necrophile
2. Rotten Mutilated Devoured
3. The Monstrous Monochromatism
4. Disemboweled
5. Gun of Annihilation
6. Stench of Carnage
7. Cadaveric Carcass
8. Slashing Your Flesh (In Fillet)

Sites:

http://www.myspace.com/deformedslut
http://www.facebook.com/officialdeformedslut
http://www.youtube.com/user/Cadavericslut

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Stench of Carnage - Deformed Slut

Deformed Slut: Metal Extremo brasileiro em altaDeformed Slut: Inacessível até o último sopro de vidaDeformed Slut: Bom trabalho Brutal Death Metal em estreiaDeformed Slut: Abrir caminho na cena do Brutal Death MetalDeformed Slut: Álbum quebra pescoços e paradigmas

Todas as matérias e notícias sobre "Deformed Slut"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deformed Slut"

Red Hot
Ouça baixo isolado de Flea em várias músicas

Iron Maiden
Troca de gentilezas com Lady Gaga no twitter

Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1982

Mayhem: "Varg é um cara muito talentoso e inteligente!"Guns N' Roses: banda se separou por causa de Michael Jackson, diz empresárioJohn Lennon: a versão de Marco Feliciano sobre a morte do BeatleDj Ashba: guitarrista fala sobre guitarristas preferidosSepultura: a história por trás do álbum "Beneath The Remains"SketchShe: Uma versão de "Bohemian Rhapsody" com humor e peitos

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online