Burzum: "Umskiptar" eleva o grupo a outro patamar

Resenha - Umskiptar - Burzum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Guilherme Pirlo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Após vários anos na prisão, o lendário Varg Vikernes traz de volta ao mundo do Black Metal dois álbuns aleatórios, "Belus" (2010) e "Fallen" (2011), trazendo aquela sonoridade angustiante e gélida, porém com novos elementos. Talvez preparando o ouvinte para a surpresa que "Umskipstar" iria causar.
Bruce Dickinson: curiosidades sobre a voz por trás do Iron MaidenLadybeard: barbudo wrestler que canta metal vestido de menininha

Que surpresa grata! "Umskiptar" eleva o BURZUM a outro patamar: o Viking Metal. Logicamente, aquela atmosfera sombria e crua dos álbuns anteriores permanecem, porém os experimentalismos são mais claros nesse álbum.

E que isso seja visto como algo bom (diferentemente de "Illud Divinum Insanus", do MORBID ANGEL, claro; vertentes totalmente diferentes; digo em relação a história de cada uma delas e suas experiências). Desde o início do álbum há a evidência de o quão é diferente ouvir BURZUM com uma gravação tão limpa e nítida; uma das inovações mais claras do álbum. É um misto de Viking com Black Metal; vanguarda com o arcaico. Desde "Filosofem", com certeza, esse é o álbum que melhor assimilei a proposta de música e temática, há aquela estranheza inicial, porém é um excelente trabalho; e a bela arte gráfica ("Slindeberken", de Thomas Fearnley), continua sendo um toque especial.

Outro fator importante é a maturidade musical de Varg Vikernes; destaco nesse álbum 'Alfadanz' (a cadência e a mudança de tempo são espetaculares), 'Æra' (aquele timbre clássico da guitarra, vocais mais guturais. Aquele Black Metal mais cru e ríspido que fez a história da banda); as grandiosas 'Valgaldr', 'Galgviðr' e 'Gullaldr' (possuem aquele clima presente nos primórdios do Viking Metal; fazendo algumas bandas que estão em evidência do estilo parecerem 'água com açúcar').

"Umskiptar" é mais um passo nessa história gradativa do Burzum: nenhum álbum se equivale ao outro, ou seja; vanguarda. E ainda digo: o próximo álbum terá mais passagens limpas; e na minha opinião, o BURZUM pode estar seguindo o mesmo caminho do saudoso BATHORY. Na temática nórdica atualmente, destaco o AMON AMARTH, e o IMMORTAL sempre manteve seu legado, o BURZUM alcançou esse espaço. Se possuir a mesma qualidade, que seja longa essa história.

Faixas:
1- Blóðstokkinn (01:16)
2- Jóln (05:51)
3- Alfadanz (09:22)
4- Hit helga Tré (06:51)
5- Æra (03:58)
6- Heiðr (03:02)
7- Valgaldr (08:03)
8- Galgviðr (07:16)
9- Surtr Sunnan (04:14)
10- Gullaldr (10:20)
11- Níðhöggr (05:00)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Umskiptar - Burzum

Burzum: Um épico minimalista cheio de contrastes

Todas as matérias e notícias sobre "Burzum"

Burzum
Varg Vikernes diz que não se arrepende de nada

Varg Vikernes
"Sou muito mais assustador na vida real porque sou real!"

Ultimate Guitar
As 28 canções mais sombrias de todos os tempos

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 22 de maio de 2012

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Burzum"

Bruce Dickinson
Curiosidades sobre a voz por trás do Iron Maiden

Ladybeard
Barbudo wrestler que canta metal vestido de menininha

Iron Maiden
Mulheres em uniforme de couro e com spikes

Motivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estimaGuns N' Roses: de banda perigosa a esquecida?Metallica: CJ Ramone diz porque se recusou a tocar na bandaBruce Dickinson: foi difícil evitar as drogas durante toursAerosmith: "Comparações com os Stones costumavam nos chatear!"Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Sobre Guilherme Pirlo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online