Ancient Ritual: Peso, fúria, velocidade e letras pagãs

Resenha - Southern Winter - Ancient Ritual

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Pierre Cortes
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Este quinteto é de Caxias do Sul e faz aqui uma estreia bastante poderosa, ainda mais se levarmos em conta que Southern Winter é uma produção independente. Conseguem chamar a atenção desde a gravação até o trabalho gráfico, que nos remete aos tempos de batalhas e às civilizações bárbaras.
Ultimate Classic Rock: as 10 melhores músicas sobre guerraSpin: os 40 melhores nomes de bandas de todos os tempos

Em termos de sonoridade, o resultado deste trabalho não foge à regra do estilo: peso, vocais furiosos, bateria veloz, letras pagãs. Metal Extremo para satisfazer o mais exigente dos admiradores do gênero. E até mesmo visualmente falando, o ANCIENT RITUAL acerta.

A banda consegue criar uma atmosfera gélida em suas composições, que podem ser perfeitamente sentidas pelos ouvintes no decorrer de Southern Winter, que tem pouco mais de trinta minutos de duração.

O álbum é homogêneo, característica essa que muito está vinculada ao estilo que praticam, porém há músicas que se destacam. É o caso de “The Sword’s Path”, com riffs interessantes, ótimo solo de guitarra, vocal bem agressivo. Ainda temos a “Ancient Ritual”, faixa que leva o nome da banda, que tem o baixo bem audível e trechos bem velozes; “Two Ravens” tem uma bateria muito rápida logo no início; “Urd” fecha com chave de ouro e foge completamente à regra – barulho de chuva, trovão e um som acústico e melancólico.

A única consideração a ser feita neste primeiro registro é a falta de solos de guitarra nas composições. Isso certamente contribuiria para tornar este trabalho ainda mais grandioso do que é.

A banda ainda disponibiliza, gratuitamente, o álbum para download em seu site oficial. E para quem tiver interesse em adquirir o CD diretamente com o grupo, deverá enviar e-mail para contact@ancientritual.com.br. Ouça e comprove o poder do ANCIENT RITUAL.

Banda: Ancient Ritual
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Southern Winter
Ano: 2011
Estilo: Pagan Black Metal
Gravadora: Independente

Line-up:
Wolf War – Vocal
Arawn – Baixo
Arauckar – Guitarra
Elgor – Guitarra
Sudvünd – Bateria

Faixas:
1. Intro
2. Southern Winter
3. The Sword’s Path
4. Forefather Wolves
5. –
6. Ancient Ritual
7. Axe and Shield
8. Through War and Hate
9. Two Ravens
10. Urd

Sites:
http://ancientritual.com.br/
http://www.myspace.com/ancientritual

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ancient Ritual"

UCR
As 10 melhores músicas sobre guerra

Motorhead
Escolhido o nome de banda mais legal pela Spin

Dave Mustaine
Kiko é o primeiro que me intimida desde Friedman

Anthrax: "AC/DC e Iron Maiden são os culpados"Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaMetaleiros: uma chaga aberta no tecido socialMegadeth: Rocky, o pônei de Dave MustaineSlayer: o processo por família de adolescente assassinada em 95Sign of the horns: o sinal do Demônio

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online