Resenha - Palhaço Maldito do Rock Brasileiro - Reverendo

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Palhaço Maldito do Rock Brasileiro - Reverendo

Por Louco Motor

  | Comentários:

Aqui você confere o trabalho de uma figura que traduz bem o Hard Rock nacional, seja nas suas letras ou no seu modo de agir acompanhadoo dos riffs pesados que metem o pé na porta de muita gente hipócrita e vazia, é um tapa na cara dos desavisados. Estou falando do CD Palhaço Maldito do Rock Brasileiro, de Reverendo!!!

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Pra quem não conhece, Reverendo é o personagem assumido pelo ex-baixista da banda Exxótica (que mais para frente terá um post exclusivo sobre a sua história), Marcelo Rossi. No melhor estilo Gene Simons, com cara pintada, voz rasgada e uma personalidade polêmica o baixista não economiza em palavras fortes e letras diretas, feitas pra quem fica perdendo tempo na vida e principalmente fazendo os outros perderem tempo.

O álbum começa com a faixa Chutando o saco de alguém, um riff de guitarra pesado e sem muitas firulas e virtuosidades, mostrando que Reverendo está mais preparado que nunca para voltar ao meio rockeiro nacional, pronto para a briga! Nela, Reverendo está com sua bota ignorante, com biqueira de aço escovado e vai chutando o saco de quem ousar entrar nessa briga!

As faixas seguintes dão continuidade a proposta do CD, tocar rock com fidelidade e dar um tapa na cara dos que não acrescentam em nada na sociedade. A faixa dois se chama Genro Canalha e com certeza muitos vão vestir a carapupuça, o nome da música dispensa comentários e com certeza o ritmo dela não via sair tão cedo da sua cabeça. (se quiser ouvir um trecho, assista a vinheta do Blog aí do lado).

O CD ainda traz músicas já conhecidas dos fãs do exótica, a polêmica Porcos do Quintal está presente, desta vez ela vem precedida de um funk cantado pelo Bebê Mutante, personagem criado no broadcast Sutilezas de um Elefante, que traz o Reverendo contando suas histórias bizarras e criticando muita coisa por aí, vale a pena assistir.

A música que me chamou mais a atenção foi a última, composta apenas de ruídos sobre uma melodia bizarra intitulada de O Terrível encontro frente a frente, essa deve ser a trilha sonora da batalha travada contra o próprio Coisa Ruim. Fica pra você refletir.

Imagem
Palhaço Maldito do Rock Brasileiro sem dúvida anima quem gostava de Exxótica e, principalmente, quem gosta do Reverendo, pois são músicas tocadas e cantadas com muita energia, letras em português, sem clichês e com riffs de puro Hard Rock. Vale a pena conferir!

Mas se você pensa que acabou, agora vem a melhor parte. Reverendo cedeu um entrevista para o Louco Motor e eu agradeço desde já meu amigo Leonardo Damiano pela colaboração!

Primeiramente, obrigado por topar em ceder esta entrevista. Aliás, ela vai ser a primeira do Blog Louco Motor, que vem com o objetivo de expor as bandas de Hard Rock do Brasil, além de discutir a situação atual deste estilo.

LoucoMotor: Bom, o Reverendo nasceu como baixista e vocalista da banda Exxótica, que infelizmente chegou ao fim em 2011, após 10 anos de muitas conquistas. De que forma estes anos de Exxótica te influenciaram? E como foi possível manter o ânimo para começar um novo trabalho ainda com uma proposta bem semelhante a do Exxótica?

Reverendo: Quando o EXXÓTICA começou, nem em sonho, eu poderia me imaginar sendo o homem da frente de qualquer banda, mas as coisas foram acontecendo e eu me vi animado pra poder recomeçar , após o fim do Exxótica, com um projeto mais com a “Minha cara” do que qualquer outra coisa.

LoucoMotor: Antes mesmo do Exxótica, você já tocava em uma banda cover de KISS (Dr. Love), que aliás continua ativa até hoje. Com certeza o KISS te influenciou e ainda deve influenciar de mais, desde a maquiagem até na entonação da voz do Reverendo, além do fato de cantar e tocar baixo, tudo lembra muito Gene Simons. Essa associação é algo que o público vê de uma forma boa e original ou é motivo de crítica?

Reverendo: Ninguém é totalmente “original" em algo que faça, todo mundo tem um pouco de influência de um ídolo, veja lá o PAUL STANLEY imitando os trejeitos do MARC BOLAN, o ANGUS faz alguns passos do CHUCK BERRY, e quantos e quantos cantores não surrupiaram o estilo de Robert Plant?? Esse é o tipo de coisa que eu desencanei mesmo, cada um é o que é e carrega muito das suas influencias e gostos consigo.

LoucoMotor: Antes de falar especificamente do CD Palhaço Maldito do Rock Brasileiro, eu queria saber sua opinião sobre as bandas que vivem de cover e a relação com o público. O Exxótica acabou assim como várias bandas de Hard tupiniquim, porém o Dr. Love continua se mantendo firme, isso é um reflexo do que acontece atualmente no país? Há uma preferência por covers que acaba sufocando as bandas autorais?

Reverendo: Pergunta complicada...o público de cover é um publico descompromissado, ele não está lá pra tentar “julgar” a capacidade do cara que está no palco, até porque tem muito músico ruim fazendo cover especifico, imitando muito mal quem ele se propõe a imitar, e o público não está nem aí com esse desempenho pífio e abaixo da média, eles, o público, querem apenas se divertir. Acaba sufocando as bandas autorais, porque pra julgar se as bandas autorais são boas ou não, você precisa de muito CEREBELO deste público e eles infelizmente não tem isso para oferecer, são pessoas de nível social e intelectual bem abaixo da média, pra não dizer que são estúpidos, pois aí eu seria muito grosseiro.

LoucoMotor: Agora sim, focando no novo trabalho do Reverendo. O CD foi lançado no final de 2011, em um curto espaço de tempo que divide o final do Exxótica e o começo do Reverendo, como foi possível gravar um CD em tão pouco tempo e quem te ajudou neste trabalho?

Reverendo: Na verdade, este meu cd novo, tem uma parte do material que sairia no novo cd do exxótica e foi o DANIEL IASBECK quem o produziu. Essas musicas seriam a minha contribuição para o cd que se chamaria Voltando do Inferno, o que acabou não sendo lançado, com o FIM da banda.

LoucoMotor: Todas as letras trazem alguma crítica, palavras fortes e ritmo pesado, as marcas do Reverendo, inclusive Porcos no Quintal, amada e odiada por muitos, está presente neste trabalho. Uma música que eu gostei muito é a número 2, intitulada de Genro Canalha. Por acaso a letra dela e até das outras teve alguma inspiração particular?

Reverendo: Nenhuma inspiração particular, mas TOTAL inspiração coletiva, são musicas, principalmente Porcos, que o povo brasileiro, precisa e “merece” escutar mesmo. E Genro Canalha é uma letra real, de muitos caras que vivem daquela maneira mesmo, coma quela TREMENDA cara de pau...AHAHAHHAA.

LoucoMotor: Ainda sobre as letras das músicas, alguém já vestiu a carapuça e se ofendeu com alguma delas? Qual o recado do Reverendo para esse pessoal?

Reverendo: Muitas pessoas vivem se ofendendo com as minhas músicas mesmo, e isso sempre me deixa feliz, é sinal de que estou no caminho certo, o meu recado pra estas pessoas é foda-se, eu não estou nem aí pra vocs, OTÁRIOS....quero que morram e se fodam no inferno...AHAHAHA

LoucoMotor: Agora sobre os shows. O CD Palhaço Maldito do Rock Brasileiro ainda é recente, como está sendo a divulgação dele e da nova fase do Reverendo Marcelo Rossi com sua banda?

Reverendo: Estou remontando a banda, estamos trocando uma pessoa que não se adaptou e logo poderemos voltar a fazer shows novamente.

LoucoMotor: Houve um trabalho paralelo do Reverendo um tanto quanto inusitado, mas que por hora está parado, a série de vídeos Sutilezas de um Elefante. Tem algum projeto para continuar a série ou pretende focar na música apenas?

Reverendo: As pessoas realmente adoraram aquela série de vídeologs, e eu ainda não tenho planos pra continuá-la, mas penso no assunto sempre, porque agrada aos meus fans e OFENDE aos meus detratores, é bem pra se pensar mesmo em continuar, vamos ver agora em 2012.

LoucoMotor: Reverendo, muito obrigado pela atenção e pelo tempo que disponibilizou para esta entrevista, que com certeza trará prosperidade a este humilde blog, por isso já te convido para participar de mais postagens. Enfim, para finalizar, este é o espaço onde o Reverendo pode soltar o verbo falar do cenário do Hard Rock atual, do público, do seu CD, do que quiser, para o pessoal que gosta e que odeia.

Reverendo: AHAHA, ora, o que eu posso acrescentar as pessoas é seja menos vítima das outros, um bom exemplo disso é essa enxurrada de artistas gringos aportando aqui pra tomar a grana dos fãs, e as pessoas inocentes ainda não pescaram isso, porque não existe maldade nelas, nos fãs, enquanto a maldade é extrema nos produtores brasileiros e nos artistas gringos que querem o seu dinheiro a todo custo. Fazem chantagem emocional e psicológica com os fãs das bandas.Valorize mais o artista do seu próprio país, pois ele é como você e está lutando sempre, ao contrário dos gringos que querem farrear.

Pesquise sempre as opções culturais, NUNCA engula o que outros querem que você o faça, porque SEMPRE terá alguém ganhando $$$ as suas custas. VALORIZE o seu produto, se nós não o fizermos agora, perderemos o que poderia ser o nosso sustentáculo por um bom tempo..

Não existe mais cenário Hard Rock atualmente, existem poucas bandas lutando ferrenhamente e você, caro amigo, PRECISA PERCEBER ISSO e fazer a sua parte. Ou você acha que veio ao mundo, somente pra “curtir”?????
REFLITA..

REVERENDO Marcelo Rossi

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Reverendo"
Todas as matérias sobre "Exxotica"

Exxótica: trailer do documentário "50 Anos do Rock Brasileiro"
Marcelo Rossi: "Acho essa cena amadora, patética..."
Reverendo: O Palhaço Maldito do Rock Brasileiro
Reverendo: ex- Exxotica com sua banda na Expomusic 2011
Exxótica: "Reverendo" anuncia fim das atividades
Exxótica: banda está procurando por baterista
Exxótica: Sutilezas de um elefante com o "Reverendo"
Exxótica: volta aos palcos no Dia Internacional do Rock
Exxótica: banda retomará as atividades em 2010
Exxótica: lançamento do novo CD "Voltando do Inferno"
Vídeo: especial traz entrevistas com Dr. Sin, Exxotica, etc
Exxótica: inaugurado o MySpace oficial da banda
Exxótica: novo álbum e força total no ano de 2009
Exxótica: guitarrista Fábio Hoffmann retorna ao grupo
Queen Evil, com músicos do Exxótica, Harppia e Tropa de Shock

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Louco Motor

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas