Resenha - Lulu - Lou Reed & Metallica

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Lulu - Lou Reed & Metallica


  | Comentários:

Certos discos já nascem condenados ao esquecimento. Não será diferente com o tão aguardado fruto da parceria entre a banda METALLICA e LOU REED – Lulu (2011). A parceria – surgida após uma apresentação de ambos no Rock and Roll Hall of Fame em 2009 – inspirou o velho REED a compor este trabalho baseado em duas obras do dramaturgo expressionista alemão Frank Wededkind: "O Espírito da Terra" (1895) e "A Caixa de Pandora" (1904), e arranjada musicalmente pelo Metallica. Independente do enredo da história, o que esperar de uma mescla de estilos tão inusitada quanto essa?

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Para os fãs xiitas e ortodoxos do METALLICA, um conselho: passem longe desse disco! O caráter predominantemente experimental da obra, aliado aos vocais declamados de REED, passam longe de qualquer álbum clássicos como “Master Of Puppets” e “Ride The Lightning”. A banda arrisca mais uma vez em um território musical diferente do habitual e, na minha opinião, acho isso completamente válido, pois é isso que a mantém viva e criativa na cena musical. Porém, a banda peca ao transformar esse disco em uma versão melhor produzida de St. Anger (2003), apenas com o diferencial de "Lulu" ser melhor produzido e com a inclusão de um vocal dez vezes mais desafinado, no caso, a voz já cansada de MR. REED em seus quase 70 anos.

O disco é ruim? Não, longe disso. A mistura de sons estranhamente inseridos entre as composições, somados as recitações de Reed, combinam perfeitamente com o conceito da obra. As melodias cruas em músicas de longa duração (a última faixa – a melancólica “Junior Dad” – tem mais de 19 minutos de duração) podem cansar o ouvinte menos habituado a canções digamos... ahn... progressivas como esta. Obviamente, este não foi um disco composto pensando em vendas extraordinárias ou na adoração dos fãs a ele. Eu mesmo, a princípio, não gostei de “Lulu”, entretanto, o disco não foi concebido para ser ouvido e assimilado de imediato, e aí está a grande proeza da parceria: a criação de uma obra de arte que estimule a audição mais atenciosa da mesma. Sim, pois o disco passa a ter sentido e aceitação a partir do entendimento dele como um todo, não apenas como um disco somente do Metallica ou de Lou Reed, mas sim como uma parceria de igual contribuição dos dois mundos musicais completamente distintos de ambos.

O destaque absoluto fica para a excelente “Mistress Dead”, musicada com o thrash metal que o METALLICA faz como ninguém, e que soaria perfeitamente bem no já citado “St. Anger”, com seu clima frenético (qualquer comparação com “Frantic” não será mera coincidência). “Dragon”, com seus 11 minutos de duração, assim como grande parte do repertório deste disco, não faria feio em qualquer um dos injustamente subestimados e execrados “Load” e “Reload”, de 1996 e 1997, respectivamente.

A comparação com os trabalhos mais recentes do METALLICA será inevitável, e é aí que grande parcela de fãs e crítica musical vão torcer o nariz, porém trata-se de uma obra atípica, a qual não será dada a devida atenção e reconhecimento. O que será uma pena, pois perde-se aí a oportunidade de conhecer um mundo musical completamente distinto do habitual, como a experiência de ouvir “Lulu”.

Como disse no início deste texto, certos discos já nascem condenados ao esquecimento. Não deixe que este se inclua à sua discografia injustiçada e dê a ele ao menos a oportunidade de fazê-lo desbravar uma experiência repleta da tensão, melancolia de “Lulu”.

Faixas:
1. "Brandenburg Gate" – 4:19
2. “The View" – 5:17
3. "Pumping Blood" – 7:24
4. "Mistress Dread" – 6:52
5. "Iced Honey" – 4:36
6. "Cheat on Me" – 11:26
7. "Frustration" – 8:33
8. "Little Dog" – 8:01
9. "Dragon" – 11:08
10. "Junior Dad" – 19:28

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Outras resenhas de Lulu - Lou Reed & Metallica

Metallica: Não arrisque tentar encaixar Lulu na discografia
"Lulu": Mais chances de agradar aos fãs de Lou Reed
Lou Reed & Metallica: vai ser impossível haver um consenso
Lou Reed & Metallica: Parceria saiu melhor que a encomenda
Lou Reed & Metallica: Boas letras, mas Rock não é poesia


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Metallica"
Todas as matérias sobre "Lou Reed"

Metallica: confira "One" e "Orion" na Argentina
Faixas Instrumentais: VH1 elege as 20 melhores do Hard e Metal
Homenagens: Canções inspiradas em músicos falecidos
Falsificação: polícia inglesa apreende camisetas falsas
Dio: Tributo faz jus à sua importância para a música pesada
Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate
Metallica: Vídeo oficial de "One" e "Orion" em Buenos Aires
Metallica: as mil expressões faciais de Lars Ulrich
Metallica: "Sempre seremos criativos", diz Kirk
Metallica: monstro de Jump In The Fire em edição limitada
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Metallica: saiba quanto a banda faturou na América do Sul
Metallica: Confira "The Unforgiven" e "And Justice" na Argentina
Kiss: Paul Stanley continua questionando o Rock Hall Of Fame
Morbid Angel e Metallica: bandas em novo quadro do Arte Extrema

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Tiago Seven

Tiago Neves, mais conhecido sob a alcunha de ¨Seven¨, nasceu em 05 de junho de 1986 no município de Três Rios - RJ. Editor do blog de música The 7th Wall - theseventhwall.blogspot.com - fundado em 07 de outubro de 2011 com o objetivo de abordar assuntos do mundo da música e estimular a reflexão em seus leitores, deixando de lado o preconceito musical. Um sujeito apaixonado por música em seus mais variados estilos. Estagiário de compras, estudante de Admnistração, colecionador de discos, guitarrista, tecladista... e porra louca nas horas vagas!

Mais matérias de Tiago Seven no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas