Answer: O puro e simples Rock pesado em sua essência!

Resenha - Revival - Answer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Depois de grande aclamação por parte do público e da mídia, e de ter realizado grandes shows ao redor do mundo, incluindo aberturas para o AC/DC por 18 meses (documentadas no excelente CD/DVD “412 DAYS OF ROCK N ROLL”), o quarteto irlandês THE ANSWER retorna com seu novo lançamento, este excelente “Revival”, produzido por Chris "Frenchie" Smith e mixado por Chris Sheldon.
Ocultismo e Satanismo no Rock e Heavy MetalCornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas canções

A banda, como sempre, investe em um hard rock direto, simples e muito cativante, repleto de influências setentistas e algo de stoner rock e blues, com muita competência e criatividade. Para se ter uma idéia, é algo que lembra um pouco uma junção entre LED ZEPPELIN, AC/DC e FREE, mas mais atualizado, e com algumas outras influências melódicas.

Então, espere por guitarras sujas (imundas, na verdade) emanando riffs e mais riffs ultrajantes e cativantes e solos inspirados, cozinha precisa e marcante, além de vocais melódicos, altos e, por vezes, bem sujos. Em comparação com os lançamentos anteriores da banda, logo de cara podemos constatar que “Revival” está um pouco (bem pouco) mais cadenciado e melódico, com canções mais intimistas e reflexivas, mas sem perder as características essenciais do conjunto.

Faixas como as energéticas “Waste Your Life” (com um refrão mais que grudento) e “Use Me” têm tudo para agradar os fãs, e mostram o porque do sucesso da banda. Além destas, destacam-se “Trouble”, com seu andamento totalmente blues; “Vida (I Want You)”, o primeiro single do trabalho, sendo a mais comercial do disco; a épica “Destroy Me”, com linhas vocais excelentes; e “Can’t Remember, Can’t Forget”, que demonstra esse lado mais emocional do disco, com um refrão matador. Contudo, todas as demais músicas são muito boas, e merecem ser ouvidas com atenção.

Merece destaque também a excelente produção do disco, que deixou as músicas sujas na medida certa, sem comprometer a precisa audição de todos os instrumentos com clareza.

É a típica banda que todo fã de rock em geral deve conhecer, pois seu som é realmente muito bom, e tem um potencial absurdo para estourar mundo afora com este novo lançamento, inclusive comercialmente, pois suas músicas são de fácil assimilação, apesar de não trazerem apelo pop. É o puro e simples Rock pesado em sua essência! Aproveite!

Revival – The Answer
(2011 – Spinefarm Records - Importado)

01. Waste Your Tears
02. Use Me
03. Trouble
04. Nowhere Freeway
05. Tornado
06. Vida (I Want You)
07. Caught On The Riverbed
08. Destroy Me
09. New Day Rising
10. Can’t Remember, Can’t Forget
11. One More Revival
12. Lights Are Down

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Answer"

2016
Os 5 discos mais decepcionantes de rock/metal do ano

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Answer"

Pactos?
Os envolvimentos de bandas com ocultismo

Cornos do Rock
A dor e o peso do chifre em três belas canções

Motorhead
Lemmy Kilmister fala sobre ser solteiro para sempre

Motörhead: Amy Lee no colo de Lemmy KilmisterMick Jagger: "Posso ser responsável pelo primeiro gol da Alemanha, mas não pelos sete"Atenção músicos: vocês estão f-u-d-i-d-o-sNirvana: Jason Everman, que quase ficou famoso duas vezesGhost Metal: filho de Nicolas Cage explica conceito do estiloRicardo Seelig - a coleção do criador da Collector's Room

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online