WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Rods: Se mantendo fiel ao bom e velho heavy metal

Resenha - Vengeance - Rods

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Pierre Cortes, Fonte: Heavy Nation
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
THE RODS é uma banda americana surgida nos anos 80 e que praticamente não sofreu mudanças em sua formação. Com mais de 20 anos sem lançar absolutamente nada no mercado, em 2011, para a grata surpresa dos fãs do gênero e principalmente do grupo, eles voltam com um álbum intitulado Vengeance. Um título que parece até uma ironia. Será a vingança da banda após longos anos de silêncio?
Rock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaGuns N' Roses: o sucesso que a mídia forjou e destruiu - Parte 1

A fórmula deste power trio continua exatamente a mesma de anos atrás: riffs fortes, bons solos, bateria marcante e refrãos de fácil aceitação. Mais clássico do que isso impossível. E por ser tão clássico, acaba sendo também muito funcional.

A abertura não poderia ser melhor – a poderosa “Raise Some Hell” apresenta riffs de guitarra vigorosos, bons repiques na batera, coro nos refrãos e um solo bastante caprichado, mostrando que o THE RODS continua pesado e agressivo mesmo com o passar dos anos. Os demais destaques são “Let it Ripp”, que inicia bem leve e, logo após uma risada, entra com força total; “Runnin’ Wild”, com um refrão muito legal e bateria pesada, mostrando que Carl Canedy continua em plena forma; “The Code”, que certamente é a melhor música do álbum, não somente por contar com a ilustre presença do primo do guitarrista Feinstein, o nosso saudoso vocalista Ronnie James Dio, mas por também ser uma canção que foge um pouco à fórmula da banda, sem deixar de lado o peso.

Talvez Vengeance possa, de certa forma, gerar alguma frustração para os fãs mais fervorosos e cheios de expectativas quanto ao retorno da banda. Obviamente não pode ser comparado à força do álbum Wild Dogs de 1982, certamente o título de maior evidência na discografia deste trio. De qualquer maneira, mesmo com uma fórmula básica e até mesmo clichê, o THE RODS funciona e se mantém fiel ao bom e velho heavy metal que eles sabem tão bem executar.

Banda: THE RODS
País de Origem: Estados Unidos
Estilo: Heavy Metal

Line-up:
David “Rock” Feinstein – Guitarra e Vocal
Garry Bordonaro – Baixo e Vocal
Carl Canedy – Bateria e Vocal

Faixas:
01. Raise Some Hell
02. I Just Wanna Rock
03. Rebel's Highway
04. Ride Free Or Die
05. The Code
06. Let It Ripp
07. Living Outside The Law
08. Fight Fire With Fire
09. Madman
10. Runnin' Wild
11. Vengeance

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Vengeance - Rods

Rods: caras ainda tem muita lenha para queimarRods: Heavy Metal com saudáveis pitadas de Hard Rock

Jorn Lande
Veja clipe para cover de "Rainbow In The Dark"

Rock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaRonnie James Dio: assista ao show do holograma no Pollstar AwardsNerd Metal: vamos falar do clássico "Heaven and Hell"?Dio: mais um show do Ronnie & The Prophets para downloadGlenn Hughes: o que ele achou do Ronnie Romero no Rainbow?Todas as matérias e notícias sobre "Dio"

Vinny Appice
"Dio era como um pai para mim"

Ronnie James Dio
Vídeos raros dos anos 60 e 70

Sexo e Satã
As mensagens subliminares em capas de Rock

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rods"Todas as matérias sobre "Dio"

Guns N' Roses
O sucesso que a mídia forjou e destruiu - Parte 1

Metallica
Prejudicando as finanças da Igreja Universal

Phil Anselmo
"Sou o rei da falsidade! É isso que a heroína faz!"

Iron Maiden: canadense mostra sua incrível coleção da bandaSteve Vai: não quis ficar com Ozzy pra não ter que tocar ParanoidNando Moura: "Que RAIVA do Iron Maiden!!!"The Simpsons: algumas bandas que foram influenciadas por elesMetallica: James inseguro por tocar com músicos de verdade no "S&M"Há um Megadeth entre Marty e o Kiko

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online