Black Label Society: Ousadia faz de TSRNTS um baita disco

Resenha - Song Remains The Same - Black Label Society

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Marcelo Daniel
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Definitivamente, o som não é o mesmo! A brincadeira com o nome do lendário álbum do LED ZEPPELIN é a reação instantânea que vem dos primeiros momentos do novíssimo álbum do BLACK LABEL SOCIETY.
Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalAnthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo

No entanto, as dez faixas de “The Song Remains Not The Same” (2011) não são assim tão novas, mas basicamente versões acústicas produzidas durante as sessões de gravação do penúltimo álbum, “Order To The Black” (2010).

Se ao ler a proposta acima você simplesmente blasfemou “lá vem mais um disco acústico, baita novidade”, está diante de um equívoco. Zakk Wylde, vocalista, guitarrista e alma do BLS, concebeu e produziu de maneira que as versões desplugadas não fossem simples execuções das canções sem energia elétrica e bumbos duplos – como vemos uma penca de bandas fazer por aí. As músicas foram reestruturadas para o estilo mais leve, de maneira que ficassem mais profundas e se constituíssem praticamente em novas melodias. É o caso de “Overlord”, que no álbum de 2010 é um genuíno single do BLS, enquanto que em “TSRNTS” ela bebe nos vocais e na pegada do melhor do ALICE IN CHAINS.

Inventividade semelhante acontece com “Parade of the Dead” e “Riders of the Damned. Mas é em “Darkest Days” que Zakk legitima a importância desse novo projeto e o que já era uma faixa mais leve em “Order To The Black”, converte-se em uma balada crua, potente, executada em um piano limpo e de vocal contundente. Flerta com o estilo country, tendência mais que confirmada na segunda versão disponível da mesma canção no álbum, que tem participação de John Rich. O parceiro é cantor do gênero e foi o vencedor de um desses realities shows para músicos – mas que não fez feio nesse recorte.

Agora integradas oficialmente ao CD estão “Helpless” e “Junior´s Eyes”, ambas presentes apenas na Best Buy Edition do lançamento de 2010. Sim, a segunda é uma bela repaginada na clássica faixa 3 do “Never Say Die”, do BLACK SABBATH. E por falar em covers, há ainda uma desnecessária presença de “Bridge Over Troubled Water”, de SIMON & GARFUNKEL.

Um álbum dessa natureza é sempre uma experiência de risco, o que não é diferente no caso do BLACK LABEL SOCIETY. As seguidas gravações acústicas podem, em algum momento, trazer uma sensação de repetição, ainda mais se comparadas à potência de álbuns anteriores, como “The Blessed Hellride” – que é o típico CD capaz de transformar o aniversário da sua avó em um encontro dos Hell´s Angels. Porém, a ousadia faz de “The Song Remains Not The Same” um baita disco, com energia, sentimento e que, principalmente, solidifica Zakk Wylde como um completo talento, seja na pancadaria ou nos momentos mais melódicos.

Set List:
01. Overlord (Unplugged version)
02. Parade Of The Dead (Unplugged version)
03. Riders Of The Damned (Unplugged version)
04. Darkest Days (Unplugged version)
05. Junior´s Eyes
06. Helpless
07. Bridge Over Troubled Water
08. Can't Find My Way Home
09. Darkest Days (feat. John Rich)
10. The First Noel

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalOzzfest: vídeo resumo de 2016 com Sabbath, Disturbed, MegadethTodas as matérias e notícias sobre "Black Label Society"

Black Label Society
A falta que faz Dimebag Darrel

Haja pente
Os músicos mais cabeludos do Rock e Heavy Metal

Loudwire
Os 20 melhores álbuns de Rock de 2014

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Black Label Society"

Anthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo

Steven Tyler
"Minha primeira vez foi aos 7 anos, com gêmeas!"

João Gordo
Ed Motta tem razão, brasileiro não tem noção mesmo!

Em 25/09/1980: John Bonham, do Led Zeppelin, morre após intoxicaçãoCinema: as 11 melhores bandas fictícias das telonasChildren Of Bodom: "o Slipknot detona!", diz Alexi LaihoSymphony X: Michael Romeo escolhe suas músicas preferidasKiko Loureiro: Afastamento do Angra começou antes do MegadethMotörhead: "existe alguém que pareça mais malvado?"

Sobre Marcelo Daniel

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online