Bomb Threat e M.A.C.E.: thrash influenciado por hardcore

Resenha - Day of the Duel - Bomb Threat / M.A.C.E.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Essa prática foi conservada com o advento do CD, principalmente entre as bandas iniciantes. E é exatamente isso que temos em "The Day of the Fuel", split dividido entre Bomb Threat e M.A.C.E. e lançado pela Kill Again Records.
A História do Baixo ElétricoGaleria - Fotos ousadas da sensual vocalista do WitchcrafT

Ambos os grupos fazem um thrash metal veloz e direto, bastante influenciado pelo hardcore. O Bomb Threat comparece com seis faixas, sendo quatro delas inéditas e duas regravações de músicas lançadas anteriormente no EP "Inquisition", enquanto o M.A.C.E. entra com sete composições, sendo que uma delas já estava presente na demo "Apocalypse Now".

Achei o som do Bomb Threat bastante linear. Raivoso, agressivo, mas nada inovador. O destaque vai para o vocalista Léo, com um timbre bem interessante, e para a faixa “Inner Possession”, com participação de Pedro “Poney” Ret, vocalista do Violator.

Já o M.A.C.E. tem um som muito mais interessante e bem desenvolvido, e com uma presença ainda mais evidente de características do hardcore, o que transforma a sua música em uma avalanche de riffs bastante agradável, devidamente turbinada pela velocidade onipresente nas composições. Algumas faixas me lembraram os momentos mais raivosos do Hirax, um dos pioneiros nessa união entre o thrash e o hardcore. Como curiosidade, vale mencionar a participação de Cris, vocalista do Bandanos, na faixa “Insonia”.

Fechando, merece menção também o excelente tratamento gráfico dado ao encarte do disco, que conta com todas as letras, fotos e ilustrações alusivas às bandas.

"The Day of the Fuel" é um bom disco, que mostra duas bandas com potencial para evoluir e crescer. Ambas merecem ser acompanhadas com atenção por quem curte essa linha mais acelerada do thrash, pois tudo indica que terão um futuro promissor.

Faixas:
1 Bomb Threat - Loss of Interest
2 Bomb Threat - Judgement Day
3 Bomb Threat - Spoils of War
4 Bomb Threat - Terminator
5 Bomb Threat - Real Evil
6 Bomb Threat - Inner Possession
7 M.A.C.E. - Shock Wave
8 M.A.C.E. - Pest
9 M.A.C.E. - Blood Food Nation
10 M.A.C.E. - Mutilated by Truth
11 M.A.C.E. - Lets Play
12 M.A.C.E. - The Duel
13 M.A.C.E. - Insonia

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bomb Threat"Todas as matérias sobre "M.A.C.E."

Baixo elétrico
Leo Fender deu ao instrumento um status inédito

WitchcrafT
Mais fotos ousadas da vocalista Liudmila Angel

Collectors Room
A clássica coleção de Bento Araujo, editor do Poeira Zine

Evanescence: estranha criatura em foto de Amy Lee com seu filhoAerosmith: Tyler tem mesmo um salsichão ou Adler mentiu?Dave Mustaine: aquela foi a pior "Master of Puppets" que ele já ouviuJon Bon Jovi: quando ele levou um fora de Bruna LombardiRick Allen: o baterista que merece todo o respeito do mundoOlimpíadas: judoca brasileiro usa Heavy Metal pra se aquecer

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online