Resenha - Legacy of Kings - Hammerfall

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Legacy of Kings - Hammerfall

Por Bruno Bianchim Martim

  | Comentários:

Há 12 anos, o grupo sueco começava a definir seu legado. Longe de serem os reis, o álbum transmite, com grande coerência, influências e identidade. Um sopro de esperança ao Heavy Metal durante os conturbados e assombrados anos 1990. O grunge tomou conta do cenário musical e industrial. Paralelo a isso, a cena headbanger em países europeus relutou, batalhou e permaneceu forte, como é até hoje.

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
Na fria e boreal Escandinávia, mais precisamente na Suécia, o Hammerfall, que havia lançado “Glory to the Brave”, há pouco menos de um ano, divulgava seu novo petardo, sim, um suspiro ao gênero: “Legacy of Kings”.

As nítidas e profundas influências de mágicos e mestres do estilo, como Accept, Helloween e Iron Maiden, são evidentes a qualquer ouvido apurado. Frente a retina, então, nem se fala. O visual é quase o mesmo entre os grupos: muito couro. No entanto, o grupo sueco encontrou em seu Power Metal respaldo para ecoar mundo afora com composições que remarcariam um novo punch à música pesada. “Legacy of Kings”, embora traga temáticas nada revolucionárias, como reis em batalhas épicas, postula, sim, ao título de um dos melhores álbuns da década de 90.

As batidas de Patrik Räfling, que marcam a música de abertura, “Heeding the Call”, dão a tônica da obra: agilidade, riffs pesados, cavalgadas, notas mortas, vocal ardente e o velho clichê dos anos 1980, corais ao fundo nos refrões super pegajosos. Na escalada entre as músicas dos álbuns, talvez essa seja, a que melhor exemplificaria qualquer análise sobre o gênero e disco. “Heeding the Call” é um clássico, até hoje destilado nos shows do grupo.

A segunda faixa, homônima ao álbum, traz, novamente, as caracterizações transpostas de maneira parecida. Nenhuma novidade, o que transmite a identidade de uma banda, já em seu segundo álbum, sendo criada e firmada dentro do estilo tão famigerado. Outro clássico.

Mas, então, vamos, deixe o martelo cair! Isto é o que sugere a música três. “Let the Hammer Fall”, mais cadenciada, a sonoridade remete ao já citado Accept. Aqui, nada de agilidade ou ritmo acelerado, o peso das guitarras é que define a canção. “Dreamland” dá retorno a concepção do disco: rapidez. Seguida da balada, “Remember Yesterday”, marca a primeira metade da obra. A história de “Legacy of Kings” começava a ser contada.

“At the End of the Rainbow” suscita a canção "Stranger in a Strange Land", do Iron Maiden. Contudo, após a linha inicial no baixo de Magnus Rosén, as diferenças se arrefecem. Uma das composições-destaques do disco, já que traz uma linha densa e mais tranqüila, em certos aspectos, tornando o refrão...” Here we stand, bound forever more..”, o ponto alto e grandioso.

O cover de “Back to Back", do Pretty Maids, não deixa escapar as linhas ilustradas pelo grupo no disco. Além dela, as faixas “Stonger than All” e “Warriors of Fate” mantém o, até então, explícito no álbum. A última faixa, “Fallen One”, com Joacim Cans no piano, carrega em seu solo nas seis cordas, todo o feeling demonstrado pelo grupo, que começava a traçar em “Legacy of Kings” parte do seu legado deixado à safra atual da música pesada. Em suma, um grande álbum lançado em um momento atípico ao Heavy Metal. Se Oscar Dronjak e Cans tivessem nascido um pouco antes, certamente, um disco que figuraria entre as prateleiras dos mais ousados fãs do gênero. Um legado e tanto deixado para trás. Let the Hammer Fall!

Track-list:

1. Heeding the Call
2. Legacy of Kings
3. Let the Hammer Fall
4. Dreamland
5. Remember Yesterday
6. At the End of the Rainbow
7. Back to Back
8. Stronger Than All
9. Warriors of Faith
10. The Fallen One

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Outras resenhas de Legacy of Kings - Hammerfall

Tradução - Legacy Of Kings - Hammerfall


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Hammerfall"

Floor Jansen: dueto com Joacim Cans do HammerFall
Hammerfall: banda retorna em 2014 com show no Wacken
Separados no nascimento: Anders Johansson e o ator Paul McCrane
Covers: quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo
Hammerfall: liberado mais um trecho de DVD
Hammerfall: novo Teaser do "Gates of Dalhalla"
Hammerfall: prévia do DVD "Gates Of Dalhalla"
Hammerfall: detalhes sobre o "Gates Of Dalhalla"
Hammerfall: vídeo da apresentação no Wacken Open Air
Hammerfall: assista ao show no Wacken 2012 na íntegra
Hammerfall: Oscar Dronjak lançará livro sobre a banda
Hammerfall: anunciando pausa nas atividades
Grammis: In Flames, Hammerfall, Opeth e The Haunted
Riot: abandonando turnê com o Hammerfall
HammerFall: Zumbis e carnificina regados a power metal

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Bruno Bianchim Martim

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas