Dying Fetus: aversão às modas e entretenimento para massas

Resenha - Descend Into Depravity - Dying Fetus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Não foram as frequentes mudanças de formação que amoleceram o extremismo da música do Dying Fetus desde o início de sua trajetória, lá pelo ano de 1991. Agora reduzido a um trio que tem em John Gallagher (voz e guitarra) como fundador, esta banda norte-americana de Maryland está chegando ao sexto álbum que manterá a uniformidade de sua discografia, tão consistente em termos de Death Metal, Grindcore e Hardcore.
Nirvana: o bizarro gosto gráfico de Kurt CobainPhotoshop: Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais

Mesmo sem a presença de um segundo guitarrista, "Descend Into Depravity" comprova que o Dying Fetus continua pesado. Absurdamente pesado. E, melhor, apresenta maior impacto que o antecessor "War Of Attrition" (07) ao seguir uma orientação algo mais rápida, mais Death Metal. Cada músico tem oportunidades de sobra para mostrar o quanto é íntimo de seu instrumento, disparando arranjos elaborados com a já familiar e apurada técnica que resulta em reviravoltas de ritmo bem planejadas e que ocorrem sem aparente esforço.

Individualmente, novamente é o próprio Gallagher, com seu estilo todo intrincado de tocar guitarra, que se sobressai, inclusive investindo sutilmente em mais solos. O grande destaque fica para a complexa abertura "Your Treachery Will Die With You", com velocidade, groove e diversidade vocal, seguida de perto pelas excepcionais "At What Expense" (mas que baixo!), "Shepherd's Commandment" (mas que bateria! – cortesia do novo homem das baquetas, Trey Williams) e "Descend Into Depravity".

Em pouco mais de 34 minutos o Dying Fetus mostra tal vagalhão sonoro que fatalmente atropelará qualquer não-iniciado no Heavy Metal extremo, mantendo inabalável a natureza que a banda ostenta orgulhosamente há quase duas décadas: sua aversão às modas ou outras formas de entretenimento para as grandes massas consumidoras acharem que estão ocupadas.

Contato:
http://www.dyingfetus.com
http://www.myspace.com/dyingfetus

Formação:
John Gallagher - voz e guitarra
Sean Beasley - voz e baixo
Trey Williams - bateria

Dying Fetus - Descend Into Depravity
(2009 / Relapse Records - importado)

01. Your Treachery Will Die With You
02. Shepherd's Commandment
03. Hopeless Insurrection
04. Conceived Into Enslavement
05. Atrocious By Nature
06. Descend Into Depravity
07. At What Expense
08. Ethos Of Coercion

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Dying Fetus"

Heavy Metal
As melhores faixas de 2012 segundo o Loudwire

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dying Fetus"

Nirvana
O bizarro gosto gráfico de Kurt Cobain

Photoshop
Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais

Heavy Metal
Como é o som das grandes bandas sem distorção?

Pink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic RockBlack Sabbath: Geezer e Ozzy se pronunciam sobre briga em barStairway to Heaven: o maior hit do Led ZeppelinSlipknot: Vivendo a Vida Loca com Rick MartinO Metaleiro: versão metal "Para Nossa Alegria"Iron Maiden: as 10 libras que mudaram a vida de Bruce

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online