Clamus: esbanjando sintonia na diversidade dos arranjos

Resenha - Frontière - Clamus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Grande Clamus! Esta excelente banda do Ceará vem dando seu sangue há anos para mostrar sua música, já tendo tocado pelas mais variadas regiões deste imenso Brasil enquanto divulgava o EP “II” (01) e o debut "Influences" (05), cuja considerável fusão de Thrash, Death e pitadas de Heavy Metal Tradicional, cantado em inglês, francês e português – sim, três idiomas! – conquistou o público.
Clamus: veja a capa e uma das faixas do novo álbumIron Maiden: ouça o baixo de Steve Harris isoladamente

Tendo encontrado seu estilo musical e ‘modus operandi’, a banda explorou ainda mais essas características, o que refletiu positivamente em seu mais novo registro, "Frontière". O Clamus esbanja sintonia na diversidade de seus arranjos, onde a faceta melódica está um pouco mais forte em inúmeras ocasiões, enquanto a mescla dos idiomas está ainda mais intrínseca.

Tudo isso, somado ao fato de o Clamus fazer uso de três vocalistas, confere uma sonoridade realmente peculiar à sua música, tendo em “Pétrea” praticamente uma síntese da atual fase do grupo. Mas essa é apenas a faixa de abertura, e canções como “Abstratas Demandas”, “Irruption”, a faixa-título ou “Mid-Term” levam o ouvinte a uma incrível viagem através de um Heavy Metal elaborado por quem precisa (e consegue!) provar algo a alguém.

Novamente fazendo uso do Estúdio Digisound, em Fortaleza, “Frontière” foi produzido por Fabrício Carvalho (Somberlain, Facada) e a própria banda. E, para comemorar sua primeira década de atividades, o Clamus desenvolveu um distinto projeto gráfico, onde o disco e encarte estão embalados por uma espécie de pacote, tudo repleto com as bonitas e delirantes ilustrações que completam o conceito do álbum. E não acabou: também há o vídeo para “Petra”.

"Frontière" possui tal auto-afirmação que me questiono sobre os critérios de avaliação de alguns selos desse país... Como esse registro pode estar saindo de forma independente?!? De qualquer forma, este esforçado álbum é totalmente recomendado ao headbanger que não abre mão de Carcass, Nevermore, Morbid Angel e até mesmo Arch Enemy.

Contato:
http://www.clamus.org
http://www.myspace.com/clamusmetal

Formação:
Lucas Gurgel - voz e guitarra
Joaquim Cardoso - voz e guitarra
Felipe Ferreira - voz e baixo
Clerton Holanda - bateria

Clamus - Frontière
(2009 / Independente - nacional)

01. Pétrea
02. Abstratas Demandas
03. Irruption
04. Mersault
05. Entr´acte
06. La Frontière
07. Desir
08. Sympatia Malevolens
09. Mid-Term

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Clamus: veja a capa e uma das faixas do novo álbumTodas as matérias e notícias sobre "Clamus"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Clamus"

Iron Maiden
Ouça o baixo de Steve Harris isoladamente

The Doors
A mais famosa foto do fantasma de Jim Morrison

Marilyn Manson
De quem é a culpa pelos tiroteios nos EUA?

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven TylerSepultura: novos vídeos da série "o Eloy não é humano"Guns N' Roses: a história do videoclipe "Since I Don't Have You"Slayer: King não entende como alguém pode querer entrar no MegadethRock Cristão: as principais bandas nacionais

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online