Andralls: fruto de dedicação e experiência de dez anos

Resenha - Andralls - Andralls

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Bastante respeitado no underground brasileiro, o paulistano Andralls passou por inúmeros problemas de formação nos últimos tempos. Ainda que tenha participado do processo de composição e gravação do novo álbum, o fundador, vocalista e guitarrista Alex Coelho deixou seu posto. E, antes dele, também saiu o guitarrista Fabiano Penna (The Ordher), que já vinha substituindo Denis Di Lallo. Mas...
Iron Maiden: poster de Eddie está assustando criancinhas alemãsOzzy Osbourne: dando uma ajuda para Slash detonar Axl Rose

... Eis que agora está chegando ao público, numa parceria entre a Free Mind Media e a Distro Rock Records, o tão aguardado quinto trabalho da banda, batizado simplesmente como “Andralls”. As novas composições seguem a mesma linha veloz e pesada – Fasthrash!!! – do passado, mas tudo parece relativamente diferente, pois agora a gravação ocorreu no estúdio paulistano Da Tribo, aos cuidados de Willian Fernandes (Subtera) e mixado e masterizado no estúdio gaúcho El Diablo pelo próprio Fabiano Penna, que também contribuiu com alguns solos.

Essa ‘mudança de ares’ permitiu que as novas composições soassem mais atualizadas, e que, aliadas à preocupação de uma dinâmica rítmica que foi ainda mais explorada, gerou um repertório muito vigoroso. E, por mais que já tenham redefinido o Thrash Metal ao longo de sua existência, são canções como as velozes “Two Sides” e “Dynamite”, ou as cadenciadas “Crosses Shall Burn” e “My Hate Will Never Die”, que estão aí para provar que o melhor do estilo geralmente é encontrado quando retirado o mais próximo possível de sua fonte.

Além desse amor às raízes, o novo disco mostra os frutos que somente toda a dedicação e experiência conquistada em dez anos de atividades podem gerar. E essa é a origem de tanto carisma. Atualmente o Andralls continua com a meta de novamente invadir os palcos do Brasil, América Latina e Europa, agora tendo em suas fileiras Cleber Orsioli (Postwar) na voz e guitarra. É só aguardar!

Formação:
Alex Coelho - voz e guitarra
Eddie C. - baixo
Alexandre Brito - bateria

Andralls – Andralls
(2009 - Free Mind Media / Distro Rock Records - nacional)

01. Two Sides
02. Crosses Shall Burn
03. In The Eyes Of The Killer
04. You Mean Shit
05. Last Enemy
06. Blind Leads The Blind
07. My Hate Will Never Die
08. Dynimite
09. Global Decadence
10. Not Dead Yet
11. Let’s Kill Again
12. Rage Empire

Contato:
http://www.andralls.com.br
http://www.myspace.com/andralls

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Andralls - Andralls

Andralls: ainda mais violento, visceral e acelerado

Todas as matérias e notícias sobre "Andralls"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Andralls"

Iron Maiden
Poster de Eddie está assustando criancinhas alemãs

Ozzy Osbourne
Dando uma ajuda para Slash detonar Axl Rose

Nirvana e Guns
Veja Kurt imitando "snake dance" de Axl Rose

Tom Araya: ensinando filhos a ouvir MetalBlack Sabbath: os DEZ vocalistas que passaram pela bandaIron Maiden: Adrian Smith comenta afastamento da banda nos anos 90Iron Maiden: The Number Of The Beast na Rolling Stone em 1982NoiseCreep: Os 10 frontmen mais teatrais do rockMusic Radar: Os melhores álbuns de Heavy Metal de todos os tempos

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online