Coldblood: mesclando Death Metal dos 90 com a escola sueca

Resenha - Under The Blade I Die - Coldblood

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Demorou, mas enfim está sendo liberado no Brasil o debut de uma das mais antigas bandas de Death Metal do Rio de Janeiro. O Coldblood possui uma trajetória um tanto quanto irregular, tendo iniciado suas atividades em 1992 e, desde então, foi obrigado por duas vezes a interromper o desenvolvimento de seu trabalho. Com três demos nas costas, foi em 2006 que os cariocas estrearam com "Under The Blade I Die", mas lançado somente no exterior através do selo mexicano Onslaught Records.
Vanessa Frehley - amor sem limites ao KissSebastian Bach: "Os irmãos Van Halen não queriam um maconheiro"

De qualquer forma, agora este álbum aterrisa em seu próprio país através dos esforços da Free Mind Media e a Distro Rock Records. Musicalmente "Under The Blade I Die" não procura inovar em absolutamente nada, mas o Coldblood é profundo conhecedor de sua proposta, mesclando o Death Metal do início dos anos 1990 que apareceu na Flórida (Morbid Angel, Death, Resurrection) com algumas características do que há de melhor gerado na escola sueca (Entombed, Grave, Dismember).

E essa fusão de estilos brutais e crus literalmente pulveriza o que estiver na frente das caixas de som. Apesar de o repertório ser muito equilibrado, dá para destacar a faixa-título, muito bem selecionada para abrir o disco; “Bleeding At The Cross”; a cadenciada “Anti-Crusade (To Destroy The Holy Graal)”; “A Legend Never Dies”, que constava no repertório da demo de 2005 e “Age Of Suffering”, excelente composição que foi aproveitada da demo de 2000.

O álbum foi produzido pelo músico e produtor Flávio Pascarillo (baterista do Nordheim e Tribuzy) em parceria com a própria banda, e a sufocante ilustração da capa ficou aos cuidados de Marcelo HVC (Gorgoroth, Vader, Satyricon). Estes fatores, somado ao histórico de seus músicos – os caras já passaram por nomes importantes como Unearthly, Mysteriis, Darkest Hate e Warfront – apenas contam ainda mais pontos para que "Under The Blade I Die" seja uma aquisição óbvia aos amantes do gênero. Confira!

Formação:
Alan Silva - voz e guitarra
Vitor Esteves - baixo
Markus Coutinho - bateria
Obs: atualmente o Coldblood é um quarteto, onde Leonardo Porto assumiu o posto de vocalista.

Contato:
http://www.myspace.com/coldbloodlegion
http://www.coldbloodlegion.com

Coldblood - Under The Blade I Die
(2009 – Free Mind Media / Distro Rock Records – nacional)

01. Under The Blade I Die
02. Configuration Of Pain
03. Bleeding At The Cross
04. Anti-Crusade (To Destroy The Holy Graal)
05. Khali Brings Death
06. A Legend Never Dies
07. I Am The Crucifier One
08. Antagonistics Forces Of Hades
09. Age Of Suffering
10. Reincarnating A New Black God

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Todas as matérias e notícias sobre "Cold Blood"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cold Blood"

Collectors Room
Uma coleção impressionante de ítens do Kiss

Sebastian Bach
"Os irmãos Van Halen não queriam um maconheiro!"

AC/DC
Empresário recorda exigências inusitadas da banda

Iron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da bandaMetallica: membros entre os maiores maricas de todos os tempoBaixista Magnus Rosén quase morre durante vôo rumo à América do SulBobbie Brown: estrela descreve Paul Stanley como "bizarro"Steve Perry: ex-vocalista do Journey revela ter tido câncerJohn Frusciante: "Ser vendido é uma merda"

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online