Eluveitie: para fãs de Folk e Death Metal Melódico

Resenha - Slania - Eluveitie

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O chamado Folk Metal é o estilo que provavelmente abre um maior leque de opções para se explorar novas musicalidades, tanto que há por aí várias bandas que se encaixam no estilo, mas com sonoridades bem distintas entre si. Ainda não muito conhecido entre os amantes do segmento, o Eluveitie está chegando agora a seu segundo registro, “Slania” - que, oras vejam, está aportando em território brasileiro através da Paranoid Records.
Cellar Darling: a nova banda de Anna Murphy, ex-EluveitieBlack Sabbath: Banda deu pesadelos a Robert Trujillo

Musicalmente, o Death Metal Melódico do Dark Tranquility exerce muita influência sobre os suíços, mas o grande lance do Eluveitie é que este não abre mão de toda a distorção do estilo ao incorporar as famosas e belíssimas melodias da música celta. Assim sendo, o resultado final não gera algo realmente alegre como tantos dos outros nomes do Folk Metal, pois seu desenvolvimento consegue convencer mais pela vibração algo mais épica e quase melancólica.

Mesmo que a faceta dominante na maioria das composições seja o Heavy Metal, é quando os instrumentos folclóricos entram em ação que se percebe como esta fórmula funciona tão bem. A experiência auditiva é realmente agradável, onde cada um dos oito músicos tem seu devido espaço com instrumentos que, como não poderia deixar de ser, são dos mais diversos: gaitas, tambores, apitos, violinos e inúmeros outros, que preenchem ou se entrelaçam com as tradicionais guitarras, baixo e bateria.

Ainda que permaneça uma leve sensação de similaridade entre alguns dos arranjos, é inegável que o conjunto preparou um repertório realmente saboroso, inclusive inserindo aí algumas faixas instrumentais muito bonitas.

Os destaques ficam por conta da agressividade de “Primordial Breath” e “Bloodstained Ground”, além da patriótica “Slanias Song”, inteiramente cantada em gaulês (com tradução para o inglês), onde se introduziu linhas vocais femininas fazendo um excelente contraponto com a rispidez das masculinas.

E o Whiplash! também é cultura extra-rock´n´roll: sobre a enigmática denominação Eluveitie, vale citar que seu nome é de origem gaulesa, pronuncia-se ‘El-Vey-Ti’ e significa ‘o Helvético’ (natural da Suíça). Este pessoal vem se mostrando um conjunto muito, mas muito acima da média desde que liberou seu primeiro EP em 2004, e de lá par cá a banda somente amadureceu em termos de arranjos. Assim sendo, os fãs de Folk e Death Metal Melódico com certeza devem dar uma atenção especial a “Slania”.

Formação:
Chrigel Glanzmann - voz, mandola, apitos, gaita, violão e tambor
Sevan Kirder - gaita de foles, flauta, apitos e voz
Merlin Sutter - bateria
Simeon Koch - guitarra
Meri Tadic - violino e voz
Rafi Kirder - baixo e voz
Ivo Enzi - guitarra
Anna Murphy - Hury Gurdy e voz

Eluveitie - Slania
(2008 - Nuclear Blast Records / Paranoid Records - nacional)

01. Samon
02. Primordial Breath
03. Inis Mona
04. Grey Sublime Archon
05. Anagantios
06. Bloodstained Ground
07. The Somber Lay
08. Slanias Song
09. Giamonios
10. Tarvos
11. Calling The Rain
12. Elembivos
13. Samon (bônus em versão acústica)

Homepage: www.eluveitie.ch

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Cellar Darling: a nova banda de Anna Murphy, ex-EluveitieIrij: novo album lançado em versão físicaEluveitie: veja show completo na Alemanha, em agosto de 2016Todas as matérias e notícias sobre "Eluveitie"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Eluveitie"

Black Sabbath
Banda deu pesadelos a Robert Trujillo

Heavy Metal
Os 10 maiores hinos de todos os tempos

MetalSucks
As 25 maiores bandas de metal da história

Em 05/01/1974: Pink Floyd tenta fazer um álbum sem instrumentosAxl e Bono: entre artistas com egos do tamanho do TexasAC/DC: setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl RoseLista: 15 covers de Iron Maiden por bandas famosasFoo Fighters: Taylor Hawkins na noite paulistanaSebastian Bach: a "Escola de Grito" do vocalista

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online