Motorhead: as melhores cartas do baralho da banda

Resenha - All The Aces - Motorhead

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fernão Silveira
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Quem nunca sacudiu a cabeça ao som de "Ace of Spades" ou brincou de air guitar ao ouvir os atordoantes acordes iniciais de "Orgasmatron"? Acima de qualquer questão estética ou musical, o MOTÖRHEAD é uma instituição do rock pesado, um pilar do heavy metal, o autêntico pai do thrash como nós o conhecemos. É para celebrar este legado que a Castle Music lançou "All the Aces – The Best of MOTÖRHEAD", uma coletânea com alguns dos maiores sucessos forjados pela banda do imortal Lemmy Kilmister entre o final dos anos 70 e a primeira metade dos anos 80.
Saxon: Novo álbum em 2018 e homenagem a LemmyQue tipo de metal você está ouvindo?

Apesar do nome pretensioso, a coletânea não consegue abranger "todos os ases" da longa e altamente frutífera trajetória do grupo, que já conta com mais de 30 anos de estrada e algumas dezenas de discos lançados. Entretanto, ao concentrar-se no período entre 1978 e 1986, o track list oferece algumas obras-primas da fase mais importante e representativa do grupo.

Ao ouvir pauladas como "Overkill", "Bomber" e "Iron Fist", isso sem falar nas elementares "Ace of Spades" e "Orgasmatron", fica ainda mais fácil compreender por que a banda é cultuada por thrashers, motoqueiros, punks e headbangers em geral. Afinal de contas, Lemmy e seu MOTÖRHEAD estabeleceram novos padrões de atitude, peso e velocidade para o bom e velho rock n' roll.

Só para lembrar aos desavisados a importância do MOTÖRHEAD (como se isso fosse realmente necessário...), basta olhar para a relação de bandas que são declaradamente fãs de Lemmy e sua trupe: METALLICA, SEPULTURA, RAMONES, OZZY OSBOURNE e FOO FIGHTERS, entre muitas outras. Um grupo que consegue influenciar tantos monstros do rock de forma tão marcante precisa ser considerado com muito respeito e admiração.

Outro destaque positivo de "All the Aces" é o DVD com 14 faixas ao vivo capturadas entre 1980 e 1983, além do videoclipe promocional de "Killed By Death", de 1984. Dessa forma, a coletânea proporciona uma experiência completa, sonora e visual, aos fãs.

O DVD torna-se especialmente valioso porque é sempre interessante conferir as performances ao vivo do MOTÖRHEAD, uma das bandas de metal de melhor desempenho no palco - ambiente onde Lemmy e seus colegas construíram boa parte de sua reputação. Isso sem falar no clipe de "Killed By Death", deliciosamente oitentista, totalmente over, com todos os melhores e mais básicos clichês dos "bad boys" roqueiros.

Se você conhece pouco e está interessado em aprender mais sobre a banda, "All the Aces" é uma excelente pedida para começar a coleção. Para os fãs escolados, talvez o melhor apelo seja mesmo a oportunidade de conferir os registros ao vivo contidos no DVD. Mas o fato é que ninguém fica imune ao som do MOTÖRHEAD. Portanto, deixe-se contagiar!

"All the Aces – The Best of MOTÖRHEAD"

CD
Ace of Spades
Killed By Death
Motörhead
Iron Fist
Orgasmatron
Love Me Like a Reptile
(We Are) The Roadcrew
Bomber
The Chase is Better Than the Catch
Louie, Louie
No Class
Deaf Forever
Over the Top
Overkill

DVD
Ace of Spades
Overkill
No Class
I Got Mine
Stay Clean
Iron Fist
The Chase is Better Than the Catch
Dead Men Tell No Tales
Shine
Capricorn
Poison
One Track Mind
Motörhead
Bomber
Killed By Death (Bonus track)

Gravadora: Castle Music (nacional)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de All The Aces - Motorhead

Resenha - All The Aces - Motorhead

Motörhead
Pela 1ª vez, Mikkey Dee visita estátua de Lemmy

Saxon: Novo álbum em 2018 e homenagem a LemmyBlend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Auto-elogio
20 bandas que deram o seu nome a músicas

Loudwire
Os melhores álbuns do ano desde a década de 70

Motorhead
Destaques do funeral de Lemmy Kilmister

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Motorhead"

Humor
Que tipo de metal você está ouvindo?

Contrastes
A diferença entre as habitações de Ozzy e Lemmy

Papa Francisco
Ouça o CD de rock progressivo do pontífice

Rimbaud e Morrison: A grande maioria passa pela vida imersa na multidãoIron Maiden: as dez melhores faixas "desconhecidas" da bandaDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 2006W. Axl Rose: o som de 25 mil dólares da BMW do vocalistaSeparados no nascimento: Paul Stanley e Ioná MagalhãesLed Zeppelin: Cópia Infiel Ato 2, Moral e Ética Parte 1

Sobre Fernão Silveira

Paulistano, são-paulino, nascido nos "loucos anos 70" (1979 ainda é década de 70, certo?) e jornalista. Sua profissão já o levou a cobrir momentos antológicos da história da humanidade, como o título paulista do São Caetano, a conquista da Copa do Brasil pelo Santo André, a visita de Paris Hilton a São Paulo e shows de bandas como Judas Priest, Whitesnake, W.A.S.P., Megadeth, Slayer, Scorpions, Slipknot, Sepultura e por aí vai. Ainda tem muito gás para o nobre ofício jornalístico, mas acha que não vai muito mais longe depois de ter entrevistado Blackie Lawless, Glenn Tipton, Rogério Ceni e, claro, Paris Hilton.

Mais matérias de Fernão Silveira no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online