David Gilmour: uma qualidade que beira o sublime

Resenha - Remember That Night: Live at the Royal Albert Hall - David Gilmour

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
A carreira solo de David Gilmour tem apresentado uma qualidade que beira o sublime. Apesar de não tão conhecidos como seus trabalhos ao lado do Pink Floyd, seus três discos estão encharcados de ótimas composições, que, em muitos aspectos, anteciparam e deram continuidade à sonoridade que Gilmour vem explorando no Pink Floyd desde que tomou as rédeas do grupo, a partir de "A Momentary Lapse Of Reason", de 1987.
Pink Floyd: Waters e Mason topam se reunir em Glastonbury mas...Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia

Dono de um estilo único, que faz com que a audição de uma mera nota já identifique um solo seu, David Gilmour comprova essa constância criativa no DVD "Remember That Night - Live at the Royal Albert Hall", lançado em 2007 e gravado na lendária casa londrina. Acompanhado por uma banda repleta de feras, onde destacam-se o guitarrista Phil Manzanera (Roxy Music), o tecladista Richard Wright (outro ex-Pink Floyd), o saxofonista Dick Parry (outro chapa das antigas, com participações em álbuns clássicos como "The Dark Side Of The Moon" e "Wish You Were Here") e o baixista Guy Pratt (The Transit Kings, Bryan Ferry), Gilmour repassa sua carreira, tanto solo como ao lado do Pink Floyd, em um lançamento absolutamente impecável.

Extremamente bem produzido, entregando imagens belíssimas que valorizam ainda mais o mítico Royal Albert Hall, "Remember That Night - Live at the Royal Albert Hall" traz um repertório que une velhos cavalos de batalha a algumas faixas raramente executadas ao vivo. No primeiro bloco, temos versões irretocáveis de clássicos como "Speak To Me", "Breathe", "Time" e "Wish You Were Here", enquanto o segundo segmento traz músicas como "Smile", "Fat Old Sun", "High Hopes" e "Echoes".

A participação de David Crosby e Graham Nash nos backing vocals de "On an Island", "The Blue", "Shine On You Crazy Diamond" e "Find The Cost Of Freedom" (bela homenagem a capella de Gilmour à dupla, nessa faixa gravada originalmente pelo Crosby, Stills, Nash & Young) confere doses maiores de sensibilidade a canções que já eram originalmente belas. A participação do lendário Robert Wyatt (Soft Machine) tocando trompete em "Then I Close My Eyes" é tocante, com o veterano músico, hoje paraplégico, levando parte do público às lágrimas.

Um dos principais momentos do DVD ficou reservado para o seu final, com David Bowie subindo ao palco para cantar dois dos maiores clássicos do Pink Floyd, "Arnold Laine" e "Comfortably Numb". Bowie dá a sua interpretação característica a essas duas músicas, principalmente para "Comfortably Numb", fazendo-a soar renovada e mostrando o quanto essa canção, lançado originalmente no álbum "The Wall", ainda soa forte e atual.

O disco dois de "Remember That Night - Live at the Royal Albert Hall" traz inúmeros e interessantíssimos extras, com destaque para a execução de faixas raras ao vivo, como "Wot´s ... Uh The Deal" (do álbum "Obscured by Clouds", de 1972) e "Dominoes", canção de Syd Barret presente no álbum "Barret", lançado pelo "crazy diamond" em 1970. Há também o longo documentário "Breaking Bread, Drinking Wine", mostrando os preparativos para o tour, onde um dos melhores momentos é o encontro entre David Gilmour e Roger Waters nos corredores do estúdio onde as bandas de ambos ensaiavam lado a lado, em uma coincidência divina e que mostra a evidente tensão entre os dois. O disco é completado por um making of de "On an Island", último trabalho de Gimour, e que, aliás, marca presença com várias faixas no set list, mostrando o quão consistentes são suas composições.

Merece menção também o impecável tratamento gráfico do material, com embalagem digipack e luva protetora, além de encarte e legendas em português em todo o disco, desde o show até os extras.

"Remember That Night - Live at the Royal Albert Hall" é um DVD excepcional, daqueles itens que toda pessoa que gosta de música tem que ter em casa, em destaque na sua estante. Vale o investimento, e com sobras.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Pink Floyd
Waters e Mason topam se reunir em Glastonbury mas...

Todas as matérias e notícias sobre "David Gilmour"

Turnês
Iron Maiden arrecada mais que Taylor Swift

Pink Floyd
Waters e Mason topam se reunir em Glastonbury mas...

Dave Mustaine
David Gilmour faz mais com uma nota que shredders com dúzias delas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "David Gilmour"

Black Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Collectors Room
Uma das mais completas coleções sobre os Beatles

Metallica
Os riffs reaproveitados do Exodus

Megadeth: Dave Mustaine é contra o casamento gayKiss: admitindo usar playback em shows ao vivoMetallica: "St. Anger foi uma declaração", diz HetfieldLauren Harris: como é excursionar com o Iron Maiden?Mötley Crue: As 10 melhores músicas da banda segundo o LoudwireJohn Lennon: a versão de Marco Feliciano sobre a morte do Beatle

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online